Os documentos da iluminação cênica e a pesquisa em história do espetáculo: o Vestido de noiva de 1943

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573104492023e0106

Palavras-chave:

documentos da iluminação cênica, fontes documentais, história do espetáculo, técnicas e ofícios da cena, Vestido de noiva

Resumo

O presente artigo apresenta algumas questões sobre o uso de documentos do trabalho teatral, em específico da iluminação cênica, como fonte para pesquisas no campo das artes cênicas, especialmente em história do espetáculo. Assim, a partir de um conjunto documental da luz cênica da montagem de Vestido de noiva, de Nelson Rodrigues, pela companhia Os Comediantes (1943, 1944 e 1947), essas questões são apresentadas e exemplificadas em análises iniciais que explicitam quais são esses documentos e suas potencialidades. Com foco em três documentos principais – um texto datilografado da peça, sua primeira edição e o roteiro de operação de luz – expõem-se perspectivas de leitura da história desse trabalho teatral tão importante para nós.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Berilo Luigi Deiró Nosella, Federal University of São João del-Rei

Doutorado em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Mestrado em Literatura e Crítica Literária pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Graduação em Comunicação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Professor do Curso de Graduação em Teatro e do Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas do Departamento de Artes da Cena da Universidade Federal de São João del-Rei.

Referências

BLOCH, Marc. Apologia da história: ou o ofício do historiador. Trad. André Telles. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

CASTANHEDE, Caroline; FONTANA, Fabiana S. Arquivos e coleções privados Cedoc/Funarte: guia geral. Rio de Janeiro: Funarte, 2016.

CASTRO, Ruy. O anjo pornográfico: a vida de Nelson Rodrigues. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

DRAGO, Niuxa Dias. A cenografia de Santa Rosa – espaço e modernidade. Rio de Janeiro: Rio Books, 2014.

FARIA, João Roberto. Nelson Rodrigues e a modernidade de Vestido de noiva. In: Teatro na estante: estudo sobre dramaturgia brasileira e estrangeira. São Paulo: Ateliê Editoral, 1998.

FARIA, João Roberto (org.). História do teatro brasileiro. V. 2, Do modernismo às tendências contemporâneas. São Paulo: Perspectiva; Edições Sesc-SP, 2013.

GODOIS, Ivo. Vieux-Colombie. Uma luz para o teatro brasileiro. Revista de Iniciação Científica, Florianópolis, 2008. Disponível em: https://www.udesc.br/arquivos/ceart/id_cpmenu/4152/Uma_luz_para_o_Teatro_Brasileiro_15209587727907_4152.pdf. Acesso em: 17 set. 2023.

GODOIS, Ivo; COLLAÇO, Vera. Jouvet e Ziembinski: as inovações na iluminação cênica brasileira. Anais eletrônicos do V Congresso da Abrace, 2008. Disponível em: http://www.portalabrace.org/vcongresso/textos/historia/Ivo%20Godois%20e%20Vera%20Collaco%20%20-%20JOUVET%20E%20ZIEMBINSKI%20As%20inovacoes%20na%20iluminacao%20cenica%20brasileira.pdf. Acesso em: 17 set. 2023.

GUINSBURG, Jacó; FARIA, João Roberto; LIMA, Mariangela Alves de (Org.). Dicionário do teatro brasileiro: temas, formas e conceitos. 2 ed. São Paulo: Perspectiva/Edições Sesc-SP, 2009.

MICHALSKI, Yan. Ziembinski e o teatro brasileiro. São Paulo: Hucitec, 1995.

MOSTAÇO, Edelcio. Moderno (teatro). In GUINSBURG, Jacó; FARIA, João Roberto; LIMA, Mariangela Alves de (Org.). Dicionário do teatro brasileiro: temas, formas e conceitos. 2 ed. São Paulo: Perspectiva/Edições Sesc-SP, 2009, p. 202-204.

MOSTAÇO, Edelcio. Aspectos da iluminação no teatro − eixo Rio-São Paulo. Folhetim, Rio de Janeiro, v. 1, p. 32-53, 2007.

NOSELLA, Berilo Luigi Deiró. A dramaturgia como fonte para uma história da iluminação cênica: Pirandello capocomico iluminador. Revista Brasileira de Estudos da Presença, Porto Alegre, v. 9, n. 4, set. 9, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2237-266084817. Acesso em: 2 nov. 2019.

PLUTA, Aleksandra. Ziembinski, aquele bárbaro sotaque polonês. Trad. Luiz Henrique Budant. São Paulo: Perspectiva, 2016.

PRADO, Décio de Almeida. Os Comediantes em São Paulo. In: BERNSTEIN, Ana. A crítica cúmplice: Décio de Almeida Prado e a formação do teatro brasileiro moderno. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2005.

RODRIGUES, Nelson. Vestido de noiva. Versão datilografada da peça disponível no Acervo do Cedoc/Funarte, 1943.

RODRIGUES, Nelson. Vestido de noiva. Rio de Janeiro: O Cruzeiro S. A., 1944.

RODRIGUES, Nelson. O ensaio geral. Dionysos, Rio de Janeiro, n. 22, dez 1975, p. 51.

SALLES, Cecilia Almeida. Gesto inacabado: processo de criação artística. São Paulo: Fapesp/Annablume, 1998.

SOUZA, Bruno Maciel. Vestido de noiva no teatro brasileiro moderno: o processo da luz através do pensamento e da práxis. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de São João del-Rei, São João del-Rei, 2021.

TEIXEIRA, Eduardo de Souza. Vestido de noiva (1943): a luz na gênese do moderno teatro brasileiro. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.

TEIXEIRA, Eduardo de Souza. Vestido de noiva (1943): a luz na gênese do moderno teatro brasileiro. Porto Alegre: Editora Fi, 2022.

TORRES NETO, Walter Lima. Le Brésil et le théâtre français: la tournée du Théâtre Louis Jouvet au Brésil (1941-1942). Dissertação (Mestrado) – Université de la Sorbonne Nouvelle – Paris III, Paris, 1992.

Publicado

2023-12-13

Como Citar

NOSELLA, Berilo Luigi Deiró. Os documentos da iluminação cênica e a pesquisa em história do espetáculo: o Vestido de noiva de 1943. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 4, n. 49, p. 1–28, 2023. DOI: 10.5965/1414573104492023e0106. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/24408. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Nelson Rodrigues no chão do palco