Escrever textos, editar livros, fazer história: a Coleção Documentos Brasileiros e as transformações da historiografia nacional <em>DOI: 10.5965/2175180305092013024</em>

Autores

  • Fábio Franzini Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Resumo

Este artigo apresenta um panorama do período áureo da Coleção Documentos Brasileiros, mostrando como, entre as décadas de 1930 e 1950 - momento em que vários outros projetos semelhantes se desenvolveram no sentido de “pensar o País” -, ela abrigou autores e obras comprometidos com a produção de um novo conhecimento sobre o Brasil, em especial no que diz respeito à história. Justamente por isso, este empreendimento editorial configurou-se também como um veículo privilegiado para a difusão de novas formas de abordar o nosso passado, desempenhando, assim, um importante papel no cenário de transformações pelas quais passava então a historiografia nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Franzini, Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Doutor em História Social. Professor do Departamento de História da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Downloads

Publicado

2013-05-23

Como Citar

FRANZINI, F. Escrever textos, editar livros, fazer história: a Coleção Documentos Brasileiros e as transformações da historiografia nacional <em>DOI: 10.5965/2175180305092013024</em>. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 5, n. 9, p. 24 - 45, 2013. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180305092013024. Acesso em: 3 out. 2022.