Corpos infinitos: Processo coletivo de criação da videodança Endless

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101432022e0301

Palavras-chave:

Transcriação, Presença, Videodança, Preparação corporal, Edição

Resumo

O texto é um relato de experiência que trata de elementos de composição no processo de criação coletiva da videodança Endless - ou esqueci de lembrar, do grupo Tatá, produzido a distância, devido ao isolamento social, em 2020. A análise do texto tem como foco três elementos: um deles é a preparação corporal, que tem como base as práticas de produção da conexão corpo-mundo, como um espaço contínuo. O outro é a relação dos intérpretes-criadores com a câmera e suas dificuldades de adaptação. O terceiro elemento abordado é a edição do vídeo, com foco nas transições. A pesquisa identifica a composição de Endless como uma transcriação. Evidencia a emergência da dimensão da presença na operação de transcriação, reconhecida como produção de afetos. Apresenta as noções afeto, corpo infinito e conexão, que emergem da experiência de criação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bianca Mendes Ascari, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Graduando em Dança - Licenciatura na Universidade Federal de Pelotas (UFPel) - Bolsista de extensão pelo Projeto de Extensão e Pesquisa Tatá Núcleo de Dança-Teatro.

Maria Fonseca Falkembach, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Doutora em Educação pela  Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com doutorado sanduíche na Exeter University. Mestrado em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Graduação em Artes Cênicas (UFRGS). Professora do Curso de Dança - Licenciatura da Universidade Federal de Pelotas. Professora do Curso de Dança – Licenciatura e da Pós-Graduação em Artes - Latu Sensu, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Rayssa de Oliveira Fontoura, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Graduanda em Cinema e Audiovisual na Universidade Federal de Pelotas (UFPel) – Bolsista de Iniciação Científica no Projeto de Pesquisa Produção do Corpo-Sujeito nas Práticas de Dança e integrante do Grupo Tatá - Núcleo de Dança-Teatro.

 

Stephânia Fitaroni Batista Lengruber, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Graduanda no curso de Dança - Licenciatura pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Bolsista de Iniciação Científica CNPq no Projeto de Pesquisa Produção do Corpo-Sujeito nas Práticas de Dança e integrante do Grupo Tatá - Núcleo de Dança-Teatro.

Referências

ANDRADE, Eduardo dos Santos; RODRIGUES, Cristiano Cezario; CARVALHO, Tereza Bruzzi de. Experimentos didático-pedagógicos sobre a estética da domesticidade e a linguagem da câmera na web. Urdimento, Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 41, set. 2021 Disponível em:

https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/20409/13409. Acesso em: 18 fev. 2022.

CALDAS, Paulo. Poética do movimento: interfaces. In: Dança em foco - Ensaios contemporâneos de videodança. Rio de Janeiro: Aeroplano Editora e Consultoria Ltda., 2012.

CAMPOS, Haroldo de. Metalinguagem & outras metas. São Paulo: Perspectiva, 2006.

COREOLAB. Endless - ou esqueci de lembrar: Conversando com artistas. Entrevista concedida a Alexandra Dias e Júlia Garcia do Projeto CoreoLAB. Pelotas, 2020. Transcrição não publicada. Disponível em:

https://www.youtube.com/watch?v=oYdxfgbCC_A&t=414s. Acesso em: 07 jul. 2021.

DANTAS, M.F. Ancoradas no Corpo, Ancoradas na Experiência: Etnografia, Autoetnografia e Estudos em Dança. Urdimento, Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 27, p. 169-183, 2016. Disponível em:

https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/8731

Acesso em: 15 fev. de 2021.

DMYTRYK, Edward. On film editing. Boston: Focal Press, 1984.

FALKEMBACH, Maria Fonseca; KÖNZGEN, Gessi de Almeida. Princípios pedagógicos inerentes aos procedimentos dos Viewpoints: Possíveis contribuições para desenvolvimento de práticas artístico-pedagógicas. Rascunhos-Caminhos da Pesquisa em Artes Cênicas, Uberlândia, v. 1, n. 2, p.48-64, 2014.

FALKEMBACH, Maria Fonseca. Produção do corpo-sujeito nas práticas de dança. In: LIMA, Paula; DÁVILA, Raul; JESUS, Thiago S. A; SENNA, Nádia C. (Orgs). Catálogo da Pesquisa 2018: I Seminário de Pesquisa do Centro de Artes - UFPEL. Pelotas: UFPel, 2018. Disponível em:

https://wp.ufpel.edu.br/spca/files/2018/10/CATALOGO_PESQUISA_CA_UFPEL_2018.pdf. Acesso em: 12 fev., 2022.

FALKEMBACH, Maria Fonseca. Formação do corpo-sujeito cênico/performer antifascista: currículo em tempos de governamentalidade algorítmica. In: ICLE, Gilberto (Org.) Formação e processos de criação: pesquisa, pedagogia e práticas performativas. São Paulo: Max Limonad, 2021.

FERNANDES, Ciane et al. Performar formar mar ar... Esqueceram de mim? Urdimento, Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v.1, n.40, mar./abr. 2021, p.1-27. Disponível em:

https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/19411/12812 Acesso em: 15 fev. de 2022

FERREIRA, Alexandre. Intérprete-criador na dança contemporânea: um corpo polissêmico e co-autor. In: Anais do II Congresso Nacional de Pesquisadores em Dança–ANDA. São Paulo: 2012.

FERREIRA, Sarah. Ativismo curatorial da videodança. 2020. Dissertação (Pós-graduação em Teatro) - Centro de Artes - da Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2020. Disponível em:

https://sistemabu.udesc.br/pergamumweb/vinculos/000084/0000841a.pdf. Acesso em: 17 fev. 2022

FORTIN, S. Trad. MELLO, H. Contribuições Possíveis da Etnografia e da Auto-etnografia para a Pesquisa na Prática Artística. Cena, Porto Alegre, n. 7, p.77-88, 2009. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/cena/article/view/11961

Acesso em: 15 fev. de 2022.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Graal, 1990.

FOUCAULT, Michel. O Sujeito e o Poder. In: DREYFUS, Hubert L.; RABINOW, P. Michel Foucault: uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. São Paulo: Forense Universitária, 2010. p. 273-295.

GOOGLE NOTÍCIAS. Coronavírus (COVID-19). Google Notícias, 2022. Disponível em: https://news.google.com/covid19/map?hl=pt-BR&gl=BR&ceid=BR%3Apt-419. Acesso em: 18 fev. 2022.

GRUPOTATA. Endless - ou esqueci de lembrar. Brasil: Tatá - Núcleo de Dança-Teatro, 27 nov. 2020. 1 vídeo (6 min). Disponível em: https://youtu.be/SH7zwXOFSBo. Acesso em: 2 mar. 2021.

GUMBRECHT, Hans Ulrich. Produção de presença: o que o sentido não consegue transmitir. Rio de Janeiro: Editora PUC Rio, 2010.

ICLE, G. Problemas teatrais na educação escolarizada: existem conteúdos em teatro?. Urdimento, Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 17, p. 70-77, 2018. DOI: 10.5965/1414573102172011070. Disponível em:

https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102172011070. Acesso em: 11 fev. 2022.

MILLER, Jussara. A escuta do corpo: sistematização da Técnica Klauss Vianna. São Paulo: Summus, 2007.

OPAS. Histórico da pandemia de COVID-19. Organização Pan-Americana da Saúde, 2022. Disponível em: https://www.paho.org/pt/covid19/historico-da-pandemia-covid-19. Acesso em: 18 fev. 2022.

PAREYSON, Luigi. Estética: teoria da formatividade. Petrópolis: Vozes, 1993.

PLAZA, Julio. Tradução intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2003.

PORTER, Janelle. Dance with camera. Philadelphia: Institute of contemporary art. University of Pennsilvania, 2009

PRESTON-DUNLOP, Valerie. Looking at dance: a choreological perspective on choreography. London: Verve, 1998.

SANARMED. Linha do tempo do Coronavírus no Brasil. SanarMed, 2020. Disponível em: https://www.sanarmed.com/linha-do-tempo-do-coronavirus-no-brasi. Acesso em: 18 fev. 2022.

SILVESTRE TECHNIQUE TRAINING, 2016. Disponível em: https://www.silvestretraining.com/the-training.html. Acesso em: 05 jul. 2021.

ROSA, Cristina F. Brazilian bodies and their choreographies of identification: swing nation. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2015.

TIBÚRCIO, Larissa Kelly de Oliveira Marques. Visibilidades espaço-temporais do corpo na Dança Butô. Anais ABRACE, v. 9, n. 1, 2008.

TOURINHO, Lígia Losada; DA SILVA, Eusébio Lôbo. Estudo do movimento e a preparação técnica e artística do intérprete de dança contemporânea. Artefilosofia, v. 1, n. 1, p. 25-133, 2006.

VEIGA-NETO, Alfredo; SARAIVA, Karla. Educar como arte de governar. Currículo sem Fronteiras. vol. 11, n.1, p. 5-13, Jan/Jun 2011.

VERAS, Alexandre. Kino-coreografias: entre o vídeo e a dança. In: BONITO, Eduardo; BRUM, Leonel; CALDAS, Paulo; LEVY, Regina (Orgs.). Videodança. Dança em foco, v. 2. Rio de Janeiro: Oi Futuro, 2007, p 09-17.

WITENCAMPS, Gabriela. Técnica Silvestre, entrenamiento, acogimiento y poesía. Entrevista concedida a Rosangela Silvestre. Universidad Nacional de la Plata.Buenos Aires: El Anzuelo, año 02, n. 03, 2020, p. 45- 49. Disponível em http://sedici.unlp.edu.ar/handle/10915/108032. Acesso em: 05 jul. 2021.

Downloads

Publicado

2022-04-06

Como Citar

ASCARI, B. M.; FALKEMBACH, M. F.; FONTOURA, R. de O.; LENGRUBER, S. F. B. Corpos infinitos: Processo coletivo de criação da videodança Endless . Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 43, p. 1-31, 2022. DOI: 10.5965/1414573101432022e0301. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/20694. Acesso em: 20 maio. 2022.