Matemática difícil: discursos, muros e monstros

Autores

  • Luana Rafaela da Silva Costa Universidade Federal de Pernambuco
  • Simone Moura Queiroz Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5965/2357724X08172020128

Palavras-chave:

Educação Matemática, Filosofia da Diferença, Discurso

Resumo

Esta pesquisa apresenta um recorte de uma dissertação que perpassa por caminhos consonantes à Filosofia da Diferença, buscando a interseção desse plano de imanência com o plano da Educação Matemática. Utilizou-se para isso, principalmente as considerações teóricas de Foucault (2008, 2013), além de outros autores buscando por meio deles dialogar com a Educação Matemática. Como método de pesquisa utilizamos a cartografia da subjetividade, fazendo uso de mapas narrativos composto por entrevistas e desenhos, realizadas com dois professores de matemática e dois alunos do ensino fundamental anos finais. Objetivando uma abordagem pelos discursos habituais sobre a dificuldade em matemática, revelando a existência de um muro fictício que separa professores e alunos sobre as considerações sobre a disciplina, diante da consolidação de verdades e tramas que envolvem o ensinar e aprender, nessa dinâmica social produtora de saberes, poderes, discursos e verdades. Resultados que reforçaram como as considerações discursivas estão fortemente imbricadas em relação a matemática, produzindo muros e monstros que precisam ser reconsiderados.

Biografia do Autor

Luana Rafaela da Silva Costa, Universidade Federal de Pernambuco

Mestre em Educação de Ciências e Matemática - PPGECM, no Centro Acadêmico do Agreste (CAA) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Possui Graduação Plena em Matemática pelo mesmo Campus no período de (2012 - 2017). Integrante do Grupo de Pesquisa Diferença - GDP. Atuou como bolsista no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID. Trabalhou como Professora de Matemática e Ciências no Ensino Fundamental Anos Finais na rede privada de Caruaru. Tem forte interesse pela área de Educação Matemática. Tem dedicado-se a compreender temas como: Dificuldades em Matemática, ensino de Matemática e Filosofia da Diferença

Simone Moura Queiroz, Universidade Federal de Pernambuco

Professora adjunta da Universidade Federal de Pernambuco do Centro Acadêmico do Agreste, Caruaru. Líder do Grupo de Pesquisa Diferença (CNPq). Docente permanente do programa de pós-graduação Educação em Ciências e Matemática (UFPE/CAA). Doutora em Educação Matemática pela UNESP - Rio Claro (2015), mestre em Ensino das Ciências e Matemática pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - Recife (2010), especialista em Ensino de Matemática pela Universidade Católica de Pernambuco - Recife (2006), graduada em Licenciatura plena em Matemática pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - Recife (2003). Atuando principalmente nos seguintes temas: Filosofia da Diferença e Educação Matemática, Devir Docente, Tendências em Ensino de Matemática, Educação de Jovens e Adultos e Cartografia da subjetividade.

Referências

BOOTH, Lesley R. Dificuldades das crianças que se iniciam em álgebra. In: COXFORD, Arthur F. e SHULTE, Albert P. As ideias da Álgebra. São Paulo: Atual, 1995.

BOVO, Audria Alessandra. Abrindo a caixa preta da escola: uma discussão acerca da cultura escolar e da prática pedagógica do professor de Matemática. 2011. 184f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2011.

COSTA, Luana Rafaela Silva; QUEIROZ, Simone Moura. O gostar de matemática: Discurso, desejo e marca. In: Maria Fernanda dos Santos Alencar; Marcelo Henrique Gonçalves de Miranda; Maria Fabiana da Silva Costa; (Org.). Educação, estado e diversidade: perspectivas e desafios. 1 ed. Recife: Editora UFPE, v. 5, p. 17-37, 2019.

FERREIRA, Maurício dos Santos; TRAVERSINI, Clarice Salete. A análise Foucaultiana do Discurso como ferramenta metodológica de pesquisa. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 38, n. 1, p. 207-226, jan./mar. 2013.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 7 ed. Rio de janeiro: Forense Universitária, 2008.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970/Michel Foucault. Trad. de Laura Fraga de Almeida Sampaio. 2 ed. São Paulo: Edições Loyola, 2013.

GIL, Katia Henn. Reflexões sobre as dificuldades dos alunos na aprendizagem de álgebra. 2008. 118f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Fac. De Física, PUCRS. Porto Alegre, 2008.

LINS, Romulo Campos. Matemática, Monstros, Significados e Educação Matemática. In: Educação matemática: pesquisa em movimento/ Maria Aparecida Viggiani Bicudo, Marcelo de Carvalho Borba. São Paulo: Cortez, 2004.

QUEIROZ, Simone Moura. Movimentos que permeiam o devir professor de matemática de alguns licenciandos. 2015. 208f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2015.

SILVA, Maria Deusa Ferreira da; MENDES, Iran Abreu. A intencionalidade no fazer matemática: um paralelo entre os “discursos” da história e a sociologia da matemática. In: Revista Brasileira de História da Matemática. v. 13, n., 27, p. 33-53. Publicação Oficial da Sociedade Brasileira de História

da Matemática, 2013.

SILVEIRA, Marisa Rosâni Abreu da. Matemática é difícil: Um sentido pré-constituído evidenciado na fala dos alunos. 2002. Disponível em:

http://www.anped.org.br/25/marisarosaniabreusilveirat19.rtf Acesso em: 30 de jun. de 2018.

SILVEIRA, Marisa Rosâni Abreu da. A dificuldade da Matemática no Dizer do Aluno: ressonâncias de sentido de um discurso. Educ. Real., Porto Alegre, v. 36, n. 3, p. 761-779, set./dez. 2011. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/edu_realidade>

SOUZA, José Romenelli. Ensinando integramente aritmética, geometria e álgebra: propostas de atividades para a matemática do ensino fundamental. 2014. 58f. Monografia (Licenciatura em Matemática/EaD) - Universidade Federal da Paraíba, Taperoá - PB, 2014.

VEIGA-NETO, Alfredo. Foucault & a educação. 2 ed. 1 reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

Downloads

Publicado

2020-11-30