O olhar, o escutar e o ato de escrever como processo metodológico de pesquisas em artes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102472023e0205

Palavras-chave:

Olhar, Escutar, Escrever, Pesquisa em artes

Resumo

Este artigo é resultado das aulas ministradas na disciplina Atos de Escritura para alunos de mestrado no Programa de Pós-graduação em Artes PPGARTES-UFPA, no ano de 2021. Objetiva refletir sobre os processos metodológicos de pesquisas no campo das artes e suas múltiplas linguagens, propondo aprofundamentos sobre os atos de olhar, escutar e escrever como técnicas de investigação necessárias à investigação de processos criativos, cuja ênfase recai sobre ações dialógicas entre subjetividades e intersubjetividades dos sujeitos envolvidos no processo. A base epistemológica está assentada em autores da Etnografia (Geertz, 2008; Oliveira, 2000; Peixoto, 1999), Fenomenologia (Merleau-Ponty, 2003; Rangel, 2009; Salles, 1998) e da Cartografia (Deleuze, 1992, 1997, 1997;  Foucault, 2004, 1997; Martin-Barbero, 2002), além de outros autores que auxiliam na reflexão proposta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivone Maria Xavier de Amorim, Federal University of Para

Doutora em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010). Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Pará (1998). Bacharel em Ciências Sociais, com ênfase em Sociologia e Antropologia, pelas Faculdades Integradas Colégio Moderno - FICOM (1984). Professora Adjunta da Universidade federal do Pará (UFPA), lotada no Instituto de Ciências e Artes (ICA), vinculada à Escola de Teatro e Dança (ETDUFPA). Professora do Programa de Pós-graduação em Artes em Rede Nacional (UFPA) e do Programa de Pós-Graduação em Artes (Mestrado e Doutorado) PPGARTES-UFPA.

Bene Martins, Federal University of Para

Pós-doutorado em Estudos de Teatro, 2016, Universidade de Lisboa-PT. Doutorado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG - 2004). Mestrado em Letras: Linguística e Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (UFPA - 1997). Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará (UFPA - 1987)Professora associada da Faculdade de Dança; do Programa de Pós-graduação em artes (PPGARTES), da Universidade Federal do Pará.

Referências

BARROS & SILVA. Deuses e Ritos no antigo Egito: Novas perspectivas. São Paulo: Novas edições acadêmicas, 2017.

BARTHES, R. Aula. Aula inaugural da cadeira de Semiologia Literária do Collège de France. São Paulo: editora Cultrix, 1977.

CANEVACCI, G. Comunicação visual. São Paulo: Editora Brasiliense, 2009.

DELEUZE, G. Crítica e clínica. São Paulo: ECD.34, 1997.

FOUCAULT, M. Resumo dos cursos do Collège de France (1970-1982). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editores, 1997.

FOUCAULT, M. Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

FOUCAULT, M. A Hermenêutica do sujeito. São Paulo: Marins & Fontes, 2004a.

FOUCAULT, M. O Retorno da moral. In: Ditos & Escritos V-ética, sexualidade, política. Rio de Janeiro: Forense universitária, 2004b.

FONSECA, T.M.G; NASCIMENTO, M.L.do. MARASCHIN,C. (orgs). Pesquisas na diferença; um abecedário. Porto Alegre: Sulina, 2014.

FUGANTI, L. Apresentação In: FONSECA, T.M.G; NASCIMENTO, M.L.do. MARASCHIN,C. (orgs). Pesquisas na diferença; um abecedário. Porto Alegre: Sulina, 2014.

GEERTZ, C. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

KÉRENYI, K. A mitologia dos gregos. Vol. I: A história dos deuses e dos homens. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2015.

MARTIN-BARBERO, J. Ofício do cartógrafo – travessias latino-americanas de comunicação na cultura. São Paulo: Edições Loiola, 2002.

MENDES, C. Apresentação. In: RANGEL, S. Olhar desarmado; objeto, poética e trajeto criativo. Salvador: Solisluna Desing Editora, 2009.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da Percepção. São Paulo: Martins & Fontes, 2003.

OLIVEIRA, R. C.. O Trabalho do Antropólogo. São Paulo: Editora Unesp, 2000.

RANGEL, Sonia. Olho descarnado. Objeto poético e trajeto criativo. Salvador: Solisluna Design Editora, 2009.

RAMOS, A. Fisiologia da visão – um estudo sobre o “ver” e o “enxergar”. Módulo I. PDF, 2006.

RONILK, S. Cartografia sentimental; transformações contemporâneas do desejo. Porto Alegre: Editora UFRG, 2006.Bertrand Brasil, 2001.

SALLES, C. Redes de criação – construção da obra de arte. São Paulo: Horizonte, 2006.

SERRES, M. Os cinco sentidos. Filosofia dos corpos misturados. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

WULF, C; BORSARI, A. (orgs). Cosmo, corpo, cultura. Enciclopédia antropológica. Milano: Bruno Mondadoi, 2002.

Sites:

mitomaislogia.blogspot.com acesso em 02 de dezembro de 2022

www.todamateria.com.br acesso em 02 de dezembro de 2022

www.infopedia.pt acessado em 31 de maio de 2021

Downloads

Publicado

2023-07-24

Como Citar

AMORIM, Ivone Maria Xavier de; MARTINS, Bene. O olhar, o escutar e o ato de escrever como processo metodológico de pesquisas em artes. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 47, p. 1–19, 2023. DOI: 10.5965/1414573102472023e0205. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/22966. Acesso em: 21 abr. 2024.