Seletividade e eficácia de herbicidas aplicados à cultura do trigo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811712032021199

Palavras-chave:

Triticum aestivum, Lolium multiflorum, Raphanus raphanistrum

Resumo

As plantas daninhas ocasionam efeitos negativos na produtividade e na qualidade dos grãos da cultura do trigo quando não controladas de modo eficiente. Assim sendo, objetivou-se com os trabalhos avaliar a seletividade e a eficácia de herbicidas aplicados para o manejo de plantas daninhas infestante da cultivar de trigo TBIO Sinuelo. Foram instalados dois experimentos, um para avaliar a seletividade e outro a eficácia de herbicidas aplicados em trigo, em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos testados foram: iodosulfuron, pyroxsulam, metsulfuron-methyl, 2,4-D, clodinafope-propargil, [bentazon + imazamox], saflufenacil, bentazon, carfentrazone-ethyl, imazamox, pendimethalin, [sulfentrazone + diuron], mais duas testemunhas uma capinada e outra infestada. Os herbicidas que ocasionaram as maiores injúrias ao trigo foram o imazamox e a mistura comercial de [bentazon + imazamox] com fitotoxicidade próxima a 50%. A aplicação da mistura comercial de [sulfentrazone + diuron] demonstrou a maior produtividade de grãos do trigo. O uso de clodinafope-propargil e pyroxsulam apresentaram os melhores controles de Lolium multiflorum, com 100 e 98,25%, aos 21 dias após a aplicação dos tratamentos, respectivamente. Ocorreu controle acima de 90% de Raphanus raphanistrum com uso de iodosulfuron, pyroxsulam, metsulfuron-methyl, 2,4-D, [bentazon + imazamox], saflufenacil, bentazon e carfentrazone. O clodinafope-propargil demonstra o maior controle para o azevém e o iodosulfuron-ethyl, pyroxsulam, metsulfurom-metílico, 2,4-D, saflufenacil e carfentrazone para o nabo. O pyroxsulam foi o tratamento que demonstrou, nos dois experimentos, os melhores resultados para os componentes da produção, especialmente para a produtividade da cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGOSTINETTO D et al. 2008. Período crítico de competição de plantas daninhas com a cultura do trigo. Planta Daninha 26: 271-278.

BARI A et al. 2020. Application of various herbicides on controlling large and narrow leaf weeds and their effects on physiological and agronomic traits of wheat. Planta Daninha 38:e020202353.

BASSO FJM et al. 2018. Weed management in RR® maize with herbicides applied isolated or associated with glyphosate. Revista de Ciências Agroveterinárias 17: 148-157.

BERNAT P et al. 2018. Trichoderma harzianum diminished oxidative stress caused by 2, 4-dichlorophenoxyacetic acid (2,4-D) in wheat, with insights from lipidomics. Journal of Plant Physiology 229:158-163.

BRASIL. 2021. Ministério da Agricultura e Pecuária. Agrofit. Disponível em: www.agricultura.gov.br. Acesso em: 20 jun. 2021.

BRASIL. 2001. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa SARC n 7, de 15 de agosto de 2001. Aprova o regulamento técnico de identidade e qualidade do trigo. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 21 de agosto de 2001.

CHHOKAR RS et al. 2007. Effect of tillage and herbicides on weeds and productivity of wheat under rice-wheat growing system. Crop protection 26: 1689-1696.

CONAB. 2021. Séries Históricas: Trigo. Disponível em: <http://www.conab.gov.br>. Acesso em: 10 jun. 2021.

COSTA LO & RIZZARDI MA. 2014. Resistance of Raphanus raphanistrum to the herbicide metsulfuron-methyl. Planta Daninha 32: 181-187.

CQFS-RS/SC. 2016. Comissão de Química e Fertilidade do Solo. Manual de adubação e calagem para os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 11.ed. Porto Alegre. 376p.

DAS A.C. et al. 2003. Effect of the herbicides oxadiazon and oxyfluorfen on phosphates solubilizing microorganisms and their persistence in rice fields. Chemosphere 53: 217-221.

FAO. 2021. Crop Prospects and Food Situation - Quarterly Global Report. Disponível em: <http://www.fao.org/3/cb3672en/cb3672en.pdf>. Acesso em: 10 Jun. 2021.

FORTE CT et al. 2018. Soil physical properties and grain yield influenced by cover crops and crop rotation. American Journal of Plant Sciences 9: 584-598.

GALON L et al. 2014. Eficácia e fitotoxicidade de herbicidas aplicados para o manejo de plantas daninhas em cevada. Revista Brasileira de Herbicidas 13: 105-116.

GALON L et al. 2015. Efficacy and phytotoxicity of herbicides applied for the handling of weeds that infest wheat. Revista Brasileira de Herbicidas 14: 128-140.

GALON L et al. 2019. Weed interference period and economic threshold level of ryegrass in wheat. Bragantia 78: 409-422.

HEAP, I. 2021. The International Herbicide-Resistant Weed Database. Disponível em: <http://www.weedscience.org>. Acesso em: 10 jun. 2021.

INMET. 2021. Histórico de dados meteorológicos. Disponível em: <https://portal.inmet.gov.br/dadoshistoricos>. Acesso em: 10 jun. 2021.

MAHMOOD, A. et al. 2013. Evaluation of various herbicides for controlling grassy weeds in wheat. Mycopath 11: 39-44.

MARIANI F et al. 2015. Herança da resistência de Lolium multiflorum ao iodosulfuron-methyl-sodium. Planta Daninha 33: 351-356.

MICHELON CJ et al. 2021. Controle de nabo e azevém em trigo com herbicidas pós-emergentes. Revista de Ciência e Inovação 6: 45-56.

NUNES ADS et al. 2011. Adubos verdes e doses de nitrogênio em cobertura na cultura do trigo sob plantio direto. Semina: Ciências Agrárias 32: 1375-1384.

OLIVEIRA AM. 2019. Sensibilidade de trigo do Cerrado a herbicidas e à interferência de plantas daninhas. TCC (Graduação) - Curso de Agronomia. Uberlândia: UFU. 35f.

OLIVEIRA AR et al. 2009. Controle de Commelina benghalensis, C. erecta e Tripogandra diuretica na cultura do café. Planta Daninha 27: 823-830.

ORMOND ATS et al. 2013. Análise das características físicas de sementes de trigo. Enciclopédia Biosfera 9: 108-114.

PANDOLFO CE et al. 2013. Limited occurrence of resistant radish (Raphanus sativus) to AHAS-inhibiting herbicides in Argentina. Planta Daninha 31: 657-666.

PIASECKI C et al. 2017. Seletividade de associações e doses de herbicidas em pós emergência do trigo. Revista Brasileira de Herbicidas 16: 286-295.

RAJ R et al. 2020. Efficacy of different weed management practices on growth and yield of wheat (Triticum aestivum L.). Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry 9: 2250-2253.

RIZZARDI MA et al. 2003. Ação de herbicidas sobre mecanismos de defesa das plantas aos patógenos. Ciência Rural 33: 957-965.

RODRIGUES BN & ALMEIDA FS. 2018. Guia de herbicidas. 7ª ed. Londrina: Edição dos autores. 764p.

RODRIGUES O et al. 2006. Efeito da aplicação de herbicida hormonal em diferentes estádios de desenvolvimento de trigo (Triticum aestivum L. Cvs. Embrapa 16 e BR 23). Revista Brasileira de Herbicidas 5: 19-29.

ROMAN ES et al. 2004. Resistência de azevém (Lolium multiflorum) ao herbicida glyphosate. Planta Daninha 22: 301-306.

SANTOS HG. et al. 2018. Sistema brasileiro de classificação de solos. 5.ed. rev. e ampl. Brasília: Embrapa. 356p.

SBCPD. 1995. Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas. Procedimentos para instalação, avaliação e análise de experimentos com herbicidas. Londrina: SBCPD. 42p.

SCHMITZ MF et al. 2018. Uso de clomazone associado ao safener dietholate para o manejo de plantas daninhas na cultura do trigo. Revista de Ciências Agroveterinárias 17: 2-11.

TAVARES LC et al. 2019. Critérios para tomada de decisão e nível de dano econômico de nabo na cultura do trigo. Planta Daninha 37:e019178898.

TREZZI MM et al. 2007. Antagonismo das associações de clodinafop-propargyl com metsulfuron-methyl e 2,4-d no controle de azevém (Lolium multiflorum). Planta Daninha 25: 839-847.

VARGAS L & ROMAN ES. 2005. Seletividade e eficiência de herbicidas em cereais de inverno. Revista Brasileira de Herbicidas 4: 1-10.

VARGAS L et al. 2013. Dose-response curves of Lolium multiflorum biotypes resistant and susceptible to clethodim. Planta Daninha 31: 887-892.

WALSH MJ. 2019. Enhanced wheat competition effects on the growth, seed production, and seed retention of major weeds of Australian cropping systems. Weed Science 67: 657-665.

ZAKARIYYA MI et al. 2013. Integrated weed management strategies in wheat. Pakistan Journal of Weed Science Research 19: 217-230.

ZOBIOLE LHS et al. 2018. Pyroxsulam: sulfonamide herbicide for weed control in wheat in Brazil. Planta Daninha 36: e018155253.

Downloads

Publicado

2021-12-08

Como Citar

GALON, L.; ULKOVSKI, C. .; ROSSETTO, E. R. de O. .; CAVALETTI, D. C. .; WEIRICH, S. N. .; BRANDLER, D. .; SILVA, A. M. L. da .; PERIN, G. F. Seletividade e eficácia de herbicidas aplicados à cultura do trigo. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 20, n. 3, p. 199-212, 2021. DOI: 10.5965/223811712032021199. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/20620. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigo de Pesquisa - Ciência de Plantas e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)