Ritornelo e repetição-variação

Autores

  • Ariane Martinez Universidade Stendhal em Grenoble
  • Tradutor: Stephan Baumgärtel Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC
  • Tradutor: José Ronaldo Faleiro Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101202013045

Resumo

A repetiçào como um ponto de referencia no dialogo dramático.

Biografia do Autor

Ariane Martinez, Universidade Stendhal em Grenoble

Docente e pesquisadora da Universidade Stendhal em Grenoble. Seus interesses de pesquisa abordam a relação do teatro com as outras artes cênicas, a história da encenação e as dramaturgias do século XIX até o século XXI.

Tradutor: Stephan Baumgärtel, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Professor doutor do CEART/UDESC.

Tradutor: José Ronaldo Faleiro, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Professor doutor do CEART/UDESC.

Downloads

Publicado

2013-09-13

Como Citar

MARTINEZ, A.; BAUMGÄRTEL, T. S.; FALEIRO, T. J. R. Ritornelo e repetição-variação. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 20, p. 045-046, 2013. DOI: 10.5965/1414573101202013045. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101202013045. Acesso em: 18 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Novos territórios do diálogo