Determinação de divergência genética entre acessos de mamoneira por meio de caracteres multicategóricos

Helen Cristina de Arruda Rodrigues, Samuel Pereira de Carvalho, Alexandre Alves de Carvalho

Resumo


O objetivo deste trabalho foi caracterizar morfologicamente e avaliar a diversidade genética entre 15 acessos de mamona (Ricinus communis). O experimento em delineamento em blocos ao acaso, com 15 tratamentos e três repetições, foi implantado em Latossolo Vermelho distroférrico em Lavras, MG. Os dados foram submetidos à análise de variância, obtendo-se as distâncias genéticas entre os acessos e com base nessas distâncias realizou-se análise de agrupamento e análise dos componentes principais para determinação da divergência genética. Houve formação de três grupos, ou seja, constatou-se a divergência genética na matriz de dissimilaridade. O grupo I formado por 12 genótipos, o grupo II, por dois genótipos e o grupo III, apenas por um, o acesso nove. A utilização dos caracteres multicategóricos mostrou-se efi ciente para a determinação da divergência genética entre acessos de mamona.

Palavras-chave


Ricinus communis L., Variabilidade genética, Agrupamento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171