Teatro nas fronteiras: descentralizando o teatro no interior de Mato Grosso

Autores

  • Maria Edilene de Jesus UDESC - Universidade de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092521232020206

Palavras-chave:

teatro na comunidade, Escola de Teatro Faces, contextos teatrais no interior de Mato Grosso, teatro para infância e juventude, ensino de teatro

Resumo

Este relato propõe um olhar para o teatro que é feito nas bordas, nas fronteiras das comunidades. Abordo aqui experiências como professora-artista em um teatro realizado na e com a comunidade no interior do Estado de Mato Grosso. Esse olhar visa refletir quais foram os caminhos traçados pelo Teatro Faces para construir e potencializar o teatro na comunidade através da descentralização do acesso as ações da Escola de Teatro Faces em Primavera do Leste. Contextualizando a partir de suas poéticas e práticas teatrais para infância e juventude um diálogo com a comunidade, prezando pelos atravessamentos, pela história de vida e de como essas pessoas – aprendizes da escola de teatro – pensam o mundo. 

Biografia do Autor

Maria Edilene de Jesus, UDESC - Universidade de Santa Catarina

Mestranda em Teatro na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), na área de Pedagogia Teatral com a pesquisa Espaco do Brincar: Proposta pedagogica de teatro com criancas e para criancas.

Downloads

Publicado

2020-08-14

Como Citar

JESUS, M. E. de. Teatro nas fronteiras: descentralizando o teatro no interior de Mato Grosso. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 23, p. 206-223, 2020. DOI: 10.5965/2358092521232020206. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/17428. Acesso em: 26 nov. 2021.