Análise da matéria seca em culturas de entressafra sob efeito da palha em região de Cerrado e fitossociologia da comunidade infestante

Carlos Eduardo Madureira Barbosa, Edson Lazarini, Pedro Renan Ferreira Picoli, Samuel Ferrari, Janaina Veronezi Alberton

Resumo


O controle da população de plantas espontâneas através do uso de plantas de cobertura é prática tradicional e pode ser promovida durante o desenvolvimento vegetativo das espécies cultivadas ou após a sua dessecação. O objetivo do presente trabalho foi determinar a produtividade de matéria seca de culturas de cobertura semeadas em épocas distintas, em região de cerrado e identificar a composição florística da comunidade de plantas daninhas presentes nestas áreas de produção. O experimento foi desenvolvido em condições de campo, no município de Selvíria, MS. Foi utilizado delineamento experimental em blocos casualizados contando com 10 tratamentos, sendo quatro culturas de cobertura: sorgo, crotalária, milheto, braquiária, e uma área em pousio; e duas épocas de semeadura, em 27/03/2008 e 23/04/2008. Para obtenção da produtividade de matéria seca dos tratamentos foi realizada coleta do material vegetal em 07/07/2008. A caracterização e estudo fitossociológico da comunidade de plantas daninhas realizada em 20/10/2008. Entre os períodos de avaliação foi possível verificar 19 espécies de plantas daninhas ocorrendo nas culturas de cobertura. De posse dos resultados obtidos pode-se concluir que a Brachiaria brizantha em condições de alta pluviosidade e altas temperaturas promove grande formação de matéria seca em curto período, sendo capaz de reduzir a população de plantas daninhas e que áreas em pousio são rapidamente infestadas, podendo competir diretamente com as culturas na sequência.

Palavras-chave


Culturas de cobertura; Estudos fitossociológicos; Plantas daninhas; Valor de importância; Rotação de culturas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171