Atributos físicos do solo em pomares de maçãs ‘Royal Gala’ em sistemas convencional e orgânico de produção

Eliete de Fátima Ferreira da Rosa, João José Stüpp, Cassandro Vidal Talamini do Amarante, Álvaro Luiz Mafra

Resumo


O manejo dos pomares de maçãs é condicionado pela forma de cultivo adotado, o qual influencia na sua produtividade, lucratividade e longevidade. O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos dos sistemas de manejo convencional e orgânico de produção de maçãs sobre atributos físicos do solo e identifi car os parâmetros que discriminam os dois sistemas de produção, por meio da utilização da análise canônica discriminante (ACD). O experimento foi realizado no município de São Joaquim, SC, em dois pomares, um no sistema convencional (PC) e o outro no sistema orgânico (PO), ambos implantados em 2001, com a cultivar Royal Gala, sobre porta-enxerto M-9, em um Cambissolo Húmico. As amostras de solo foram coletadas na safra 2008-2009, nas camadas de 0-10 cm e 10-20 cm. Os atributos físicos do solo avaliados foram granulometria, estabilidade de agregados, representada pelo diâmetro médio geométrico (DMG), densidade do solo (Ds), macro, micro e porosidade total (PT) e grau de floculação (GF). Os resultados obtidos foram submetidos ao teste de Tukey para comparação de médias e à ACD. O PO apresentou menores valores de DMG e macroporosidade na camada de 0-10 cm. Na camada de 10-20 cm, a macroporosidade e PT foram maiores no PC. O DMG na camada de 0-10 cm e a microporosidade na camada de 10-20 cm apresentaram os maiores valores de coeficientes de taxa de discriminação paralela (TDP), revelando que esses atributos são os melhores indicadores de qualidade física do solo e podem ser indicados para estudo de alterações na produção de maçãs provocadas pelos sistemas de produção avaliados.

Palavras-chave


Malus domestica (Borkh); Sistemas de produção; Física do solo; Análise canônica discriminante.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171