Artes e Currículo: trajetórias e narrativas docentes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630332019099

Resumo

O artigo Artes e currículo: trajetórias e narrativas docentes estuda os programas curriculares na área de Artes Visuais vigentes em instituições públicas de ensino das secretarias municipal, estadual, federal e também em (algumas) instituições privadas na cidade do Rio de Janeiro. O entendimento acerca dos programas curriculares de Artes Visuais torna-se pertinente para a formação e interesse acadêmico-profissional de pesquisadores envolvidos na Iniciação Científica (PIBIC) de uma universidade pública. Tais currículos voltados à educação básica e institucionalizados nas respectivas escolas selecionadas na pesquisa são percebidos através das seguintes vias metodológicas: das orientações curriculares - entendidas como apoio metodológico para os docentes - às entrevistas, propriamente ditas, com alguns docentes de certas instituições sobre suas trajetórias cotidianas - isto é, como os docentes articulam artisticamente o repertório imagético da historiografia da arte e da cultura visual, por exemplo, nos planejamentos de curso. Os resultados aqui por ora apresentados prosseguem com a finalidade de impulsionar a pesquisa autoral docente voltada à dinamização curricular na área de Artes Visuais na educação básica, considerando-se as especificidades das diferentes realidades escolares e as urgências cotidianas do imaginário cultural dos discentes na atualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Christiane Pereira Arcuri, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Mestrado Profissional de Ensino em Educação Básica / PPGEB; Instituto de Aplicação / CAp e Instituto de Artes / IART.

Professora Adjunta de Artes Visuais e História da Arte do Mestrado Profissional de Ensino em Educação Básica - PPGEB; Instituto de Aplicação - CAp e do Instituto de Artes - IART, UERJ.

Marco Antonio da Silva, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Licenciando em Artes Visuais / Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista PIBIC

Bianca da Fonseca Costa, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Licencianda em Artes Visuais / Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista PIBIC

Jandira da Silva Oliveira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Licencianda em Artes Visuais / Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista PIBIC

Caroline Greco Gioia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Licencianda em Artes Visuais / Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista PIBIC

Ana Clara Souza Gomes, UERJ

Licencianda em Artes Visuais / Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bolsista PIBIC

Referências

ALVES, N. G. Cultura e Cotidiano Escolar. In: Revista Brasileira de Educação. Maio/Jun/Jul/Ago 2003, Nº 23.

Disponível em <http://www.ia.ufrrj.br/ppgea/conteudo/conteudo-2009-2/Educacao-MII/2SF/Cultura_e_Cotiadiano.pdf> Acesso: 07/11/2018.

BARBOSA, A. M. A imagem no ensino da Artes: anos 1980 e novos tempos. São Paulo: Perspectiva, 2012.

_____. (org.) Artes/educação contemporânea – Consonâncias internacionais. São Paulo: Cortez, 2006.

BRASIL. MEC. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino médio), 2000. Disponível em http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/blegais.pdf Acesso: 10/07/2018.

_____. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Arte. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CERTEAU, M. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 2009.

CANDAU, V.; KOFF, A. A didática hoje: reinventando caminhos. In: Revista Educação & Realidade. Porto Alegre, v. 40, n. 2, p. 329-348, abr./jun. 2015.

Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2175 Acesso: 19/09/2018.

Colégio Pedro II. Projeto Político Pedagógico, 2001. Disponível em <http://www.cp2.g12.br/cpii/legislacao.html> Acesso: 10/09/2018.

Currículo mínimo – Artes Visuais. Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro / SEEDUC, 2013-2016.

Disponível em http://www.rj.gov.br/web/seeduc/exibeconteudo?article-id=5776111 Acesso: 10/12/2018.

FERRAZ, M. H.; FUSARI, M. R. Artes na educação escolar. São Paulo: Cortez, 2010.

_____. Metodologia do ensino da Artes. São Paulo: Cortez, 1993.

HERNÁNDEZ, F. Catadores da Cultura Visual. Porto Alegre: Editora Mediação, 2007.

OLIVEIRA, I. B. Currículo e processos de aprendizagemensino: políticaspráticas educacionais cotidianas. In: Currículo sem Fronteiras, v. 13, n. 3, p. 375-391, set./dez. 2013.

Disponível em http://www.curriculosemfronteiras.org/vol13iss3articles/oliveira.pdf Acesso: 19/09/2018.

Orientações Curriculares - Artes Visuais. Secretaria Municipal de Educação. Rio de Janeiro / SME, 2016.

Disponivel em <http://www.rioeduca.net/blogViews.php?bid=20&id=5265> Acesso: 19 Setembro 2018.

PILLAR, A. D. (Org.). A educação do olhar no ensino das artes. Porto Alegre: Mediação, 1999.

Downloads

Publicado

2019-11-28

Como Citar

ARCURI, Christiane Pereira; SILVA, Marco Antonio da; COSTA, Bianca da Fonseca; OLIVEIRA, Jandira da Silva; GIOIA, Caroline Greco; GOMES, Ana Clara Souza. Artes e Currículo: trajetórias e narrativas docentes. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 3, n. 3, p. 099–112, 2019. DOI: 10.5965/25944630332019099. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/15932. Acesso em: 15 abr. 2024.