DVA EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS: REFLEXÕES ACERCA DO VALOR ADICIONADO EM BANCOS COMERCIAS E COOPERATIVAS DE CRÉDITO COM ENFOQUE GERENCIAL

Autores

  • Lucas Andrade Fernandes
  • Stella Maris Lima Altoé
  • Ricardo Suave

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316419009152020064

Resumo

A divulgação da Demonstração do Valor Adicionado (DVA) é optativa para cooperativas de crédito e obrigatória para os bancos comerciais de capital aberto. Este estudo tem como objetivo demonstrar possíveis valores para as DVAs das cooperativas Sicoob e Sicredi, que não fazem tal divulgação, e comparar com as demonstrações das instituições financeiras Banco do Brasil e Itaú, para o período de 2015 a 2018. O estudo se utilizou de procedimentos documentais para a coleta de dados referentes às demonstrações das instituições estudadas em seus portais na internet. Com a comparação das DVAs de cada instituição nos últimos quatro anos, foi possível identificar que a cooperativa Sicredi liderou os segmentos de remuneração de capital próprio e de terceiros, o Banco do Brasil o segmento de impostos, taxas e contribuições, enquanto seu concorrente, o Banco Itaú, acumulou o maior percentual de impostos a recuperar. No segmento pessoal, a cooperativa Sicoob se destaca como sendo a instituição que mais remunera seus colaboradores.

Biografia do Autor

Lucas Andrade Fernandes

Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Stella Maris Lima Altoé

Doutora em Contabilidade pela Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Ricardo Suave

Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP)

Professor do Departamento de Ciências Contábeis da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Downloads

Publicado

2020-12-18

Edição

Seção

Artigos