Práticas para Transição à Economia Circular em Confecções: uma revisão sistêmica da literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x15362022113

Palavras-chave:

Economia circular, Transição, Confecções

Resumo

A indústria têxtil, a partir da década de 1980, passou por uma profunda expansão graças à consolidação do fast fashion, fazendo com que o tempo de vida das roupas reduzissem em 35%. Como resultado, hoje o setor têxtil é o segundo que mais polui o meio ambiente, ficando atrás da indústria do petróleo. No Brasil, estima-se que sejam gerados 160 mil toneladas ao ano, tendo 60% como destino os aterros sanitários. Em frente a tal problema, a Economia Circular (EC) se apresenta como melhor alternativa ao atual modelo econômico linear. Para que a EC seja implementada, todo o sistema produtivo deve ser abrangido, ou seja, a nível macro, meso e micro. Contudo, carecem de estudos ligados a nível micro, local onde se encontram as confecções. Desta forma, o estudo debruçou-se sob a análise sistemática da literatura, relacionando os conceitos e princípios da EC com a indústria de confecção. Como resultado, foi desenvolvido um framework conceitual, a partir da junção das 32 práticas sugeridas nas 13 publicações pesquisadas, divididas em seis estágios, onde cada estágio fornece subsídios para o próximo. O framework contempla todas as etapas produtivas, possibilitando a transição do sistema linear para o circular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renan Isoton, Universidade de Caxias do Sul - UCS

Mestrando em Administração e pesquisador em Inovação e Competitividade na Universidade de Caxias do Sul (UCS). Designer com formação em Moda, graduado pela mesma instituição, com extensão acadêmica pela Universidade do Porto, Portugal. Estuda sustentabilidade e economia circular aplicada à moda. Docente no curso de graduação em Bacharel em Moda e na Escola de Formação de Liderança (UCS).

Cintia Giacomello, Universidade de Caxias do Sul - UCS

Bacharel em Estatística (1997), mestre em Engenharia de Produção (2000) e doutora em Administração (2009), todos realizados na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é professora da Universidade de Caxias do Sul onde atua em atividades de ensino de pós graduação e graduação. 

Ana Cristina Fachinelli, Universidade de Caxias do Sul - UCS

Pós-doutorado em Inteligência Estratégica - Universidad de Deusto (2010) Espanha, doutorado em Ciências da Comunicação e da Informação - Université de Poitiers (2002), França mestrado em Informação Estratégica e Crítica Vigília Tecnológi - Université Daix Marseille (1994), França, bacharel em comunicação Social pela Universidade de Caxias do Sul (1989). Atualmente é membro da comunidade - Comunidad Iberoamericana de Sistemas de Conocimiento, membro do executive board - Annual Knowledge Cities World Summit, membro do executive board - World Capital Institute. Tem experiência e pesquisa na área de Comunicação, Informação e Estratégia, Inteligência Estratégica, Gestão do Conhecimento e Desenvolvimento Baseado em Conhecimento, Cidades do Conhecimento, Cidades Inteligentes, Observatórios de Cidades.

Referências

ABIT. Associação Brasileira da Indústria Têxtil. Perfil do Setor. Disponível em: https://www.abit.org.br/cont/perfil-do-setor. Acesso em: 9 dez. 2021.

ANGELOVA, Radostina A. The circular economy: a new paradigm for the textile and clothing industries. In: E3S Web of Conferences. EDP Sciences, 2020. p. 03008

AUDACES. PCP (Planejamento e Controle de Produção) na indústria do vestuário. Diponível em: https://audaces.com/pcp-planejamento-e-controle-de-producao-na-industria-do-vestuario/. Acesso em 10 dez. 2021.

AZEVEDO, Juliana Laboissière. A Economia Circular Aplicada no Brasil: uma análise a partir dos instrumentos legais existentes para a logística reversa. In: XI Congresso Nacional De Excelência Em Gestão. 2015.

BBC. Qual é a indústria que mais polui o meio ambiente depois do setor do petróleo? BBC News Brasil, [s. l.], 17 mar. 2017. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-39253994. Acesso em: 13 out. 2020.

BRITISH STANDARDS INSTITUTION, BSI. Framework for Implementing the Principles of the Circular Economy in Organizations-Guide. BSI, 2017.

BRYDGES, Taylor. Closing the loop on take, make, waste: Investigating circular economy practices in the Swedish fashion industry. Journal of Cleaner Production, v. 293, p. 126245, 2021.

CEGLIA, Domenico. Uma análise complexa e rizomática da indústria da moda: em direção a uma economia criativa e circular. 2020. 224 f. Tese – Programa de Doutorado em Administração, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2020.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA, CNI. Economia circular: oportunidade e desafios para a indústria brasileira. Brasília: CNI, 2018

DE ANDRADE FILHO, J. F. Introdução à tecnologia têxtil. CETIQT/SENAI, 1984.

CORREIA, José Manuel Ferreira. Transição das práticas de produção mais limpa para economia circular: survey por porte em indústrias têxteis localizadas no Brasil. 2020.88 f. Tese – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Nove de Julho – UNINOVE, São Paulo – SP, 2020.

COOK, Deborah J.; MULROW, Cynthia D.; HAYNES, R. Brian. Systematic reviews: synthesis of best evidence for clinical decisions. Annals of internal medicine, v. 126, n. 5, p. 376-380, 1997.

DOS SANTOS, Mario Roberto; SHIBAO, Fabio Ytoshi; DA SILVA, Flavia Cristina. Economia circular: conceitos e aplicação. Revista Eletrônica Gestão e Serviços, v. 10, n. 2, p. 2808-2826, 2019.

ELLEN MACARTHUR FOUNDATION. Rumo à economia circular: O racional de negócio para acelerar a transição. Fundação Ellen MacArthur, 2015.

FLETCHER, Kate. Slow fashion: An invitation for systems changes. Fashion practice, v. 2, n. 2, p. 259-265, 2010.

FRANKLIN-JOHNSON, E.; FIGGE, F.; CANNING, L. Resource duration as a managerial indicator for circular economy performance. Journal of Cleaner Production, v.133, p.589-598, 2016. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2016.05.023.

FUNG, Yi-Ning et al. Sustainable product development processes in fashion: Supply chains structures and classifications. International Journal of Production Economics, v. 231, p. 107911, 2021.

GHISELLINI, Patrizia; CIALANI, Catia; ULGIATI, Sergio. A review on circular economy: the expected transition to a balanced interplay of environmental and economic systems. Journal of Cleaner production, v. 114, p. 11-32, 2016.

GOLDANI, Luísa Klein. Transitioning to a circular business model in sustainable fashion companies. 2019. 99 f. Dissertação – Programa de Pós-Graduação em Administração na Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2019.

GRANGEIRO, Sara R. A.; DORMAS, Ana C. B. D.; ALMEIDA, Regina C. S. A Importância do Gestor de Design na Indústria de Confecção. 14° Colóquio de Moda, 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, IBGE. Comissão Nacional de Classificação. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2021. Disponível em: https://cnae.ibge.gov.br/?view=secao&tipo=cnae&versao=10&secao=C. Acesso em: 4 fev. 2021.

KALMYKOVA, Yuliya; SADAGOPAN, Madumita; ROSADO, Leonardo. Circular economy–From review of theories and practices to development of implementation tools. Resources, conservation and recycling, v. 135, p. 190-201, 2018.

KOROLKOW, J. Konsum, Bedarf und Wiederverwendung von Bekleidung und Textilien in Deutschland. Bundesverband Sekundärrohstoffe und Entsorgung eV. 2015.

KRISTENSEN, Heidi Simone; MOSGAARD, Mette Alberg. A review of micro level indicators for a circular economy–moving away from the three dimensions of sustainability? Journal of Cleaner Production, v. 243, p. 118531, 2020.

LEITÃO, Alexandra. Economia circular: uma nova filosofia de gestão para o séc. XXI. Portuguese Journal of Finance, Management and Accounting, v. 1, n. 2, p. 150-171, 2015.

LORENZETTI, Luiza. A Importância do Reaproveitamento de Resíduos Têxteis em São Paulo. 2018. Disponível em: https://www.tratamentodeagua.com.br/artigo/reaproveitamento-residuos-texteis-sp/. Acesso em: 5 jan. 2021.

MACARTHUR, Ellen et al. Towards the circular economy. Journal of Industrial Ecology, v. 2, p. 23-44, 2013.

MENDOZA, Joan Manuel F. et al. Integrating backcasting and eco‐design for the circular economy: The BECE framework. Journal of Industrial Ecology, v. 21, n. 3, p. 526-544, 2017.

MISHRA, Sita; JAIN, Sheetal; MALHOTRA, Gunjan. The anatomy of circular economy transition in the fashion industry. Social Responsibility Journal, 2020.

MORLET, Andrew; OPSOMER, Rob; HERRMANN, Dr Sven; BALMOND, Laura; GILLET, Camille; FUCHS, Lukas. A new textiles economy: redesigning fashion’s future. Ellen MacArthur Foundation, 2017.

NESS, David. Sustainable urban infrastructure in China: Towards a Factor 10 improvement in resource productivity through integrated infrastructure systems. The International Journal of Sustainable Development & World Ecology, v. 15, n. 4, p. 288-301, 2008.

PINHEIRO, Eliane. Implementação dos princípios da economia circular em clusters de vestuário: uma proposta de modelo. 2020. 156 f. Tese – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de produção, Área de Concentração: Gestão Industrial, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2020.

RECH, Sandra Regina. Estrutura da cadeia produtiva da moda. ModaPalavra e-periódico, n. 1, 2008.

SAHA, Krishnendu; DEY, Prasanta Kumar; PAPAGIANNAKI, Eleni. Implementing circular economy in the textile and clothing industry. Business Strategy and the Environment, v. 30, n. 4, p. 1497-1530, 2021.

SALCEDO, Elena. Moda Ética Para Um Futuro Sustentável. Tradução: Denis Fracalossi. Barcelona: Gustavo Gili, 2014.

SILVA, Marcio J.; MENEGASSI, Cláudia H. M. Knowledge Management in Fashion and Clothing Context: The Purchasing Process of an Industry as an Object of Verification. International Journal of Science and Research (IJSR), v. 8, n. 2, p. 521-529, fev. 2019.

SMOL, Marzena; KULCZYCKA, Joanna; HENCLIK, Anna.; GORAZDA, Katarzyna; WZOREK, Zbigniew. The possible use of sewage sludge ash (SSA) in the construction industry as a way towards a circular economy. Journal of Cleaner Production, v.95, p.45-54, 2015. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2015.02.051.

SU, Biwei; HESHMATI, Almas. GENG, Yong; XIAOMAN, Yu. A review of the circular economy in China: Moving from rhetoric to implementation. Journal of Cleaner Production, v. 42, p. 215–227, 2013.

TASCA, Jorge Eduardo et al. An approach for selecting a theoretical framework for the evaluation of training programs. Journal of European industrial training, 2010.

TRANFIELD, David; DENYER, David; SMART, Palminder. Towards a methodology for developing evidence‐informed management knowledge by means of systematic review. British journal of management, v. 14, n. 3, p. 207-222, 2003.

TODESCHINI, Bruna V.; CORTIMIGLIA, Marcelo N.; MENEZES, Daniela C.; GHEZZI, Antonio. Innovative and sustainable business models in the fashion industry: Entrepreneurial drivers, opportunities, and challenges. Business Horizons, v. 60, n. 6, p. 759-770, 2017.

URBINATI, Andrea; CHIARONI, Davide; CHIESA, Vittorio. Towards a new taxonomy of circular economy business models. Journal of Cleaner Production, v. 168, p. 487-498, 2017.

VOGT, Cláudio César. As origens da indústria gaúcha e o setor têxtil no período do processo de substituição de importações. 2003. 210 f. Dissertação – Programa de Pós-Graduação em Economia da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

XUE, Bing; CHEN, Xing-peng; GENG, Yong; GUO, Xiao-jia; LU, Cheng-peng; ZHANG, Zi-long; LU, Chen-yu. Survey of officials’ awareness on circular economy development in China: Based on municipal and county level. Resources, Conservation and Recycling, v. 54, n. 12, p. 1296-1302, 2010.

ZHU, Qinghua; GENG, Yong; LAI, Kee-hung. Circular economy practices among Chinese manufacturers varying in environmental-oriented supply chain cooperation and the performance implications. Journal of Environmental Management, v. 91, n. 6, p. 1324–1331, 2010.

ZONATTI, Welton F.; AMARAL, Maria C.; GASI, Fernando; RAMOS, Julia B.; DULEBA, Wânia. Reciclagem de resíduos do setor têxtil e confeccionista no Brasil: panorama e ações relacionadas. Sustainability in Debate/Sustentabilidade em Debate, v. 6, n. 3, 2015.

Downloads

Publicado

2022-04-18

Como Citar

ISOTON, R.; GIACOMELLO, C.; FACHINELLI, A. C. Práticas para Transição à Economia Circular em Confecções: uma revisão sistêmica da literatura. Modapalavra e-periódico, Florianópolis, v. 15, n. 36, p. 113-139, 2022. DOI: 10.5965/1982615x15362022113. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/modapalavra/article/view/21444. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Variata