Apropriações da linguagem fotográfica sobre “trabalho” por alunos do Ensino Médio nas aulas de Arte

Autores

  • Laudo Rodrigues Sobrinho Universidade Metodista de Piracicaba

Palavras-chave:

Fotografia, Dialogia, Educação, Ensino de Arte, Ensino Médio,

Resumo

Este artigo configura-se como síntese da tese defendida a pouco, onde estudei com alunos de uma Escola Estadual, no interior do estado de São Paulo, nas aulas de Arte, produziram fotografias e discutiram sobre elas. Escolhas teóricas e metodológicas de investigação estabeleceram-se em diálogo com minha formação e o contexto da pesquisa ocorreu em um município de economia, predominantemente, rural. O objetivo do trabalho foi estudar como a linguagem fotográfica podem favorecer as reflexões desses alunos do Ensino Médio, a problematizarem a realidade na qual estão inseridos. Partimos da questão: é possível que por meio da produção de fotografias e das discussões sobre elas que os alunos se apropriem de significações de sua realidade e conceituem o “trabalho” de forma diferenciada ao conceito dado pelo Currículo Oficial? A seleção de quatro imagens, com seus respectivos turnos dialógicos, compôs o material. A temática se verificou na medida em que as análises mostraram, da parte dos alunos, tanto a apropriação de regras formais de composição da fotografia quanto a possibilidade de significações do mundo em que vivem, a partir da relação com o professor/pesquisador. Essa pesquisa configurou-se como Participante e atende respectivamente a interesses da Educação e do ensino de Arte.

Biografia do Autor

Laudo Rodrigues Sobrinho, Universidade Metodista de Piracicaba

Doutorado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba; Mestrado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba; Professor de Arte da SEE/SP; Professor da FACCAA-UNIESP campus Avaré

Referências

BUORO, Anamelia Bueno. O olhar em construção: uma experiência de ensino e aprendizagem da arte na escola. São Paulo: Cortez, 1998.

DELIBERADOR, Luzia Mitsue Yamasshita. et al. A Fotografia como Linguagem para a Formação Cidadã. Revista Discursos Fotográficos, 2013, Vol.9.

DUARTE, Elisabeth Bastos. Fotos & Grafias. São Leopoldo: UNISSINOS, 2000.

FERREIRA, Anelise Barra. Aluno Faz foto? O Fotografar na Escola Especial. Tese de Doutorado em Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2012a .167p.

FERREIRA, Camila Otto Diniz. Fotografia como Crença: Construindo Narrativas, Ressignificando Memórias. Dissertação de Mestrado em Artes. Universidade Federal de Minas Gerais, 2012b. 160 p.

FLUSSER, Vilém. Pós-História: vinte instantâneos e um modo de usar. São Paulo: Duas Cidades, 1983.

____________. O Universo das Imagens Técnicas: Elogio da superficialidade. São Paulo: AnnaBlume, 2008.

GONÇALVES, Tatiana Fecchio da Cunha. Particularidades da Análise Fotográfica. Revista Discursos Fotográficos, 2009, Vol. 5.

KOSSOY, Boris. Realidades e Ficções na Trama Fotográfica. Cotia: Ateliê Editorial, 2002.

NOBRE, Itamar de Morais, GIGO, Vânia de Vasconcelos. Imagem Fotográfica, Cultura e Sociedade. Revista Discursos Fotográficos, publicação do Programa em Pós-Graduação da Universidade Estadual de Londrina, de periodicidade semestral, 2011, nº 10, V. 7.

SONTAG, Susan. Sobre Fotografia. São Paulo: Cia das Letras, 2004.

OSTROWER, Fayga. A Construção do Olhar. In NOVAES, A (et al). O Olhar. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

ROUILLÉ, André. A fotografia: entre o documento e arte contemporânea. São Paulo: SENAC, 2009.

VIGOTSKI, Lev Semenovitch. Estúdio Del desarollo de las conceptos científicos en la idad infantil. In: Obras Escogidas II. Madri: Visor, 1983. p. 181-285.

Downloads

Publicado

2018-01-01