Influência da adição de um resíduo industrial alcalino na velocidade de neutralização da acidez do solo, adsorção de sódio e disponibilidade de magnésio para o trigo

Henrique Cesar Almeida, Paulo Roberto Ernani, Humberto H Marin, Eduardo H Escapini, José Mecabô Junior

Resumo


O dregs é um resíduo industrial de caráter alcalino que pode ser utilizado para elevar o pH do solo a um custo baixo. Como ele apresenta baixos teores de Mg e elevados teores de Na, pode interferir negativamente no crescimento das plantas. Este trabalho teve por objetivos avaliar a velocidade do dregs de neutralizar a acidez do solo; quantificar o efeito da elevação do pH do solo com dregs na disponibilidade de Mg para o trigo; e determinar o comportamento da adsorção de Na em diferentes níveis de acidez. Para isso, foram conduzidos três experimentos, em laboratório ou em casa-devegetação, utilizando-se amostras de um Cambissolo Húmico. Nos dois primeiros experimentos utilizaramse quantidades crescentes de dregs que tinha 354 g Ca kg-1, 9,2 g Mg kg-1, 10,2 g Na kg-1, pH = 10,7, valor de neutralização de 80% e eficiência relativa de 100%. No experimento com plantas, foi avaliada a resposta do trigo à adição de Mg em diferentes valores de pH resultantes da adição de dregs. As reações de neutralização da acidez do solo foram concluídas num período inferior a três semanas após a aplicação de dregs. A adsorção de Na às cargas negativas e sua afinidade eletrônica pela fase sólida desse Cambissolo, definida pelo coeficiente de partição da reação de adsorção (KP), tiveram o comportamento de uma isoterma tipo-C e aumentaram com a elevação do pH do solo. Apesar da adição de Mg ter aumentado a produção de massa seca de trigo em todas doses de dregs, a elevação do pH pela adição do resíduo industrial não interferiu na disponibilidade de Mg e no crescimento das plantas.

Palavras-chave


pH do solo, adsorção de sódio, dregs, magnésio, calagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171