O homem que era só metade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234612262020279

Palavras-chave:

Corpo, Espaço Urbano, Identidade, Performance

Resumo

O presente ensaio visual é composto pelo trabalho intitulado “O homem que era só metade”; nele articulam-se processos de criação no campo da Arte Contemporânea que exploram as possibilidades do corpo e do objeto no espaço urbano e as trocas que podem ser estabelecidas entre as potencialidades do espaço e a subjetividade humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Augusto de Paula Bonfim, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestrando bolsista CAPES em Artes Visuais, na linha de Processos Artísticos Contemporâneos da Universidade do Estado de Santa Catarina (2019-Atual), sob orientação da Prof. Dra. Sandra Maria Correia Favero. Possui Graduação em Artes Visuais (Licenciatura) pela Universidade Estadual de Londrina (2019). Tem experiência na área de Artes Visuais e Educação. Participou do projeto de iniciação à docência: PIBID - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (2015-2017). Atuou como mediador na Divisão de Artes Plásticas - Casa de Cultura UEL (2017-2018). Atualmente participa do grupo de pesquisa Articulações Poéticas (UDESC/CNPq), coordenado por Prof. Dra. Silvana Barbosa Macedo e Prof. Dra. Sandra Maria Correia Favero, investigando processos de caminhadas, coletas e criação de narrativas.

Referências

BARROS, Manoel de. Livro sobre nada. Rio de Janeiro: Editora Record, 1996.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: Lamparina, 2014.

LISPECTOR, Clarice. A paixão segundo G.H. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1986.

MÃE, Valter Hugo. O filho de mil homens. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

MELIM, Regina. Performance nas artes visuais. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

Downloads

Publicado

2020-01-01

Como Citar

BONFIM, Gabriel Augusto de Paula. O homem que era só metade. Palíndromo, Florianópolis, v. 12, n. 26, p. 279–295, 2020. DOI: 10.5965/2175234612262020279. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/16469. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Proposições, registros e relatos artísticos