A Neo-commedia dell´arte ou “A Invenção de uma Tradição”: Carlo Boso e Leo de Berardinis, dois Capocomici Modernos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103452022e0701

Palavras-chave:

Commedia dell’arte, Arte do Ator, Carlo Boso, Leo de Berardinis, Encenação

Resumo

O presente artigo estuda a Commedia dell’arte no século XX como uma “Tradição inventada”, seguindo a perspectiva dos estudos de Hobsbawm (1983), podendo ser nomeada de Neo-Commedia dell’arte. Para isso são apresentados dois breves estudos de caso dos encenadores Carlo Boso e Leo de Berardinis, com base nas peças Il Falso Magnifico[O Falso Magnífico] eIl retorno di Scaramouche [A Volta de Scaramouche].

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giulia Filacanapa, Paris 8 University

Docente-pesquisadora, diretora e pedagoga especializada em jogo de máscaras. Professora na Universidade de Paris 8, França, é autora deste artigo sobre o renascimento da Commedia dell'Arte no século XX a serviço da criação contemporânea. Nesse contexto, ela criou o termo e ilustrou a noção de Neo-Commedia dell'Arte.  A sua investigação atual centra-se nos usos e funções das máscaras de palco e dos corpos artificiais (robôs, avatares), tanto do ponto de vista teórico e experimental como do ponto de vista dos processos criativos e no dos usos sociais do teatro.

José Ronaldo Faleiro, Universidade do Estado de Santa Catarina

Prof.  Dr.  Titular no Centro de Artes (CEART) da Universidade do  Estado  de  Santa  Catarina  (UDESC). Membro do Círculo Artístico Teodora. Tradutor de Jacques Copeau.

Paulo Barlardim Borges, Universidade do Estado de Santa Catarina

Prof.  Dr.  Titular atuando na graduação e na  pós-graduação  em  teatro  (PPGT)  do  Centro  de  Artes  (CEART)  da  Universidade  do  Estado  de  Santa  Catarina  (UDESC). Diretor, ator, e cenógrafo da companhia teatral Caixa do Elefante Teatro de Bonecos.

Douglas Kodi, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutorando no programa de pós-graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Diretor, ator, dramaturgo e mascareiro. Participa do grupo Arte da Comédia (Curitiba-PR) e é fundador do Teatro do Alvorecer (Maringá-PR).

Downloads

Publicado

2022-12-12

Como Citar

FILACANAPA, G.; FALEIRO, J. R.; BORGES, P. B.; KODI, D. A Neo-commedia dell´arte ou “A Invenção de uma Tradição”: Carlo Boso e Leo de Berardinis, dois Capocomici Modernos. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 45, p. 1-18, 2022. DOI: 10.5965/1414573103452022e0701. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/23028. Acesso em: 6 fev. 2023.