Ocorrência de insetos em plantas de tomateiro tratadas com preparados em altas diluições

Tatiani Alano Modolon, Pedro Boff, Mari Inês Carissimi Boff, Paulo Antônio de Souza Gonçalves, David José Miquelluti

Resumo


A cultura do tomateiro apresenta grande suscetibilidade a pragas, que no sistema de produção convencional tem demandado uso intensivo de agrotóxicos. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de tratamentos fitossanitários, em altas diluições, na incidência de insetos praga em plantas de tomateiro, sob sistema orgânico de produção. Experimentos foram conduzidos a campo nos ciclos produtivos de 2008/2009 e 2009/2010. Os tratamentos constituíram-se dos preparados Staphysagria, Arsenicum album, Sulphur, Arnica montana, nosódios de Solanum lycopersicum e de Solanum aculeatissimum, nas escalas decimal (DH) e centesimal (CH) de dinamização hahnemaniana. Calda bordalesa, calda cúprica e Bacillus thuringiensis foram incluídos em doses ponderais. Constatou-se a presença de coleópteros desfolhadores e tripes, porém apenas Agathomerus sellatus de forma sistemática. População de A. selatus foi reduzida por Sulphur e Arnica montana na dinamização 12 e 24 DH, respectivamente. Preparados em altas diluições apresentam alto potencial de redução de incidência de insetos e de danos de Agathomerus sellatus em tomateiro.

Palavras-chave


Solanum lycopersicum L.; Agro-homeopatia; Agathomerus sellatus.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171