Efeito alelopático de Salix spp. sobre a germinação de sementes e desenvolvimento de plântulas de Raphanus sativus L.

Joatan Machado da Rosa, Luiz Gustavo Wiles Della Mea, Lenita Agostinetto, Mari Inês Carissimi Boff

Resumo


O objetivo do trabalho foi o de avaliar o efeito alelopático de folhas verdes e cascas frescas trituradas de três espécies de vimeiro sobre a germinação de sementes e desenvolvimento de plântulas de rabanete (Raphanus sativus L.). O experimento foi conduzido no Laboratório de Sementes da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV no ano de 2009. O delineamento foi inteiramente casualizado com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos por pedaços de folhas verdes e cascas frescas de Salix x rubens, Salix viminalis e Salix smithiana, distribuídas separadamente sobre sementes de rabanete em caixas de Gerbox. A testemunha foi constituída por sementes de rabanete e água destilada. As caixas com os respectivos tratamentos foram transferidas para câmara de germinação 25ºC e UR 70%. Em intervalos de 24 horas, a partir do segundo dia após o início do experimento até o décimo dia foram avaliados o número de sementes germinadas, a velocidade de germinação, o comprimento e a massa fresca e seca de radículas. Os dados foram submetidos à análise de variância, teste de comparação de médias e análise de contrastes lineares. Das variáveis analisadas, o comprimento de radícula foi o único que diferiu estatisticamente entre os tratamentos. A análise de contraste entre os tratamentos folhas verdes e cascas frescas de S. viminalis e S. smithiana mostrou significância estatística no comprimento de radícula e massa fresca de raízes, mostrando efeito alelopático negativo sobre o crescimento e desenvolvimento de raízes de rabanete. Folhas verdes e cascas frescas de Salix rubens, S. smithiana e S. viminalis não exercem efeito alelopático negativo sobre a massa fresca, massa seca, percentual de germinação e velocidade de germinação em rabanete. As cascas de S. rubens podem reduzir o crescimento de radículas de rabanete enquanto que folhas de S. viminalis podem estimular o crescimento das radículas.

Palavras-chave


Aleloquímicos; Vimeiro; Alelopatia; Inibição de germinação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171