ConVersons: papo afroliterário com Lia Vieira, a teia de afetos e a escrita que nos une

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/19847246252024e0602

Resumo

A publicação desta entrevista, com a escritora Lia Vieira, foi realizada de forma coletiva, a partir de uma colaboração entre o coletivo negro Sarau Vozes Negras (SVN) e o “Corsciência: Grupo de pesquisa de tradução e contação de histórias com cor-agem”. Esta entrevista consiste na transcrição de um dos episódios do programa “conVersos: papos afroliterários”, roteirizado e realizado pelas integrantes Feibriss Ametista Henrique Meneghelli Cassilhas, Jeff Jeffa Moreira Santana e Nana Martins, transmitido em formato de Lives e salvo em formato de Reels pela conta do SVN no Instagram, @vozesnegras, e postado em nosso canal na plataforma YouTube, Acervo do Sarau Vozes Negras. A transcrição do programa foi realizada pelas integrantes do Corsciência, Feibriss Ametista Henrique Meneghelli Cassilhas (coordenadora) e Jacqueline Augusta Leite de Lima.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Feibriss Ametista Henrique Meneghelli Cassilhas, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Jacqueline Augusta Leite de Lima, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestra em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

Jeff Jeffa Moreira Santana, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutora em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Silvana Martins dos Santos , Universidade Federal de Santa Catarina

Mestra em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora da Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina (SED/SC).

Referências

DOS SANTOS, Silvada Martins. Encontros com Lia Vieira: uma experiência de leitura. Orientadora: Simone Pereira Schmidt. 2019. 84 p. Dissertação (Mestrado em Literatura) – Programa de Pós-Graduação em Literatura, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2019.

VIEIRA, Lia. Só as mulheres sangram. Nandyala, 2017.

Alguns livros mencionados na entrevista:

ADÚN, Guellwaar; ADÚN, Mel; RATTS, Alex (org.). Ogum’s toques negros: coletânea poética. Salvador: Ogum’s Toques Negros, 2014.

AFOLABI, Niyi; BARBOSA, Márcio; RIBEIRO, Esmeralda. Cadernos negros/black notebooks: contemporary Afro-Brazilian literary movement. Niyi Afolabi. Trenton: Africa Word Press. 2008.

ALVES, Miriam; LIMA, Maria Helena (ed.). Women righting: Afro-Brazilian women's short fiction. [Miami]: Mango Pub., 2005.

AMARO, Vagner (org.). Olhos de azeviche: dez escritoras negras que estão renovando a literatura brasileira. Rio de Janeiro: Malê, 2017.

BANORI, Eliseu. A história que minha mãe não me contou e outras histórias da Guiné-Bissau. Belo Horizonte: Nandyala, 2019.

BOYCE DAVIES, Carole. Moving beyond boundaries, volume 2: black women's diasporas. London: Pluto P, 1995.

CRUZ, Eliana Alves. Água de barrela. Rio de Janeiro: Malê, 2018.

CRUZ, Eliane Alves. O crime do Cais do Valongo. Rio de Janeiro: Malê, 2018.

CRUZ, Eliana Alves. Nada digo de ti, que em ti não veja. [Rio de Janeiro]: Pallas Editora, 2020.

DA SILVA, Cidinha. Parem de nos matar. [Rio de Janeiro]: Polém, 2019.

DAU, Alex. O galo que não cantou e outras histórias de Moçambique. Belo Horizonte: Nandyala, 2019, 36p.

DE ASSIS DUARTE, Eduardo; FONSECA, Maria Nazareth Soares; DE GODOY, Maria Carolina. Literatura e afrodescendência no Brasil: antologia crítica. [Belo Horizonte]: Editora UFMG, 2011.

DE ASSIS DUARTE, Eduardo (ed.). Literatura afro-brasileira: 100 autores do século XVIII ao XXI. [Rio de Janeiro]: Pallas Editora, 2020.

PAULA, Sol de. O sol em pequenas doses. Niterói: Editora Itapuca, 2020.

QUILOMBOHOJE (org.). Cadernos Negros, 16, 22: contos afro-brasileiros. São Paulo: Quilombhoje: Anita Garibaldi: Editora Convivência, 1999.

RIBEIRO, Esmeralda; BARBOSA, Marcio. Cadernos negros 24. São Paulo: Quilombhoje, 2001.

RIBEIRO, Esmeralda; BARBOSA, Márcio (orgs.). Cadernos negros, três décadas: ensaios, poemas, contos. São Paulo: Quilombhoje; Brasília: SEPPIR, 2008.

RIBEIRO, Esmeralda; BARBOSA, Marcio. Cadernos negros: contos afro-brasileiros. São Paulo: Quilombhoje, 2019. v. 42.

SANTANA, Patrícia. Minha mãe é negra sim! Belo Horizonte: Mazza Edições, 2021.

SEMOG, Éle. Guarda pra mim. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2015.

SEMOG, Éle (org.). Amor e outras revoluções, Grupo Negrícia: antologia poética. Rio de Janeiro: Malê, 2019.

VIEIRA, Lia. Chica da Silva: a mulher que inventou o mar. Rio de Janeiro: OR Produtor Editorial Independente, 2001.

VIEIRA, Lia. Só as mulheres sangram. [Belo Horiozonte]: Nandyala, 2017.

Downloads

Publicado

2024-07-01

Como Citar

CASSILHAS, Feibriss Ametista Henrique Meneghelli; LIMA, Jacqueline Augusta Leite de; SANTANA, Jeff Jeffa Moreira; SANTOS , Silvana Martins dos. ConVersons: papo afroliterário com Lia Vieira, a teia de afetos e a escrita que nos une. PerCursos, Florianópolis, v. 25, p. e0602, 2024. DOI: 10.5965/19847246252024e0602. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/24376. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Entrevista