O martelo e o edifício: o encontro entre ofício e espaço pela experiência de um trabalhador cenotécnico no Theatro Municipal de São Paulo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103452022e0502

Palavras-chave:

Cenotécnica, Theatro Municipal de São Paulo, Aníbal Marques

Resumo

Na entrevista buscamos a compreensão do ofício cenotécnico em sua relação com os espaços e meios de trabalho; no caso de Aníbal Marques, tal encontro promove uma visão particular do trabalho cênico na relação de seu ofício com seu principal espaço de trabalho- o Theatro Municipal de São Paulo (TMSP), no qual exerce a função de chefe da equipe de cenotécnica desde 1992. A entrevista compõe um conjunto de registros de memórias coletadas durante o desenvolvimento da pesquisa de mestrado Cenotenia, a criação dos operários da cena: Um estudo sobre as funções dos trabalhadores cenotécnicos da cidade de São Paulo, desenvolvida no âmbito do NETOC/GPHPC e defendida no PPGAC/UFSJ.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Berilo Luigi Deiró Nosella, Universidade Federal de São João del Rei

Pós-Doutorado em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Doutorado em Artes Cênicas (UNIRIO). Mestreado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Graduação em Comunicação Bacharelado em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Professor do Curso de Graduação em Teatro e do Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas do Departamento de Artes da Cena da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ).

Priscila de Souza Chagas do Nascimento, Universidade Federal de São João del Rei

Mestre em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). Graduação em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Cenógrafa e Cenotécnica.

 

Referências

ALVES, M. A. O trabalho técnico no campo das artes e espetáculos: um estudo sobre o Theatro Municipal de São Paulo. 2008. Tese (Doutorado em Artes da Cena) - Universidade Estadual de Campinas. Campinas, Campinas, 2008.

ALVES, M. A. O trabalho do técnico de palco no contexto de um teatro público: década de 1950 a 2000. PROA Revista de Antropologia e Arte, Campinas, v. 01, n. 1ª, p. 190 - 227, 2009. Disponível em: <http://www.ifch.unicamp.br/proa>.

DUBATTI, J. O teatro dos mortos: Introdução a uma filosofia do teatro. São Paulo: SESC, v. e-book, 2007.

MATE, A. L. Anexo à tese A Produção Teatral Paulistana dos anos 1980 - R(ab)iscando com faca o chão da história: Tempo de contar os (pré)juízos em percursos de andança. 2998. Tese (Doutorado em Artes Cênicas). 2008. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

NASCIMENTO, P. S. C. Cenotecnia, a criação dos operários da cena: Um estudo sobre as funções dos trabalhadores cenotécnicos da cidade de São Paulo. 2022. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Universidade Federal de São João del-Rei, São João del-Rei, 2022.

SILVA, J. F. Os invisíveis do teatro: primeiro ato. São Paulo: Intermezzo Editorial, 2020.

SILVA, J. F. Os Invisíveis do teatro: segundo ato. São Paulo: Intermezzo Editorial, 2021.

VIANA, F. R. P.; NETO CAMPELLO, A. H. C. Introdução histórica sobre cenografia: os primeiros rascunhos. São Paulo: [s.n.], 2010.

Downloads

Publicado

2022-12-12

Como Citar

NOSELLA, B. L. D.; NASCIMENTO, P. de S. C. do. O martelo e o edifício: o encontro entre ofício e espaço pela experiência de um trabalhador cenotécnico no Theatro Municipal de São Paulo. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 45, p. 1-23, 2022. DOI: 10.5965/1414573103452022e0502. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/22670. Acesso em: 29 jan. 2023.