Experimentações teatrais digitais com estudantes do ensino médio

Autores

  • Jailson Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092525252021144

Palavras-chave:

Pedagogia do teatro, Teatro, Tecnologia, Educação, Estética

Resumo

Há algum tempo em que a escola discute sobre a utilização das tecnologias digitais contemporâneas como caminhos para a aprendizagem com  significação. O processo da inclusão tecnológica nos procedimentos metodológicos é algo crescente nos últimos anos. A partir destas reflexões que surge este artigo. O presente texto é resultado da minha dissertação de Mestrado em Artes (Prof-Artes), realizada no Instituto de Artes da Universidade de Brasília. O objetivo da pesquisa foi investigar e refletir sobre os processos de experimentações teatrais digitais com estudantes do ensino médio. O estudo de caso foi realizado no Centro Educacional 104 da Região Administrativa do Recanto das Emas, escola pública pertencente à Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. A pesquisa contou com os seguintes procedimentos metodológicos: uma proposta pedagógica com 20 aulas de Teatro e Tecnologia, a criação de cinco produtos artísticos, avaliação com a utilização do WhatsApp, registro audiovisual e aplicação de um questionário online.

Referências

ALCÂNTARA, L. R. Pedagogia do Teatro: Uma Experiência de Ensino-Aprendizagem na sala de aula. Revista NUPEART, [S. l.], v. 17, p. 74-85, 2017. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/11688. Acesso em: 7 fev. 2021.

GAIGER, Paulo. O teatro como educação para a liberdade. In CRUVINEL, Tiago; CONCILIO, Vicente (org.). Pedagogia da Artes Cênicas: atuar e agir. Série Encontros, volume 4. Editora CRV. Curitiba, 2019.

GONTIJO, Silvana. O livro de ouro da comunicação. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004.

ISER, Wolfgang. Uma teoria do efeito estético. Volume 1. São Paulo: Ed. 34, 1996.

LÉVI, Pierre. Cibercultura. Tradução de Carlos Irineu da Costa. 6ª edição. Coleção TRANS. São Paulo: Editora 34, 2007.

MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos T.; BEHRENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 6ª ed. Campinas: Papirus, 2000.

PRENSKY, Marc. Digital Natives, Digital Immigrants. MCB University Press, 2001. Volume 9, number 05, october 2001. Disponível em: http://www.marcprensky.com/writing/Prensky%20%20Digital%20Natives,%20Digital%20Immigrants%20‐%20Part1.pdf. Acesso em 05.dez.2020.

TEIXEIRA, Thiago Camacho. Subversão em performance na escola pública e diálogos com as políticas culturais. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design. V. 5, n. 1 (2021). DOI: https://doi.org/10.5965/25944630512021133 Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/18311. Acesso em 7.mar.2021.

Downloads

Publicado

2021-09-01

Como Citar

CARVALHO, J. Experimentações teatrais digitais com estudantes do ensino médio. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 25, n. 25, p. 144-162, 2021. DOI: 10.5965/2358092525252021144. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/19585. Acesso em: 2 dez. 2021.