Avaliação da qualidade físico-química e microbiológica de mel comercializado

Rayanne Ribeiro, Karina Ramirez Starikoff

Resumo


O mel é um produto naturalmente produzido por abelhas e, devido a sua composição, possui sabor característico e alto valor nutritivo. Seu uso é relatado desde a antiguidade e, a cada dia ganha novos mercados consumidores. A exigência por produtos de qualidade disponíveis ao consumo humano reflete a necessidade de uma maior fiscalização durante o processo de produção. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a qualidade físico-química e microbiológica de 22 amostras de méis com registro de inspeção e de comércio informal, de diferentes municípios da região Sul do Brasil. Foram analisados os parâmetros: acidez total, pH, hidroximetilfurfural, sólidos insolúveis, atividade diastásica, reações de Fiehe, Lugol, Lund e a presença de bolores e leveduras. Quanto às características físico-químicas, 54,54% das amostras apresentaram alguma inconformidade com os parâmetros estabelecidos pela legislação. Apesar da legislação não fazer exigências quanto à realização de análises microbiológicas, 45,45% das amostras apresentaram a presença de bolor e levedura.


Palavras-chave


segurança alimentar, inspeção de produtos de origem animal, mercado informal.

Texto completo:

PDF

Referências


ABADIO FINCO FDB et al. 2010. Propriedades físicas e químicas do mel de Apis mellifera L. Food Science and Technology 30: 706-712.

ABEMEL. 2015. Associação Brasileira de Exportadores de Mel. Setor apícola brasileiro em números. Inteligência Comercial. Disponível em: http://brazilletsbee.com.br/inteligencia_comercial_abemel_abril_2015.pdf. Acesso em: mar. 2016.

ANDRIGHETTO AJ et al. 2009. Avaliação da qualidade físico-química do mel comercializado em Santo Augusto - RS. In: III Mostra Nacional de Iniciação Científica e Tecnológica Interdisciplinar e I Fórum Nacional de Iniciação Cientifica no Ensino Médio e Técnico. Resumos... Camboriú: UFSC - Colégio Agrícola de Camboriú.

ANVISA. 2002. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 259, de 20 de setembro de 2002. Regulamento Técnico sobre Rotulagem de Alimentos Embalados. Diário oficial da União.

ARAÚJO DR et al. 2006. Avaliação da qualidade físico-química do mel comercializado na cidade de Crato, CE. Revista de Biologia e Ciências da Terra 6: 51-55.

ARRUDA JBF et al. 2011. Diagnóstico da cadeia produtiva da apicultura: um estudo de caso. In: XXXI Encontro Nacional De Engenharia De Produção. Resumos...Belo Horizonte: ENEGEP. 13p.

BRAGA KA et al. 2009. Qualidade físico-química de méis comercializados no município de Uberaba. In: II Seminário Iniciação Científica. Resumos... Uberaba: IFTM. 5p.

BRASIL. 1985. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Portaria nº 6, de 25 de julho de 1985. Normas Higiênico-Sanitárias e Tecnológicas para Mel, Cera de Abelhas e Derivados.

BRASIL. 2000. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução normativa nº 11, de 20 de outubro de 2000. Regulamento de identidade e qualidade de mel.

BRASIL. 2016. Ministério da Agricultura. Serviço de Inspeção Federal. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/inspecao/produtos-animal/sif. Acesso em: 23 out. 2018.

CARDOSO FILHO N et al. 2011. Avaliação físico-química de méis comercializados em algumas cidades do Estado do Mato Grosso do Sul. Ensaios e Ciências: Ciências Agrárias, Biológicas e Saúde 15: 135-146.

CARNEIRO DS et al. 2015. Qualidade físico-química de méis comercializados na Cidade de Recife, Pernambuco. In: XXV Congresso Brasileiro de Zootecnia. Resumos... Fortaleza: ZOOTEC.

CHAVES WA et al. 2015. Qualidade de Mel Comercializado em Feiras Livres do Município de Teresina, Piauí. In: XXV Congresso Brasileiro de Zootecnia. Resumos... Fortaleza: ZOOTEC.

CRANE E. 1987. O livro do mel. 2.ed. São Paulo: Nobel. 226p.

DIAS JS et al. 2009. Caracterização Físico-Química de Amostras de Mel. UNOPAR Científica: Ciências Exatas e Tecnológicas 8: 19-22.

FAO. 2013. Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, Disponível em: http://faostat3.fao.org/faostat-gateway/go/to/browse/Q/QL/E. Acesso em: 20 mai. 2016.

GOMES PWP et al. 2015. Avaliação físico-química de méis produzidos no município de Soure – Marajó - Pará. In: 14º Encontro dos Profissionais da Química da Amazônia. Resumos... Belém: EPQA.

IBGE. 2011. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de orçamentos familiares 2008-2009: análise do consumo alimentar pessoal no Brasil. Rio de Janeiro. 150p.

IBGE. 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção da Pecuária Municipal. Rio de Janeiro. 108p.

IAL. 2008. Instituto Adolfo Lutz. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. 4.ed. São Paulo: IAL. 1020p.

IOIRICH N. 1981. As abelhas, farmacêuticas com asas. Moscou: Editora Mir. 228p.

KOBLITZ MGB. 2008. Bioquímica de alimentos: Teoria e Aplicações Práticas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 256p.

KOBLITZ MGB. 2011. Matérias-primas alimentícias: Composição e controle de qualidade. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 301p.

LIEVEN M et al. 2009. Avaliação da qualidade microbiológica do mel comercializado no extremo sul da Bahia. Revista Baiana de Saúde Pública 33: 544-552.

LIRIO FC et al. 2015. Avaliação dos parâmetros físico-químicos e análise por componentes principais de méis silvestres produzidos e comercializados no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Infarma – Ciências Farmacêuticas 27: 8p.

MARCHINI LC et al. 2005. Análise de agrupamento, com base na composição físico-química, de amostras de méis produzidos por Apis mellifera L. no Estado de São Paulo. Food Science and Technology 25: 8-17.

MORETI ACC et al. 2009. Características físico-químicas de amostras de méis de Apis mellifera L. do Estado do Ceará, Brasil. Ciência e Agrotecnologia 33: 191-199.

OLIVEIRA ENA & SANTOS DC. 2011 Análise físico-química de méis de abelhas africanizadas e nativa. Revista Instituto Adolfo Lutz 70: 132-138.

OLIVEIRA KMG et al. 2015. Análises das características físico-químicas do mel de abelhas comercializado na região noroeste do Paraná. In: 24º Encontro Anual de Iniciação Científica. 4º Encontro Anual de Iniciação Científica Júnior. Resumos... Paranavaí: UEP. 4p.

PEREIRA JDM et al. 2015. Análise físico-química e microbiológica de amostras diferentes de mel comercializadas em Maringá (PR). Revista Baiana de Saúde Pública 39: 356-369.

PINTO CCOA & LIMA LRP. 2010. Análises físico-químicas de méis consumidos no Valo do Aço/MG. Farmácia & Ciência 1: 27-40.

RITCHER W et al. 2011. Avaliação da qualidade físico-química do mel produzido na cidade de Pelotas/RS. Alimentos e Nutrição Araraquara 22: 547-553.

SANTOS AB et al. 2011. Determinação da autenticidade dos méis vendidos nas feiras livres e comércios populares. Brazilian Educational Technology: research and learning 2: 135-147.

SEBRAE 2007. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Apicultura: Manual do agente do desenvolvimento rural. Brasília: SEBRAE. 186p.

SEBRAE 2011. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Boletim Setorial do Agronegócio. Apicultura. Recife: SEBRAE. 15p.

SILVA RA et al. 2006. Composição e propriedades terapêuticas do mel de abelha. Alimentos e Nutrição Araraquara 17: 113-120.

SILVA MBL et al. 2011. Qualidade de méis produzidos por apicultores e méis provenientes de entrepostos registrados no Serviço de Inspeção Federal. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia 63: 1043-1045.

WELKE JE et al. 2008. Caracterização físico-química de méis de Apis mellifera L. da região noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Ciência Rural 38: 1737-1741.

WENZEL JM. 2012. Avaliação da qualidade microbiológica do mel não inspecionado comercializado na cidade de Picos e macrorregião do Estado do Piauí. Monografia (Bacharelado em Nutrição). Picos: UFPI. 28p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711812019111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171