Variáveis biométricas e componentes produtivos da cultura do trigo: mapeamento e correlação entre variáveis

Autores

  • Osmar Henrique de Castro Pias Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Júnior Melo Damian Universidade Federal de Santa Maria
  • Maurício Roberto Cherubin Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
  • Antônio Luis Santi Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711532016227

Palavras-chave:

Triticum aestivum L., agricultura de precisão, componentes morfológicos, rendimento de grãos.

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a relação existente entre variáveis biométricas quantificadas ao longo do desenvolvimento fenológico da cultura do trigo com o rendimento de grãos e componentes produtivos. O estudo foi realizado em uma área de 4,7 ha. Inicialmente a área foi georreferenciada e dividida em uma malha amostral de 50 x 50 m, resultando em 18 pontos amostrais. Em cada ponto amostral foram demarcadas três subparcelas de 2 x 1 m. Foi avaliado a emergência de plântulas aos 7 dias após a emergência (DAE) (estádio 1), número de plantas, número de afilhos, número de folhas por planta, comprimento radicular, altura, massa seca radicular, massa seca da parte aérea e número de nós aos 35 (estádio 5), 57 (estádio 8) e 80 (estádio 10,3) DAE. Os componentes produtivos número de espigas, peso de 1.000 grãos, número de grãos por espiga e produtividade foram quantificados aos 130 DAE (estádio 11,4). Diferenças biométricas em plantas de trigo a partir do estádio fenológico 8 afetaram os componentes produtivos da cultura. Plantas de trigo com elevada estatura (altura e número de nós) e reduzido comprimento radicular apresentaram maiores produtividades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Osmar Henrique de Castro Pias, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando do programa de Ciência do solo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre - RS, Brasil

Júnior Melo Damian, Universidade Federal de Santa Maria

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Agricultura e Ambiente, Universidade Federal de Santa Maria, campus de Frederico Westphalen - RS, Brasil

Maurício Roberto Cherubin, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"

Doutorando do Programa de Solos e nutrição de plantas, Escola Superior deAgricultura "Luiz de Queiroz"(ESALQ), Piracicaba, SP, Brasil

Antônio Luis Santi, Universidade Federal de Santa Maria

Professor Adjunto, Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, Universidade Federal de Santa Maria, Frederico Westphalen, RS, Brasil

Downloads

Publicado

2016-11-11

Como Citar

PIAS, Osmar Henrique de Castro; DAMIAN, Júnior Melo; CHERUBIN, Maurício Roberto; SANTI, Antônio Luis. Variáveis biométricas e componentes produtivos da cultura do trigo: mapeamento e correlação entre variáveis. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 15, n. 3, p. 227–236, 2016. DOI: 10.5965/223811711532016227. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/223811711532016227. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigo Completo - Ciência de Plantas e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)