Influência da adubação com dejeto suíno e adubo mineral adicionada de inibidor de nitrificação sobre a produtividade e a nutrição do milho

Carmem Thayse de Freitas Alves, Paulo Cezar Cassol, Wagner Sacomori, Luciano Colpo Gatiboni, Paulo Roberto Ernani, Celso Aita, Jonas Panisson, Ana Karolina Teixeira Ferreira

Resumo


A suinocultura se destaca entre as atividades econômicas de Santa Catarina, tanto pelo número de animais criados, quanto pelo grande volume de dejeto líquido de suíno (DLS) que gera. O DLS possui valor fertilizante, porém seu uso excessivo ou inadequado pode poluir as águas superficiais e subterrâneas além de contribuir na emissão de gases do efeito estufa. Para avaliar a incorporação no solo e a adição de inibidor de nitrificação, como formas de aumentar a eficiência do DLS e de fertilizante mineral (NPK) como fontes de nitrogênio (N) e de outros nutrientes à cultura do milho, um experimento foi conduzido na região do Planalto de Santa Catarina. Os tratamentos compreenderam os fertilizantes DLS e NPK, a presença e ausência da dicianodiamida (DCD), testemunha e as formas de aplicação superficial (Sup) e incorporada (Inc) e foram organizados no delineamento blocos casualizados, com parcelas subdivididas e quatro repetições. A incorporação dos fertilizantes aumentou o teor de N nas folhas, os rendimentos de fitomassa da parte aérea e de grãos e o acúmulo de N e K na fitomassa e de P nos grãos de milho. A DCD em geral não afetou o rendimento de grãos, exceto na aplicação superficial do DLS onde a sua presença aumentou o rendimento comparado à sua ausência. Os fertilizantes DLS e NPK mineral possuem eficiência semelhante que aumenta com a incorporação no solo comparada à aplicação em superfície.

Palavras-chave


Esterco, Adubo Orgânico, Dicianodiamida, Zea mays.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711612017002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171