A publicação de artista como estratégia descolonial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234615372023e0014

Palavras-chave:

descolonialidade, espaços de arte, publicação de artista

Resumo

Diante das possibilidades de produção e circulação artísticas que as publicações de artistas apresentam, neste artigo, abordamos a potencialidade descolonial destas produções como alternativa aos espaços de arte institucionalizados. Para isso, elaboramos o seguinte problema investigativo: como a publicação de artista pode funcionar como prática descolonial de circulação artística fora dos espaços oficiais de arte? Para responder a esta pergunta, elaboramos uma pesquisa bibliográfica que objetiva discorrer sobre o sistema de arte como herança colonial; conceituar publicação de artista e sua fruição em espaços não convencionais como prática dissidente; e, por fim, apresentar proposições artísticas de circulação que extrapolam os espaços de arte institucionalizados. Os resultados desta pesquisa indicam que as publicações de artista colaboram para democratizar o acesso à experiência estética propondo meios de circulação, consumo e produção alternativos ao sistema de arte institucionalizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eva Alves Lacerda, Universidade do Estado de Santa Catarina

Pesquisadora, artista visual e professora. Graduada em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) - 2016, é mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE) da UEM (2018). Doutoranda em Processos Artísticos Contemporâneos pelo Programa de Pós Graduação em Artes Visuais da UDESC. É professora formadora em técnicas de desenho, pintura e gravura nos cursos de Design, Arquitetura e Urbanismo e Artes Visuais EAD da Unicesumar. Como artista desenvolve trabalhos que tensionam relações entre tempo, pintura e espaço. Desenvolve pesquisa sobre os seguintes temas: Poéticas Visuais, Pintura Contemporânea, Feminismo e Estudos Culturais.

Matheus Ezequiel de Oliveira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutorando no Programa de Pós-graduação em Artes Visuais na linha de Processos Artísticos Contemporâneos pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Mestre em Arte e Cultura Visual pela Universidade Federal de Goiás. É artista visual colaborador do Planetário de Goiânia. Atua em projetos que convergem arte, astronomia e são voltados para a sociedade.

Referências

AFONSO, Manoela dos Anjos. Language and place in the life of Brazilian women in London: writing life narratives through art practice. Orientador: David Cross. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia – PhD). University of the Arts London, Londres, Inglaterra. 250 p. 2016. Disponível em: https://ualresearchonline.arts.ac.uk/id/eprint/12058. Acesso em: 02 jun. 2023.

ARAÚJO, Diná Marques Pereira; SANTOS, Mágna Lúcia dos. Coleção Livro de Artista da Universidade Federal de Minas Gerais. In: Anais da Biblioteca Nacional – Vol. 137– Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional. 2020. p. 163-167. ISSN 0100-1922. Disponível em: http://hdl.handle.net/1843/50857. Acesso em: 03 jun. 2023.

BULHÕES, M. A. Considerações sobre o sistema das Artes Plásticas. PORTO ARTE: Revista de Artes Visuais, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 26-34. 1991. DOI: 10.22456/2179-8001.27406. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/PortoArte/article/view/27406. Acesso em: 30 mai. 2023.

CADÔR, Amir Brito. Coleção especial: livros de artista na biblioteca. Pós. Belo Horizonte, v. 2, n. 3, p. 24-32, mai. 2012. ISSN: 1982-9507. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15427. Acesso em: 07 jun. 2023.

CADÔR, Amir Brito. O que é arte?: O sistema da arte e os livros de artista. Revista Estado da Arte, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 45–57, 2020. DOI: 10.14393/EdA-v1-n2-2020-57573. ISSN 2675-4576. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaestadodaarte/article/view/57573. Acesso em: 27 mai. 2023.

CRISPE, Juliana; GOUDEL, Francine. Projeto Armazém. Florianópolis: Editora Caseira, 2019.

FERRARI, Mélodi Dall'Agnese Perin Franquine. As feiras de arte impressa no Brasil. Orientadora: Lisbeth Ruth Rebollo Gonçalves. 2023. Dissertação (Mestrado em Estética e História da Arte). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2023. doi:10.11606/D.93.2023.tde-22052023- 105135. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/93/93131/tde-22052023-105135/pt-br.php. Acesso em: 07 mai. 2023.

GONZÁLEZ, Julieta. Memorias del subdesarrollo: arte y giro descolonial em América Latina, 1960-1985. In: Memorias del subdesarrollo. Museum of Contemporary Art: San Diego, 2018.

RAUSCHER, B.; FREITAS, R. Publicações de artistas: plataformas para abordagens contemporâneas da arte. Revista Estado da Arte, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 13–27, 2021. DOI: 10.14393/EdA-v1-n2-2020-58954. ISSN 2675-4576. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaestadodaarte/article/view/58954. Acesso em: 30 jun. 2023.

SILVIANO, Santiago. Uma literatura nos trópicos: ensaios sobre dependência cultural. 2 ed. Rocco: Rio de Janeiro, 2000.

Downloads

Publicado

2023-11-14

Como Citar

LACERDA, Eva Alves; OLIVEIRA, Matheus Ezequiel de. A publicação de artista como estratégia descolonial. Palíndromo, Florianópolis, v. 15, n. 37, p. 1–21, 2023. DOI: 10.5965/2175234615372023e0014. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/24028. Acesso em: 2 mar. 2024.