Teatro performativo no contexto das afasias: elaboração de procedimentos e pedagogias nas artes da cena

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103452022e0202

Palavras-chave:

Teatro Performativo, Performatividade, Multimodalidade, Afasia

Resumo

Este artigo reflete sobre o ato teatral performativo e a coocorrência de semioses verbais e não verbais em contextos de afasia. A reconstituição de semioses multimodais pela afásica, não na ausência da afasia, mas na presença da afasia. Investiga a noção de densidade modal das semioses que se interconectam, visando salientar que elas são: distintas; que sua relevância na construção do sentido depende do recurso multimodal, da capacidade oral e motora da afásica, de recursos mais convocados e recorrentes na cena, do contexto de produção do sentido. Aprofunda interesses teóricos, estéticos, metodológicos e práticos acerca da encenação performativa com pessoas afásicas a fim de desenvolver um campo de estudos que contribua com as práticas e pedagogias de criação nas artes da cena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Pablos Calligaris, Universidade Estadual de Campinas

Doutoranda em Artes da Cena na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Mestre em Linguística pelo Instituto de Estudos da Linguagem/UNICAMP. Pós-graduação latu sensu em Simbologia Teatral pela Escola de Comunicação e Artes - ECA/USP. Graduação em Artes Cênicas pelo Instituto de Artes/Unicamp. Graduação em Filosofia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - IFCH/UNICAMP. Licenciatura em Artes pelas Faculdades Mozarteum de São Paulo.    

Referências

BASTOS, Liliana. Interação, múltiplas semioses e corpo: uma interlocução com Charles Goodwin. Calidoscópio. PUC-Rio. Rio de Janeiro, RJ, 8(2):99-102.

Disponível em:

https://www.researchgate.net/publication/273584980_Interacao_multiplas_semiosese_corpo_uma_interlocucao_com_Charles_Goodwin. Acesso em: 30 jun. 2022.

BONFITTO, Matteo. Entrevista com Erika Fischer-Lichte. Conceição | Concept., Campinas, SP, v. 2, n. 1, p. 131-141, jan./jun. 2013.

CALLIGARIS, Juliana. Pablos. A Dimensão Multissemiótica do Jogo Teatral: A Experiência de Elaboração de uma Peça Radiofônica no Programa de Expressão Teatral do Centro de Convivência de Afásicos. 2016. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem - Universidade Estadual de Campinas, 2016.

CALLIGARIS, Juliana. Pablos. A Dimensão Multissemiótica do Jogo teatral: A Experiência de Elaboração de uma Peça Radiofônica com Afásicas e Afásicos. DAPesquisa, Florianópolis, v. 15, n. esp., p.01-24, 2020. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/17959. Acesso em: 4 maio 2022.

CANGUILHEM, Georges. O normal e o patológico. Trad. Maria Thereza Redig de Carvalho Barrocas. 7ª ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012.

FERAL, Josette. Por uma poética da performatividade: o teatro performativo. Sala Preta, São Paulo, 8, 197-210, 2008. Disponível em:

https://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/57370. Acesso em: 30 jun. 2022.

FERREIRA, Melissa da Silva. Ceci N'est Pas un Acteur: Corpo, Percepção e Experiência na Cena e na Pedagogia Da Societàs Raffaelo Sanzio. 2014. Tese (Doutorado em Teatro) - Centro de Artes Cênicas da Universidade do Estado de Santa Catarina. Santa Catarina, 2014.

FISCHER-LICHTE, Erika, The Transformative Power of Performance. London, Routledge, 2008.

FREUD, Sigmund. O Estranho. In: Obras psicológicas completas de Sigmund Freud. v. 17, p. 275-314. Trad. Jayme Salomão. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

GOFFMAN, Erwin. A representação do Eu na vida Cotidiana. 14ª Ed. Petrópolis: Vozes, 2007.

GOODWIN, Charles. Conversational Frameworks of the Accomplishment of Meaning in Aphasia. In: Conversation and Brain Damage. Oxford: Oxford University Press, 2003.

HASEMAN, Brad. Manifesto pela Pesquisa Performativa. Trad. Marcello Amalfi. Cadernos do Seminário de Pesquisas em Andamento PPGAC/USP, v. 3.1, 2015.

IEL/UNICAMP. Cogites. Grupo de pesquisa: interação, cognição e significação. Disponível em: http://cogites.iel.unicamp.br/. Acesso em: 29 mar. 2022.

MINNICK, Michele. Uma Jornada com Rasaboxes. Entrevista concedida a Ana Achcar, Adriana Bonfanti, Joana Ribeiro S. Tavares, Marcia Moares, Anna Wiltgen, Dadá Maia e Adriana Maia. Revista Ouvirouver, Uberlândia v. 14, n. 1. jan./jun. 2018.

MORATO, Edwiges Maria et al. Sobre as afasias e os afásicos - subsídios teóricos e práticos elaborados pelo Centro de Convivência de Afásicos. Campinas: Editora da Unicamp, 2002.

NORRIS, Sigrid. Multiparty interaction: a multimodal perspective on relevance. Discourse Studies, 8(3) p. 401-421, 2006. Disponível em:

https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1461445606061878. Acesso em: 30 jun. 2022.

RAMOS, Luiz Fernando. Mimesis Performativa. A Margem de Invenção Possível. São Paulo: Anna Blume, 2015.

SCHECHNER, Richard. Performance Theory. London: Routledge Classics, 2003.

SOUTO, Caio. Norma, Normal e Anormal em Canguilhem e Foucault. Anais do Seminário dos Estudantes da Pós-Graduação em Filosofia. São Carlos: UFSCar, 2013.

TONEZZI, José. A arte do ator e o ato do afásico. 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

TONEZZI, José. Distúrbios de Linguagem e Teatro: O Afásico em Cena. São Paulo: Plexus, 2007.

VEZALI, Patrick Aparecido. A dêixis na interação entre afásicos e não afásicos: conjugação indicial fala/gesto. 2011. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2011.

Downloads

Publicado

2022-12-12

Como Citar

CALLIGARIS, J. P. Teatro performativo no contexto das afasias: elaboração de procedimentos e pedagogias nas artes da cena. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 45, p. 1-34, 2022. DOI: 10.5965/1414573103452022e0202. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/22128. Acesso em: 6 fev. 2023.