Metodologias ativas e tecnologias digitais: propostas pedagógicas para o ensino da matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2357724X10192022144

Palavras-chave:

Metodologias Ativas, Tecnologias Digitais, Ensino da Matemática, Escape Room, WebQuest

Resumo

Este artigo tem como proposta central discutir sobre as metodologias ativas, apresentando modelos capazes de incentivar o protagonismo nos alunos durante a realização de atividades didáticas em sala de aula na disciplina de matemática. Em paralelo, serão indicadas possíveis tecnologias digitais para cada um dos modelos ativos apresentados. A metodologia utilizada para este artigo foi a revisão bibliográfica, através da qual foram trabalhadas as propostas/modelos ativos de ensino e aprendizagem intitulados de WebQuest e Escape Room em resultados de estudos empíricos disponíveis em bases de dados científicas. Os resultados servirão de exemplos para os estudantes e professores que desejarem adotar estratégias mais alinhadas com os objetivos educacionais atuais na área da matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Batista Bottentuit Junior, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Prof. Dr. Doutor em Ciências da Educação (UMINHO), Professor Associado do Departamento de Educação da Universidade Federal do Maranhão - UFMA, São Luís/Maranhão/Brasil.

Referências

ABAR, Celina A. A. P.; BARBOSA, Lisbete Madsen. WebQuest, um desafio para o professor: uma solução inteligente para o uso da Internet. São Paulo: Avercamp, 2008.

AIUB, Mariana Maria Rodrigues. Gamificação no ensino de matemática com jogos de "Escape Room" e RPG: percepções sobre suas contribuições e dificuldades. 2020. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP., 2020. 147p.

BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista. Concepção, Avaliação e Dinamização de um Portal Educacional de WebQuests em Língua Portuguesa. 2010. Tese (Doutorado em ciências da educação) - Instituto de Educação, Universidade do Minho, Braga, 2010. 257p.

BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista; COUTINHO, Clara Pereira. Recomendações de qualidade para o processo de avaliação de WebQuests. Ciênc. cogn. [online]., v. 17, n. 1, p. 73-82, 2012.

BRITO, Kalina Lígia Almeida; HAERTEL, Brigitte Úrsula Stach. Metodologias Ativas e os Jogos no Ensino e Aprendizagem da Matemática. In: PBL2018 International Conference, Anais do Congresso: ABP para Próxima Geração, Articulando Aprendizagem Ativa, Tecnologia e Justiça Social. Santa Clara - Califórnia - USA, 2018.

CARVALHO, Ana Amélia Amorim. WebQuest: um desafio aos professores para os alunos. 2002. Disponível em: http://www.iep.uminho.pt/aac/diversos/webquest/index.htm. Acesso em: 20 out. 2021.

CLAUDIO, Nuria Zarco; MACHANCOSES, Mónica; PIQUERAS, Rocío Fernández. La Eficacia de La Escape Room Como Estrategia de Motivación, Cohesión y Aprendizaje de Matemáticas En Sexto de Educación Primaria. Edetania, [s. l], p. 23-42, 8 dez. 2019.

COSTA, Isabel Maria de Sousa. A WebQuest na Aula de Matemática: um estudo de caso com alunos do 10° ano de escolaridade. Dissertação de Mestrado em Educação com Especialização em Tecnologia Educativa. Braga: Universidade do Minho, Instituto de Educação e Psicologia, 2008.

CRUZ, Ivete Liliana Malheiro da. A WebQuest na sala de aula de Matemática: um estudo sobre a aprendizagem dos Lugares Geométricos por alunos do 8° ano. Dissertação de Mestrado em Educação, na área de especialização em Supervisão Pedagógica de Ensino de Matemática, Braga: Universidade do Minho, 2006.

DODGE, Bernie. Some Thoughts about WebQuests. 1995. Disponível em: http://WebQuest.sdsu.edu/about_WebQuests.html. Acesso em: 07 jan. 2021.

FERNANDES, Clarice Silva. Uso de Recursos da Internet para o ensino de Matemática: WebQuest uma experiência com professores do ensino médio. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2008.

FERREIRA JUNIOR, Herbert Hipólito. Escape Matemático: Jogo de conteúdos matemáticos, enigmas, charadas e truques de raciocínio lógico. 2019. Dissertação (Mestrado) - Curso de Matemática em Rede Nacional (Profmat), Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2019. 39p.

GUIMARÃES, Daniela. A Utilização da WebQuest no Ensino da Matemática: aprendizagem e reações dos alunos do 8° ano. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Minho, Portugal, 2005. 202p.

JIMÉNEZ, Cristina et al. Digital Escape Room, Using Genial.Ly and A Breakout to Learn Algebra at Secondary Education Level in Spain. Education Sciences, [S.L.], v. 10, n. 10, p. 271, 1 out. 2020. Disponível em: https://www.mdpi.com/845484. Acesso em: 18 nov. 2021.

MACEDO, Kelly Dandara da Silva et al. Metodologias ativas de aprendizagem: caminhos possíveis para inovação no ensino em saúde. Escola Anna Nery. Revista de Enfermagem, v. 22, p. 1, 2018.

MENDES, Daniela. Criando uma Escape Room com o Google Forms! Crie uma história e engaje seus alunos com Matemática! Rede Laboratório sustentável de matemática, [201-]. Disponível em: https://www.laboratoriosustentaveldematematica.com/2020/08/criando-um-escape-room-com-o-google.html. Acesso em: 7 jan. 2022.

MONTEIRO JUNIOR, Luis Americo; REIS, Luiza Sandim. O Lúdico na Matemática por Meio de Jogos e de um Escape Room. In: Seminário de Iniciação Científica do Litoral Norte – SIC-LN, Caraguatatuba. Apresentações - Seminário de Iniciação Científica do Litoral Norte - SIC-LN, 2020.

MORAN, José. Educação Híbrida: um conceito chave para a educação, hoje. In: BACHIC, L.; TANZI NETO, A.; TREVISANI, F. M. (org.). Ensino Híbrido: personalização e tecnologias na educação. Porto Alegre: Penso, 2015. p. 27-45.

MOURA, Adelina; SANTOS, Idalina Lourido. Escape Room Educativo: reinventar ambientes de aprendizagem. In: CARVALHO, A. A. A. (org.). Aplicações para dispositivos móveis e estratégias inovadoras na educação. Lisboa: Ministério da Educação Direção Geral da Educação, 2020. p. 107-115.

OCDE. Compétences en sciences, lecture et mathématiques: le cadre d’évaluation de PISA 2006. Paris: OCDE, 2006.

OTEMAIER, Kelly R. et al. Educational escape room for teaching Mathematical Logic in computer courses. In: XIX Brazilian Symposium on Computer Games and Digital Entertainment, 2020, Recife - PE. SBC - Proceedings of SBGames 2020, 2020. p. 595-604.

QUADROS, Lídia. A Utilização de uma Webquest no Desenvolvimento do Pensamento Crítico e Criativo na Disciplina de Matemática. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, Lisboa, 2005. 168p.

REZENDE, Felipe Augusto de Mello; MARTINS, Laiane Pereira; OLIVEIRA, Mariana Fonseca. O suspeito-escape room para discutir questões sociais e avaliar a aprendizagem de estudantes da educação básica. Revista Eletrônica Ludus Scientiae, Foz do Iguaçu, v. 4, n. 2, p. 105-122, 2020.

RIBACIONKA, Márcia Cristina dos Santos. Uma proposta de WebQuest para a introdução ao letramento estatístico dos alunos da E.J.A. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010. 218p.

RODRIGUES, Suênia da Silva et al. A Webquest como proposta Metodológica para o Ensino de Matemática. In: II Congresso Nacional de Educação (II CONEDU), 2015, Campina Grande. Anais II CONEDU, 2015. v. 1.

ROTHER, Francisco. Metodologias Ativas Aplicadas no Processo de Ensino Aprendizagem da Matemática. 2016. TCC (Graduação em Matemática). Curso de Matemática, Faculdades de Itapiranga, Itapiranga, 2016. 14p.

SAMPAIO, Patrícia. Concepção de Infinito dos Alunos do Ensino Secundário: contributo da Webquest Echer e a procura do infinito. 2006. 246 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade do Minho, Braga, 2006.

SANTIAGO, E. G. L. O Uso de Ferramenta Webquest e sua Implicação em Atividades Didáticas Experimentais para a Melhoria do Ensino da Matemática. 2008. 132 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

SEGURA-ROBLES, Adrián; PARRA-GONZÁLEZ, María Elena. How to implement active methodologies in Physical Education: Escape Room. ESHPA - Education, Sport, Health and Physical Activity, v. 3, n. 2, p. 295-306, 2019. DOI http://hdl.handle.net/10481/56426.

SIERRA DAZA, María Caridad; FERNÁNDEZ-SÁNCHEZ, María Rosa. Gamificando a sala de aula da universidade. Análise de uma experiência de Escape Room no ensino superior. Revista de estudos e experiências em educação, v. 18, n. 36, p. 105-115, 2019. Disponível em: https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?pid=S0718-51622019000100105&script=sci_arttext&tlng=n. Acesso em: 8 nov. 2021.

SILVA, Maurício Barbosa da. A Geometria espacial no ensino médio a partir da atividade de WebQuest: análise de uma experiência. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 2006.

STOHLMANN, Micah S. Escape Room Math: Luna's Lines. Professor de Matemática: Aprendizagem e Ensino PK-12, v. 113, n. 5, p. 383-389, 2020. DOI http://dx.doi.org/10.5951/mtlt.2019.0106.

TURCI, Bruno de Moraes. Um estudo sobre o uso de WebQuests para revisar conteúdos matemáticos. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional) - Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2015. DOI 10.11606/D.55.2015.tde-01122015-140605.

VELDKAMP, Alice et al. Escape education: a systematic review on escape rooms in education. Educational Research Review, [S.l.], v. 31, p. 100364, nov. 2020. DOI http://dx.doi.org/10.1016/j.edurev.2020.100364.

VISEU, A. Uma Pesquisa Voltada a Geometria Espacial no Ensino Médio a Partir da Atividade Motivacional Webquest: análise de uma experiência. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014. 155p.

WEBQUEST EDO APLICADA. EDO: Equações Diferenciais Ordinárias. Juros Continuamente Compostos. Licenciatura em Matemática - 1º Ciclo – 2012. Sites Google, 2012. Disponível em: https://sites.google.com/site/webquestedoaplicada/. Acesso em: 7 jan. 2022.

WEBQUEST ESTATÍSTICA. Introdução. Sites Google, [201-]. Disponível em: https://sites.google.com/view/webqestatistica/tarefa. Acesso em: 7 jan. 2022.

XAVIER, T. J. Análise de Webquests dos 2° e 3° Ciclos do Ensino Básico: um estudo exploratório da disciplina matemática. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade do Minho, Braga, 2007. 233p.

Downloads

Publicado

2022-02-18

Como Citar

BOTTENTUIT JUNIOR, J. B. Metodologias ativas e tecnologias digitais: propostas pedagógicas para o ensino da matemática. Revista BOEM, Florianópolis, v. 10, n. 19, p. 144-160, 2022. DOI: 10.5965/2357724X10192022144. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/boem/article/view/21701. Acesso em: 2 out. 2022.