Teatro e tecnologias de presença à distância: invenções, mutações e dinâmicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103422021e0117

Palavras-chave:

Performance Digital, Teatro virtual, Recepção

Resumo

O presente estudo aborda as criações teatrais performativas realizadas em tempo real no ambiente da rede internacional de computadores, problematizando as dinâmicas ali instauradas entre cena e recepção, atores/performers e espectadores. A partir do reconhecimento da natureza dos contratos entre o espectador e a cena promovidos pelas primeiras práticas teatrais associadas às teletecnologias, a reflexão discute as transformações aportadas pela tecnologia digital, destacando a importância de marcadores de visibilidade dos participantes entre si e das possibilidades de interação do espectador com a cena como fatores da instauração do sentimento de experiência coletiva na criação online em tempo real.

Biografia do Autor

Marta Isaacsson, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Profa. Dra. Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas e do Departamento de Arte Dramática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bolsista Produtividade de Pesquisa 1B/CNPq. Representante da área de Artes Cênicas no Comitê de Artes do CNPq 2019-2022.

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond. José. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

BARDIOT, Clarisse. Les théâtres virtuels. Tese (Doutorado em Teatro), Université de Paris III, Paris, 2005.

BOLTER Jay; GRUSIN, Richard. Remediation: Understanding New Media. Boston: MIT Press, 1999.

CRAW, Victoria. Oxford University, AstraZeneca coronavirus vaccine: How preparation for ‘Disease X’ led to head start. Nationwide News Pty Limited, 24 nov. 2020. Disponível em: https://www.news.com.au/lifestyle/health/health-problems/oxford-university-astrazeneca-coronavirus-vaccine-how-preparation-for-disease-x-led-to-head-start/news-story/a6a2a91b81ef54c861308d1e52755a6c. Acesso em: 08 fev. 2021.

DEEMER, Charles. The Deal: A Hyperdrama Demo. Theatre Network Magazine, Universitat di Valência, 18 jun. 2001. Disponível em: https://www.uv.es/~fores/programa/deemer_hyperdrama2.html. Acesso em: 23 mar. 2021.

DIXON, Steve. Digital Performance. A History of New Media in Theater, Dance, Performance Art, and Installation. Cambridge: MIT Press, 2007.

DUBATTI, Jorge. Filosofia del Teatro 1: Convivio, Experiencia, Subjectividad. Buenos Aires: Atual, 2007.

GROTOWSKI, Jerzy. Em Busca de um Teatro Pobre. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1976.

HARRIS, Stuart. Virtual reality drama. Cyberlife. Indianópolis: Sam, p.497-520,1995.

JAMIESON, Helen Varley. Adventures in Cyberformance: Experiments at the interface of theatre and the internet. Dissertação (Mestrado em Arte), Queensland University of Technology, Queensland, Austrália. 2008. Disponível em: https://eprints.qut.edu.au/28544/1/Helen_Jamieson_Thesis.pdf Acesso em: 24 fev. 2021.

LAFARGE, Antoinette. A World Exhilarating and Wrong: Theatrical Improvisation on the Internet. Leonardo, the Journal of the International Society for the Arts, Sciences, and Technology, vol. 28, n. 5. 1995. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/1576227?seq=1. Acesso em: 05 mar. 2021.

LEHMANN, Hans-Thies. Le Théâtre Postdramatique. Paris: Arche, 2002.

MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1969.

NEGROPONTE, Nicholas. A vida digital. São Paulo: Companhia das Letras, 2020.

O DILEMA das redes sociais. Direção: Orlowski Jeff. Los Gatos, CA: Netflix, 2020. 1 vídeo (94 min). Documentário.

THOMAS, Tonia; COLIN-JONES Rachel. Voici comment le vaccin Oxford-AstraZeneca été développé en un temps record. Le Journal du Dimanche, 20 jan. 2021. Disponível em: https://www.lejdd.fr/Societe/comment-le-vaccin-oxford-astrazeneca-a-ete-developpe-en-un-temps-record-4019695. Acesso em: 08 fev. 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-13

Como Citar

ISAACSSON, M. Teatro e tecnologias de presença à distância: invenções, mutações e dinâmicas. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 42, p. 1-22, 2021. DOI: 10.5965/1414573103422021e0117. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/20154. Acesso em: 20 jan. 2022.