A ocupação do Armazém da Utopia na área portuária do Rio de Janeiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103452022e0501

Palavras-chave:

Ocupação artística, Patrimônio industrial, Teatro político

Resumo

O desafio para os grupos teatrais preocupados com o teatro socialmente engajado é reduzir os impasses do capitalismo por meio de atividades de artes cênicas em espaços alternativos para garantir o exercício da cidadania. A apropriação dos armazéns do patrimônio industrial não originalmente destinados ao teatro abriu novas possibilidades para as artes cênicas no Rio de Janeiro, além de trabalhar em diferentes escalas e produzir arquiteturas dramáticas. O entrevistado é o diretor teatral Luiz Fernando Lobo da Ensaio Aberto e comprova que a ocupação desse galpão centenário e desativado por um grupo teatral com longa trajetória na cena carioca é um ato de resistência. Lobo atribuiu ao prédio ocupado uma função social, significando um território de luta em um bairro histórico da periferia do Centro do Rio, como alternativa à lógica do city-marketing e do mercado imobiliário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evelyn Furquim Werneck Lima, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Pós-doutorado pela Université Paris X (CAPES-2003) e Estágio Sênior no Collège de France (CNPq-2011) além de períodos como Visiting Scholar em universidades europeias. Doutora em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ - 1997). Mestre em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ -1988). Pós-graduada em Urbanismo (UFRJ-1971). Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1968). Docente concursada da UNIRIO em 1989 e aposentada em 2020 como Prof. Titular do Centro de Letras e Artes da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Docente permanente do PPGAC/UNIRIO. Coordenadora-adjunta do Laboratório de Estudos do Espaço Teatral e Memória Urbana, que criou e dirigiu por 26 anos. Pesquisador 1-A do CNPq. Cientista do Nosso Estado.

Referências

LIMA, Evelyn Furquim Lima. Dos galpões industriais aos espaços públicos da cidade: alguns processos de configuração espacial nas artes da cena brasileira. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 38, p.1-31, 2020. DOI: 10.5965/14145731023820200023. Disponível em:

https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/18005.

Acesso em: 28 ago. 2022.

BENJAMIN, Walter. Teses sobre o conceito de história, In: Obras escolhidas. Vol. 1. Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1987, p.222-232.

BRECHT, Berthold. 1935. Five Difficulties in Writing the Truth. Available in https://www.idcommunism.com/2017/08/bertolt-brecht-five-difficulties-in.html. Access on 10 june2022

Downloads

Publicado

2022-12-12

Como Citar

LIMA, E. F. W. . A ocupação do Armazém da Utopia na área portuária do Rio de Janeiro. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 45, p. 1-12, 2022. DOI: 10.5965/1414573103452022e0501. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/22679. Acesso em: 29 jan. 2023.