CONCEPÇÕES DOCENTES ACERCA DA IMPORTÂNCIA DO ATO DE LER

Autores

  • Sabatha Catoia Dias Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Leitura, ensino e aprendizagem, professores de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental, concepções docentes, ideário histórico-cultural.

Resumo

Este estudo, vinculado à Linguística Aplicada, tem como tema leitura, entendida como coconstrução de sentidos. O objetivo é descrever analiticamente concepções docentes sobre as práticas de leitura nas aulas de Língua Portuguesa, fazendo-o com foco no domínio axiológico do ato de ler. Assim, pretende-se responder à seguinte questão: Em se tratando de como professores de Português dos anos finais do Ensino Fundamental de escolas estaduais de Florianópolis/SC, informam trabalhar com leitura – com foco em sua ancoragem axiológica -, é possível depreender fundamentos do ideário histórico-cultural? Para responder a questão, analisam-se respostas obtidas por meio de entrevistas. O aporte teórico constitui-se de estudos de gêneros discursivos de Bakhtin (2010 [1952/53]) e de teorias de letramento, com base no pensamento de Street (1984, 1988, 2003), Barton (1994), entre outros. A análise dos dados depreende concepções docentes ainda difusas emergindo como ecos do ideário histórico-cultural. Assim, a contribuição deste estudo reside no desvelamento da necessidade de ressignificações acadêmicas nas formações docentes, considerando o compromisso da universidade com a excelência da ação pedagógica na escola pública.

Biografia do Autor

Sabatha Catoia Dias, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda do curso de Linguística da Universidade Federal de Santa Catarina, atuante na área de ensino e aprendizagem de língua materna.

Downloads

Publicado

2013-12-23