A geração baby boomer e o consumo de peças jeans

Autores

  • Onnara Custódio Gomes Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Marizilda dos Santos Menezes Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630532021150

Palavras-chave:

comportamento do consumidor, baby boomers, jeans

Resumo

O envelhecimento populacional é um fenômeno que atinge todos os países do mundo. A geração baby boomer apresenta a maior parte de seus integrantes dentro da fase da vida humana considerada idosa, que corresponde aos indivíduos com sessenta anos ou mais. Esses consumidores, apesar de numerosos, ainda são esquecidos e subestimados pelo mercado de moda, no qual enfrentam dificuldades para encontrar roupas que despertem o interesse, sejam atrativas, confortáveis e se adéquem aos seus corpos. Um produto de moda que demonstra bem tal dificuldade é o jeans, pois muitas empresas e designers de moda acabam ignorando as mudanças biopsicossociais e as especificidades ergonômicas desse público. A importância do jeans se dá em razão de seu valor simbólico e de mercado. O presente artigo tem como objetivo avaliar o perfil do consumidor da geração baby boomer quanto ao consumo de peças jeans. Trata-se de uma pesquisa survey, descritiva, com delineamento transversal e abordagem quantitativa. Adotou-se a amostragem por conveniência e não probabilística. Com base nos resultados obtidos, constatou-se que ainda há falta de informação, interesse, oferta e até pouca ou nenhuma comunicação pelas empresas de moda, especialmente do segmento jeanswear, direcionada aos baby boomers, o que acarreta baixo consumo e menor número de peças jeans nos guarda-roupas dessa geração. Esse grupo geracional apresenta especificidades que demandam a apreensão e o desenvolvimento de peças orientadas para as suas necessidades biopsicossociais.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA TÊXTIL E DE CONFECÇÃO – ABIT. Perfil do Setor – Dados gerais do setor referentes a 2019 (atualizados em dezembro de 2020). Disponível em: <http://www.abit.org.br/cont/perfil-do-setor>. Acesso em: 20 fev. 2021.

ALMEIDA, Mariana Dias de. A moda contemporânea e a sustentabilidade no jeanswear: estudos de caso. Orientadora: Mônica Moura. Dissertação (Mestrado). 170 f. Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Bauru, 2013.

ALMEIDA, Mariana Dias de; BROEGA, Ana Cristina da Luz; MOURA, Mônica. O design inclusivo no vestuário e seus fatores dimensionais de conforto ao idoso contemporâneo. In: CARLI, Ana

Mery Sehbe De; MARTINS, Suzana Barreto (org.). Moda inclusiva: para todos. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores, 2018. p. 156-173.

ALMEIDA, Mariane Tojeira Cara. Gerações juvenis e a moda: das subculturas à materialização da imagem virtual. ModaPalavra e-periódico, v. 1, n. 2, p. 69-81, 2008.

ANIĆ, Ivan-Damir.; MIHIĆ, Mirela. Demographic profile and purchasing outcomes of fashion conscious consumers in Croatia. Ekonomski Pregled, v. 66, n. 2, p. 103-118, 2015.

BARBOSA, Gabriela Silveira. Design e relações intergeracionais: projetando o envelhecimento saudável através de atividades complementares nas universidades. Orientador: Alfredo Jeferson. Dissertação (mestrado).168 f. Rio de Janeiro: PUC, Departamento de Artes e Design, 2020.

BORCHERDING, Phyllis; BUBONIA, Janace. Attitudes to apparel amongst the baby boomer generation. In: McCANN, Jane; BRYSON, David (editors). Textile-led Design for the Active Ageing Population. Woodhead, Cambridge, 2015. p. 25-37.

BORTOLAZZO, Sandro. Nascidos na era digital: outros sujeitos, outra geração. In: XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, 2012, Campinas - SP. Anais - XVI ENDIPE, 2012.

CATOIRA, Lu. Jeans, a roupa que transcende a moda. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2006. 134 p.

CLANCY, Kevin; KRIEG, Peter. Marketing contra-intuitivo: como atingir grandes resultados usando o senso incomum. Tradução: Copernicus Marketing Consulting and Research. Rio de Janeiro: Campus, 2002. 448 p.

CRANE, Diana. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidades das roupas. Tradução: Cristiana Coimbra. São Paulo, SP: Senac, 2006. 499 p.

ELIAS, Norbert; SCOTSON, John. Os estabelecidos e os outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade. Tradução: Vera Ribeiro. Tradução do Posfácio à edição alemã: Pedro Süssekind. Apresentação e revisão técnica: Federico Neiburg. Rio de Janeiro: Zahar, 2000. 228 p.

GOLDSBERRY, Ellen; SHIM, Soyeon; REICH, Naomi. Women 55 years and older: Part I. Current body measurements as contrasted to the PS 42-70 data. Clothing and Textiles Research Journal, v. 14, n. 2, p. 108-120, 1996.

GORINI, Ana Paula Fontenelle. O segmento de índigo. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 10, p. 313-334, 1999.

GURGEL, Giovane Montine Moreira. O valor estratégico da informação para a gestão das organizações. In: XIII SIMPEP, 2006, Bauru. Anais... . p. 1-10, Bauru, 2006.

HOLMLUND, Maria; HAGMAN, Anne; POLSA, Pia. An exploration of how mature women buy clothing: empirical insights and a model. Journal of Fashion Marketing and Management, v. 15, n. 1, p. 108-122, 2011.

HSU, Tiffany. Older people are ignored and distorted in ageist marketing, report finds. In: The New York Times. Sept. 23, 2019. Disponível em: <https://www.nytimes.com/2019/09/23/business/ageism-advertising-aarp.html>. Acesso em: 10 mar. 2021.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Idosos indicam caminhos para uma melhor idade [Editoria: Revista Retratos], 19 mar 2019. Disponível em: <https://censo2020.ibge.gov.br/2012-agencia-de-noticias/noticias/24036-idosos-indicam-caminhos-para-uma-melhor-idade.html>. Acesso em: 21 fev. 2021.

IIDA, Itiro. Ergonomia: projeto e produção. 2ª ed. rev. e ampl. São Paulo: Editora Blucher, 2005. 614 p.

JOUNG, Hyun-Mee; MILLER, Nancy. Factors of dress affecting self-esteem in older females. Journal of Fashion Marketing and Management: An International Journal, v. 10, n. 4, p. 466-478, 2006.

KUPPERSCHMIDT, Betty. Multigeneration employees: strategies for effective management. The Health Care Manager, v. 19, n. 1, p. 65-76, 2000.

LEVI STRAUSS & CO. The story of Levi Strauss. Disponível em: <https://www.levistrauss.com/2013/03/14/the-story-of-levi-strauss/>. Acesso em: 5 mar. 2021.

LIMA, Fabiana Dantas Mendes de; MENDES, Francisca Dantas. Vestuário de moda – beneficiamentos do jeanswear e os resíduos da lavanderia. In: 8º Colóquio de Moda, Anais… Rio de Janeiro, 2012.

LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. Tradução: Maria Lucia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 2009. 352 p.

LIPSCHULTZ, Jeremy; HILT, Michael; REILLY, Hugh. Organizing the baby boomer construct: an exploration of marketing, social systems, and culture. Educational Gerontology, v. 33, n. 9, p. 759-773, 2007.

LIRIO, Angelica Barbieri; GALLON, Shalimar; COSTA, Carlos; PAULI, Jandir. Percepções da qualidade de vida no trabalho nas diferentes gerações. Gestão & Regionalidade, v. 36 n. 107, p. 201-220, 2020.

LOBO, Renato Nogueirol; LIMEIRA, Erika Thalita Navas Pires; MARQUES, Rosiane do Nascimento. Fundamentos da tecnologia têxtil: da concepção da fibra ao processo de estamparia. 1ª ed. São Paulo: Érica, 2014. 120 p.

MARTELI, Leticia Nardoni; NEVES, Erica Pereira das; MENEZES, Marizilda dos Santos; PASCHOARELLI, Luis Carlos. Percepção do uso de aviamentos de vestuários: características estéticas, funcionais e estruturais. Projética, Londrina, v. 11, n. 1, p. 138-164, 2020.

MARTINS, Suzana Barreto. Ergonomia, usabilidade e conforto em projeto de produto de moda e vestuário. In: MARTINS, S. B. (org.). Ergonomia, usabilidade e conforto no design de moda: a metodologia OIKOS. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores, 2019. p. 56-77.

MENEGUCCI, ‪Franciele; SANTOS FILHO, Abilio Garcia dos. Proteção e conforto: a relação entre os tecidos e o design ergonômico do vestuário para idosos. In: 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. Anais… São Paulo, 2010. ‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬

MENEZES, Marizilda dos Santos; SPAINE, Patrícia Aparecida de Almeida. Modelagem plana industrial do vestuário: diretrizes para a indústria do vestuário e o ensino‐aprendizado. Projética, v. 1, n. 1, p. 82‐100, 2010.

MILLER, Daniel; WOODWARD, Sophie. Manifesto for a study of denim. Social Anthropology/Anthropologie Sociale, v. 15, n. 3, p. 335-351, 2007.

MIRANDA, Ana Paula de. Consumo de moda: a relação pessoa-objeto. 2. ed. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017. 160 p.

MOODY, Harry. Baby boomers: from great expectations to a crisis of meaning. Journal of the American Society on Aging, v. 41, n. 2, p. 95-100, 2017.

MOTTA, Alda Britto da. A atualidade do conceito de gerações na pesquisa sobre o envelhecimento. Revista Sociedade e Estado, v. 25, n. 2, p. 225-250, 2010.

NAM, Jinhee; HAMLIN, Reagan, GAM, Hae Jin, KANG, Ji Hye; KIM, Jiyoung; KUMPHAI, Pimpawan; STARR, Cathy; RICHARDS, Lynne. The fashion-conscious behaviours of mature female consumers. International Journal of Consumer Studies, v. 31, n. 1, p. 102-108, 2007.

NEVES, Érica Pereira; PASCHOARELLI, Luís Carlos. Moda e meia idade: percepções femininas sobre o produto do vestuário da atualidade. Modapalavra e-periódico, v. 9, n. 18, p. 192-205, 2016.

NEVES, Érica Pereira. Vestuário e terceira idade: uma abordagem ergonômica acerca dos aspectos do vestir/despir do usuário idoso. Orientador: Luís Carlos Paschoarelli. Tese (Doutorado). 179 f. Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Bauru, 2020.

O’CASS, Aron. An assessment of consumers product, purchase decision, advertising and consumption involvement in fashion clothing. Journal of Economic Psychology, v. 21, n. 5, p. 545-576, 2000.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS – ONU. World population ageing 2019. Disponível em: <https://www.un.org/en/development/desa/population/publications/pdf/ageing/WorldPopulationAgeing2019-Report.pdf>. Acesso em: 30 jun. 2020.

PARRY, Emma; URWIN, Peter. Generational differences in work values: a review of theory and evidence. International Journal of Management Reviews, v. 13, n. 1, p. 79-96, 2011.

PRADO, Luís André; BRAGA, João. História da moda no Brasil: das influências às autorreferências. 2ª ed. Barueri, SP: Disal, 2011. 640 p.

RAHMAN, Osmud; YU, Hong. A study of canadian female baby boomers: physiological and psychological needs, clothing choice and shopping motives. Journal of Fashion Marketing and Management, v. 22, n. 4, p. 509-526, 2018.

ROMERO, Luiz Lauro; VIEIRA, Jayme Otacilio Wehrs Mattos; MEDEIROS, Luiz Alberto R. de; MARTINS, Renato Francisco. Fibras artificiais e sintéticas. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 1, p. 54-66, 1995.

SCHEWE, Charles; MEREDITH, Geoffrey. Segmenting global markets by generational cohorts: determining motivations by age. Journal of Consumer Behaviour, v. 4, n. 1, p. 51-63, 2004.

SILVA, Bruno Sanches Mariante da; GONÇALVES, Jessica Yohana. Contracultura e transgressão: uma análise do álbum “tropicalia ou panis et circencis” (1968). CLIO: Revista de Pesquisa Histórica - CLIO (Recife. Online), v. 36, n. 1, p. 234-254, 2018.

SZMIGIN, Isabelle; CARRIGAN, Marylyn. Learning to love the older consumer. Journal of Consumer Behavior, v. 1, n. 1, p. 22-34, 2001.

THEISEN, Fernanda Caumo; MOURA, Heloisa Tavares de; FOLLE, Luis Fernando. Inovação no design de moda: articulando antropometria, ergonomia e usabilidade para conforto no uso da calça jeans. Strategic Design Research Journal, v. 8, n. 3, p. 116-126, 2015.

TWIGG, Julia. Clothing, identity, embodiment and age. In: McCANN, Jane; BRYSON, David (editors). Textile-led Design for the Active Ageing Population. Woodhead, Cambridge, 2015. p. 13-24.

VIANNA, Claudia; QUARESMA, Manuela. Ergonomia: conforto têxtil no vestuário do idoso. In: Anais do 15º Ergodesign & USIHC. Blucher Design Proceedings, v. 2, n. 1, p. 1662-1670. São Paulo: Blucher, 2015.

______. Modelagem para mulheres idosas. In: 16° Ergodesign, USIHC & CINAHPA. Blucher Design Proceedings, v. 3, n. 11, p. 1014-1023. São Paulo: Blucher, 2017.

Downloads

Publicado

2021-09-08

Como Citar

CUSTÓDIO GOMES, O.; DOS SANTOS MENEZES, M. A geração baby boomer e o consumo de peças jeans. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 5, n. 3, p. 150 - 169, 2021. DOI: 10.5965/25944630532021150. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/20119. Acesso em: 8 dez. 2021.