Conhecimento, ciclo do conhecimento e ensino da Arte no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/19843178182202230

Palavras-chave:

Ensino, Arte, Gestão do conhecimento, Ciclo do conhecimento

Resumo

O conhecimento está presente nas mais variadas áreas relacionadas ao aprendizado dos indivíduos, incluindo a Arte. Para a sua consolidação, o conhecimento percorre um ciclo de gestão do conhecimento, que pode ser relacionado com a perspectiva da Abordagem Triangular de Ana Mae Barbosa. Entender o percurso que o conhecimento faz no processo de ensino de Arte, permite articular Arte e conhecimento por meio do ciclo da gestão do conhecimento. Portanto, o presente artigo busca entender de que forma o ciclo da gestão do conhecimento se manifesta no ensino de Arte sob a perspectiva da Abordagem Triangular de Ana Mae Barbosa. Assim, a presente pesquisa tem o objetivo de compreender a imbricação teórica entre a Abordagem Triangular de Ana Mae Barbosa e o ciclo do conhecimento de Kimiz Dalkir no contexto do ensino de Artes no Brasil. Para isso, realizou-se uma revisão narrativa de literatura com base nas publicações de Ana Mae e Dalkir, além daquelas com aderência ao tema abordado. O resultado dessa pesquisa depreende que há uma articulação conjunta entre a Abordagem Triangular e o ciclo do conhecimento de Dalkir. Evidencia-se que no ensino de arte baseado na Abordagem Triangular ocorre o processo de gestão do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denis Martins de Oliveira, Centro Universitário Cesumar

Possui Mestrado em Gestão do Conhecimento nas Organizações Universidade Cesumar Unicesumar (2020). Graduação em Artes Visuais pelo Centro Universitário de Maringá (2012). Bacharelado em Moda pela Unicesumar (2016). Curso superior de Tecnologia em Design de Interiores pela Unicesumar (2018); Pós graduação em Docência no Ensino Superior (2016), Pós graduação em Educação a Distância e Tecnologias Educacionais (2019); Especialização em Teoria e Prática da Cor e Design de Interiores (2022); Especialização em Arquitetura e Ubanismo (2022); Especialização em Moda: Arte, Tecnologia e suas Expressões (2022); Especialização em Marketing de Moda (2022).

Ely Mitie Massuda, Centro Universitário Cesumar

Concluiu doutorado em Ciências, área de concentração em História Econômica pela Universidade de São Paulo. Realizou Pós-doutorado no departamento de economia da Universidade de Sherbrooke - Canadá, no programa de Pós-graduação em Ciências Econômicas e no programa de Pós-graduação em Zootecnia da Universidade Estadual de Maringá. Atuou como professora convidada no departamento de Economia da Universidade de Sherbrook - Canadá. Atualmente é docente permanente do Programa de Pós-graduação em Promoção da Saúde na Universidade Cesumar (UniCesumar).

Leticia Fleig Dal Forno, Centro Universitário Cesumar

Docente no Mestrado Interdisciplinar em Gestão do Conhecimento nas Organizações (Linha Educação e Conhecimento) na Universidade Cesumar. Docente no curso de Psicologia na Universidade Cesumar. Possui graduação em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria (2009), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2011) e doutorado pelo Programa de Doutoramento em Educação- Psicologia da Educação pela Universidade de Lisboa (2015) especialista em neuropsicopedagogia (2021).Tem experiência na área de Educação, com ênfase: acessibilidade educacional, inclusão escolar, gestão do conhecimento em sala de aula, ensino colaborativo, processo ensino e aprendizagem.

Referências

AIKENHEAD, G. S.; ORPWOOD, G.; FENSHAM, P. Scientific literacy for a knowledge society. In: LINDER, C. et al. (Ed.) Exploring the landscape of scientific literacy. New York: Routledge, Taylor and Francis Group, 2011.

ARNHEIM, Rudolf. Arte e percepção visual: uma psicologia da visão criadora. São Paulo: Cengage Learning, 2018.

APO. Asian Productivity Organization. Knowledge Management Tools and Techniques Manual. Tokyo: Asian Productivity Organization, 2010.

BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino de Arte. São Paulo: Perspectiva, 2014.

BARBOSA, Ana Mae. John Dewey e o ensino de Arte no Brasil. São Paulo: Cortez, 2015.

BARBOSA, Ana Mae. Arte-educação contemporânea: consonâncias internacionais. São Paulo: Cortez, 2005.

BARBOSA, Ana Mae. Inquietações e mudanças no ensino da Arte, 7. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

BARBOSA, Ana Mae. Tópicos Utópicos. Belo Horizonte: Editora C/Arte, 2007 (2ª reimpressão).

BARBOSA, Ana Mae; CUNHA, Fernanda, Pereira da. A Abordagem Triangular no ensino das Artes e culturas visuais. São Paulo: Cortez, 2010.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: Arte / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Base nacional comum curricular. Brasília, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br > Acesso em 02/12/2019.

BUKOWITZ, W.; WILLIAMS, R. The knowledge management fieldbook. Londres: Prentice Hall. 2003.

CHENG, E. C. K.; LEE, J. C. K. The management process for creating school intellectual. De La Salle University. Manila: DLSU, p. 559-566, Feb de 2016.

COSTA, Cristina. Questões de arte. São Paulo. Moderna, 2004.

DALKIR, K. Knowledge management in theory and practice. 2nd ed. Cambridge, Massachusetts; London, England The MIT Press: Massachusetts Institute of Technology, 2011.

DALKIR, K. Knowledge management in theory and practice. Burlington: Elsevier, 2005.

DAVENPORT, T.; PRUSAK, L. Working Knowledge: How Organizations Manage What They Know. Boston. MA: Harvard Business School Press. 1998.

DEWEY, John. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes - Selo Martins, 2010.

DONDIS, Dondis A. Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes, 2015.

FREIRE, et al. Memória organizacional e seu papel na gestão do conhecimento. Revista de Ciências da Administração. V. 14, n.33, p. 41-51, Ago 2012. Disponível em <https://periodicos.ufsc.br/index.php/adm/article/view/2175-8077.2012v14n33p41> Acesso em 20/06/2021.

HANDZIC, Meliha; CARLUCCI, Daniela. Knowledge Management, Arts, and Humanities: Interdisciplinary Approaches and the Benefits of Collaboration. Suiça: Springer, 2019.

HERNANDEZ, Fernando. Cultura Visual, mudança educativa e projeto de trabalho. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

JOLY, Martine. Introdução à análise de imagem. Campinas: Papirus, 2012.

LIB NEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

McELROY, M. W. A Framework For Knowledge Management. The New Knowledge Management: Complexity, Learning and Sustainable Innovation. Butterworth & Heinemann, Burlington – USA: 2003.

MEYER, M.; ZACK, M. The design and implementation of information products. Sloan Management Review, v. 37, n. 3, 1996.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Gestão do conhecimento. Porto Alegre: Bookman. 2008.

OLIVEIRA, Eliane dos Santos; CORRÊA, Vanisse Simone Alves. Ensino de Artes: A Abordagem Triangular de Ana Mae Barbosa. ContemporArtes, coluna Planetário, 2018. Disponível em <http://revistacontemporArtes.com.br/2018/12/14/ensino-de-Artes-a-abordagem-triagular-de-ana-mae-barbosa/>. Acesso em 23/11/2019.

OSTROWER, Faiga. Criatividade e processos de criação. Petrópolis: Vozes, 2014.

OSTROWER, Faiga. Universos da Arte. Campinas: Editora Unicamp, 2013.

RIZZI, Maria Christina de Souza Lima; SILVA, Mauricio da. Abordagem Triangular do Ensino das Artes e Culturas Visuais: uma teoria complexa em permanente construção para uma constante resposta ao contemporâneo. Revista GEARTE, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil, v.4, n. 2, p. 220-230, 2017.

SOUZA, D. L.; SOUSA, J. S.; FERRUGINI, L.; ZAMBALDE, A. L. Teorias da aprendizagem e Gestão do Conhecimento: um alinhamento teórico. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, Rio de Janeiro, v. 7, n. 4, out./dez, p. 42-57, 2013.

SVEIBY, K. E. A nova riqueza das organizações. Tradução de Luiz Euclides Frazão Filho. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

WEISS, Marcos Cesar. Sociedade sensoriada: a sociedade da transformação digital. Estud. av., São Paulo, v. 33, n. 95. 2019. p. 203-214. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142019000100203&lng=en&nrm=iso>. Acesso em :14/05/2021.

WIIG, K. M. What the future knowledge management users my expect. Journal of Knowledge Management, v. 3, n. p. 155-165, 1997.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Como Citar

OLIVEIRA, D. M. de .; MASSUDA, E. M. .; FORNO, L. F. D. . Conhecimento, ciclo do conhecimento e ensino da Arte no Brasil. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 18, n. 2, p. 030-056, 2022. DOI: 10.5965/19843178182202230. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/20736. Acesso em: 5 fev. 2023.