A desigualdade de gênero no curso presencial de segurança do trabalho no IFPB: a presença da mulher nos anos 2009 a 2020

Autores

Palavras-chave:

gênero, desigualdade, segurança do trabalho, educação

Resumo

A desigualdade de gênero ainda é um fenômeno que faz parte de diferentes segmentos sociais. Mesmo com o passar dos anos o homem continua sendo visto como o principal provedor da casa enquanto a mulher não precisa -ou não deve- estudar, ganhar seu dinheiro e ter a sua independência, ficando designada a cuidar da casa, dos filhos e ser totalmente submissa. O presente trabalho tem como tema A desigualdade de gênero no curso presencial de segurança do trabalho no IFPB-Campus Patos: um histórico da presença da mulher ao longo dos anos (2009- 2020). Foi desenvolvida uma pesquisa exploratória e quantitativa com os dados dos cursos integrados ao ensino médio e superior coletados através do setor controle acadêmico do IFPB-Campus Patos. Com isso, foi descoberto que a presença da mulher se mostrou evasiva no curso de Tecnólogo em Segurança do Trabalho até o ano de 2016 e somente a partir de 2017, os discentes que não concluíram o curso, mantiveram uma relação de continuidade se sobressaindo em relação às evasões. No curso de Técnico de Segurança do Trabalho a participação feminina se sobressai desde os períodos que já se encerraram até os que ainda estão ativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Medeiros Machado, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba

Técnica em Segurança do Trabalho (IFPB)

Ana Luiza Felix Severo, Federal University of Campina Grande

Doutora em Recursos Naturais (UFCG), Mestra em Direito (UFRN), Professora substituta do IFPB (201-2021), Especialista em Gênero e Diversidade (UFPB) e Especialista em Ciências Jurídicas (UFPB).

Referências

ABRAMOVAY, Miriam; CASTRO, Mary Garcia; WAISELFISZ, Júlio Jacobo. Juventudes na escola, sentidos e buscas: Por que frequentam?. Brasília-DF: Flacso - Brasil, OEI, MEC, 2015. Disponível em: https://educacaointegral.org.br/reportagens/pesquisa-aponta-maioria-dos-jovens-brasileiros-concilia-trabalho-estudo/. Acesso em: 27 maio 2021.

APPOLINÁRIO, Fabio. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

ARISTÓTELES. Metafísica. Tradução: Patricio de Azcárate. Madrid: Espasa Calpe, 1995.

ARAÚJO, C. F.; SANTOS, R. A. A educação profissional de nível médio e os fatores internos/externos às instituições que causam a evasão escolar. In: INTERNATIONAL CONGRESS ON UNIVERSITY - INDUSTRY COOPERATION, 4., Taubaté, 2012. Taubaté: Universidade de Taubaté, 2012. Disponível em: https://silo.tips/download/a-educaao-profissional-de-nivel-medio-e-os-fatores-internos-externos-as-institui. Acesso em: 22 abr. 2021.

BAGGI, C. A. S.; LOPES, D. A. Evasão e avaliação institucional no ensino superior: uma discussão bibliográfica. Avaliação (Campinas), v. 16, n. 2, p. 355-74, jul. 2011. http://doi.org/10.1590/S1414-40772011000200007

BLOG SEGURANÇA DO TRABALHO. A evolução da mulher na área da Segurança do Trabalho, 2021. Disponível em: https://www.blogsegurancadotrabalho.com.br/evolucao-da-mulher-seguranca-do-trabalho/.Acesso em: 14 abr. 2021.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 18 maio 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Dia da Mulher. Participação feminina cresce na educação profissional e mulheres se destacam no campo da pesquisa científica, 2021. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/ultimas-noticias/202-264937351/2000-sp-1024881323. Acesso em: 17 maio 2021.

CASTRO, Paula de Almeida. Controlar para quê? Uma análise etnográfica do controle na interação entre professor e aluno na sala de aula. [Dissertação de mestrado]. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.

CHASSOT, Attino. A ciência é masculina? É sim senhora!... In: Revista e Contexto. Gênero e educação: um diálogo necessário. v. 19, n. 71-72, ano 2004. Disponível em: https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:7Dg7O-mXvn4J:https://revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/download/1130/885/0&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br. Acesso: 23 abr. 2020.

CONCEIÇÃO, Ideojane Melo; SANTOS, Elis Souza dos Santos. Gênero, Educação e Desigualdade: Implicações de Uma Educação para Igualdade. In: 10º Encontro Internacional de Formação de Professores; 11º Fórum Permanente de Inovação Educacional. v. 10, n. 1, 2017. Disponível em: https://eventos.set.edu.br/enfope/article/view/5274. Acesso em: 23 abr. 2020.

DIAS, M.S.L. A escolha feminina na área das profissões tecnológicas: impactos na subjetividade. Cadernos de Gênero e Tecnologia, 9(33), 3-21, 2016.

ESCOL.AS. As vantagens de cursar ensino médio em um instituto federal, 2019. Disponível em: https://www.escol.as/artigos/45-as-vantagens-de-cursar-ensino-medio-em-um-instituto-federal. Acesso em: 14 abr. 2021.

FERREIRA, Graziela Ferreira; COSTA, Fabiana Freitas. A importância da temática de gênero no Ensino Médio Integrado dos Institutos Federais de Educação. Revista Elite, v. 1, n.2, ano 2, jan./dez. 2020. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/elite/article/view/10940. Acesso em: 4 jun. 2021.

FIGUEIREDO, Natália Gomes da Silva; SALLES, Denise Medeiros Ribeiro. Educação Profissional e evasão escolar em contexto: motivos e reflexões. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 25, n. 95, p. 356-392, abr./jun. 2017.

INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB). Campus Patos. Controle acadêmico, 2009-2020. Acesso em: 22 mar. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB). Campus Patos. Sobre o campus, 2019. Disponível em: https://www.ifpb.edu.br/patos/institucional/sobre-o-campus. Acesso em: 29 mar. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB). Campus Patos. Cursos do IFPB, 2021. Disponível em: https://estudante.ifpb.edu.br/cursos/?cidade=14&modalidade=&nome=&formacao=&nivel_formacao=GRADUACAO&turno=&forma_acesso=. Acesso em: 29 mar. 2021.

INSTITUTO FEDERAL DA PARAÍBA (IFPB). Campus Patos. Segurança do Trabalho, 2016. Disponível em: https://estudante.ifpb.edu.br/cursos/113/. Acesso em: 29 maio 2021.

INSTITUTO FEDERAL DE RONDÔNIA (IFRR). Pró-Reitoria de Extensão. Os caminhos da extensão no IFRR, 2016. Boa Vista, RR.

KARLBERG, Luísa Galvão Lessa. A desigualdade de gênero no Brasil, 2020. A gazeta do Acre. Disponível em: https://agazetadoacre.com/2020/12/artigos/artigo-a-desigualdade-de-genero-no-brasil/. Acesso em: 18 maio 2021.

LEE, Valerie. E.; BURKAM, David. Dropping out of high school: the role of school organization and structure. American Educational Research Journal, v. 40, n. 2, p. 353-93, 2003.

LOURO, G. L. Práticas educativas feministas: posições e limites. In: Gênero, Sexualidade e Educação: Uma perspectiva pós estruturalista. Petrópolis: Vozes, p.128 e 131, 1997.

MORESI, Eduardo (Org.). Metodologia da pesquisa. Brasília: Universidade Católica de Brasília, 2003. Disponível em: http://ftp.unisc.br/portal/upload/com_arquivo/1370886616.pdf. Acesso em: 29 maio 2021.

PEREIRA, Jamilli Santos Martins; FECURY, Amanda Alves; DENDASCK, Carla Viana; ARAÚJO, Maria Helena Mendonça de; SOUZA, Keulle Oliveira da; CORDEIRO, Nadabe de Jesus da Silva; MOREIRA, Elisângela Cláudia de Medeiros; MORAES, Jones Souza; OLIVEIRA, Euzébio de; DIAS, Cláudio Alberto Gellis de Mattos. Participação do gênero feminino em Cursos Técnicos da Rede Federal no Brasil e no Amapá (2018). Research Society and Development 9(7):949975264. DOI:10.33448/rsd-v9i7.5264

PINHEIRO, Verônica de Souza. Repensando a maternidade na adolescência. Estud. psicol. (Natal) vol.5 no.1, p.6, Natal Jan./June 2000.

ROSSETTO, A.L.A; LOBÃO, M.S.P.. Pronatec: Uma abordagem da evasão no Instituto Federal do Acre (Campus Rio Branco) no ano de 2014. Revista Teias, 18(51), 243-260, 2017.

RUMBERGER, R. W. Introduction. In: DROPPING out: why students drop out of high school and what can be done about it. Cambridge, Mass: Harvard University Press, 2011. p. 1-19.

SIGNIFICADOS. Significado de desigualdade de gênero, [s.a.]. Disponível em: https://www.significados.com.br/desigualdade-de-genero/. Acesso em: 18 maio 2021.

SALES, P. E. N.; CASTRO, T. L.; DORE, R. Educação profissional e evasão escolar: estudo e resultado parcial de pesquisa sobre a rede federal de educação profissional e tecnológica de Minas Gerais. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E EVASÃO ESCOLAR, 3., 2013, Belo Horizonte. Belo Horizonte: Rimepes, 2013.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2016.

ZINET, Caio. Pesquisa aponta que maioria dos jovens brasileiros concilia trabalho e estudo, 2016. Centro de Referência em Educação Integral. Disponível em: https://educacaointegral.org.br/reportagens/pesquisa-aponta-maioria-dos-jovens-brasileiros-concilia-trabalho-estudo/. Acesso em: 27 maio 2021.

Downloads

Publicado

2022-12-23

Como Citar

MACHADO, V. M.; SEVERO, A. L. F. A desigualdade de gênero no curso presencial de segurança do trabalho no IFPB: a presença da mulher nos anos 2009 a 2020. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 6, n. 2, p. 4-22, 2022. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/22903. Acesso em: 6 fev. 2023.