Experimentos de uma atriz iluminadora (iluminatriz) com recursos de iluminação alternativa no ambiente de casa no período de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/127644669020420220401

Palavras-chave:

Iluminação teatral, Iluminatriz, Pandemia, Experimentos cênicos

Resumo

O presente artigo decorre da pesquisa sobre meus experimentos cênicos, realizados no período do isolamento social da pandemia de COVID-19, com a utilização de materiais alternativos para a criação de iluminação, vivenciados durante o período de 2020 a 2022, no qual foram realizados experimentos com a luz, na construção de cenas com materiais luminotécnicos alternativos. O trabalho trata de um estudo de caso, que busca estabelecer um diálogo com o objeto luz, a atriz iluminadora (iluminatriz) e a câmera. Busca criar um diálogo com os estudos de Roberto Gil Camargo, Eduardo Tudella e Fernanda Souza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nathalia Mendes de Aguiar, Federal University of Maranhão

Possui ensino-médio-segundo-grau pelo no Centro de Ensino Paulo VI (2016). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Teatro. Graduação em andamento, Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA.

Abel Lopes Pereira, Federal University of Maranhão

Professor, ator, bonequeiro, iluminador e integrante do Grupo de pesquisa Casemiro Coco e da Companhia Oficina de Teatro - COTEATRO. Mestre em Artes e Licenciado em Teatro pela Universidade Federal do Maranhão- UFMA. Abel Lopes Pereira, nasceu em Arari (MA) cursou o ensino médio na Escola Modelo Benedito Leite São Luís - Ma. Atualmente é Professor Substituto do Departamento de Artes Cênicas da Universidade Federal do Maranhão e também desenvolve a função de coordenador técnico do Teatro Arthur Azevedo.

Referências

BACHEGA JUNIOR, V. A. CONCILIO, Vicente. Por uma Pedagogia da Iluminação Cênica: do que estamos falando? A Luz em Cena, Florianópolis, v. 1, n. 1, jul. 2021.

BONFATI, Guilherme. A luz no Teatro da Vertigem: Processo de criação e pedagogia. Sala preta, 2015.

CAMARGO, Roberto Gill. Função estética da luz. São Paulo, Perspectiva, 2012.

CAMARGO, R. G. Luz e cena: impactos e trocas. Sala Preta, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 106-116, 2015. DOI: 10.11606/issn.2238-3867.v15i2p106-116. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/107217. Acesso em: 1 jul. 2022.

CAMARGO, R. G. A escrita e não escrita da luz. Urdimento, v.1, n.31, p.216-224, Abril 2018

FULLER, Loie. Quinze anos da minha vida. Tradução de Fernando L. Costa. Inhumas – GO. Performatus, 2020.

ICLE, Gilberto. Problemas teatrais na educação escolarizada: existem conteúdos em teatro?. Urdimento, N° 17 | Setembro de 2011.

LIMA, D. C. T. .; SHENG, D. S. Iluminação e Pandemia: Perspectivas estéticas da luz no contexto virtual. A Luz em Cena: Revista de Pedagogias e Poéticas Cenográficas, Florianópolis, v. 1, n. 01, p. 1-27, 2022. DOI: 10.5965/27644669010120210203. Disponível em:https://www.revistas.udesc.br/index.php/aluzemcena/article/view/19939. Acesso em: 4 jul. 2022.

MOURA, L. R. G. A iluminação cênica no processo criativo da atuação: princípios e práticas na Companhia de Teatro Engenharia Cênica. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 37, p. 169-181, 2020. DOI: 10.5965/1414573101372020169.

SCHNEIDER, Catiúcia K. Parâmetros visuais como apoio à produção de vídeos educacionais para o ensino de ciência e tecnologia no contexto da mobilidade e conectividade. 2014. Pelotas: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense, 2014.

SOUZA, Fernanda Guimarães Mattos de. Gambiarras De Luz: reflexões sobre a formação do iluminador cênico sob a ótica de três gerações cariocas. Rio de Janeiro, 2018. Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) – Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: http://ppgac-ecoufrj.com.br/uploads/f/s/disserta-fernanda-mattos_bpfr.pdf. Acesso em: 08 jul. 2022.

SOUZA, Iara Regina da Silva. A gambiarra na cena: uma poética de iluminação para ativação de obras de arte em Belém do Pará. 2011. 93 f. Dissertação (Mestrado em Artes). Programa de Pós-Graduação em Artes, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: https://www.ppgartes.propesp.ufpa.br/disserta%C3%A7%C3%B5es/2009/IARA%20REGINA%20DA%20SILVA%20SOUZA.compressed.pdf. Acesso em: 07 jul. 2022.

TEIXEIRA, J. C.; XÍMENES, F. L. O percurso contínuo do processo criativo da luz. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 31, p. 130-139, 2018. DOI: 10.5965/1414573101312018130. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/141457310131201813 . Acesso em: 4 jul. 2022.

TUDELLA, Eduardo Augusto da Silva. Práxis cênica como articulação de visualidade: a luz na gênese do espetáculo / Eduardo Augusto da Silva Tudellla. - 2013. 629 f. il.Orientador: Prof. Dr. Ewald Hacklero. Tese (doutorado) - Universidade Federal da Bahia, Escola de Teatro. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/27309. Acesso em: 11 jul. 2022.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Como Citar

AGUIAR, N. M. de; PEREIRA, A. L. Experimentos de uma atriz iluminadora (iluminatriz) com recursos de iluminação alternativa no ambiente de casa no período de pandemia. A Luz em Cena: Revista de Pedagogias e Poéticas Cenográficas, Florianópolis, v. 2, n. 04, p. 1-23, 2022. DOI: 10.5965/127644669020420220401. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/aluzemcena/article/view/22738. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Fluxo Contínuo