Impactos socioambientais e implicações na pesca artesanal das comunidades beneficiárias da RESEX Acaú-Goiana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724623532022240

Palavras-chave:

pescadores artesanais, comunidades tradicionais, carcinicultura, derramamento de petróleo, Rio Goiana

Resumo

A pesca artesanal nas comunidades beneficiárias da RESEX Acaú-Goiana enfrenta diversos impactos socioambientais atrelados ao uso inadequado dos recursos naturais e à lógica do modelo econômico atual. Diante disso, o objetivo do artigo foi identificar esses impactos socioambientais por meio dos relatos de pescadores e pescadoras artesanais. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas nas seis comunidades beneficiárias: Baldo do Rio, Tejucupapo, Povoação São Lourenço, Carne de Vaca, Porto de Congaçari e Acaú. A partir dos relatos, a carcinicultura, o derramamento de petróleo, as usinas de cana-de-açúcar, o lixo e o despejo de efluentes foram os mais citados como principais causadores de impactos que afetam a atividade da pesca artesanal. Diante disso, os relatos apontam a necessidade de políticas públicas urgentes para os pescadores artesanais e seu modo de vida, além da inclusão do conhecimento ecológico local na gestão da RESEX. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Henrique de Vasconcelos Nascimento, Federal University of Pernambuco

Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.

Gilberto Gonçalves Rodrigues, Federal University of Pernambuco

Professor do Departamento de Zoologia da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.

Referências

ACSELRAD, Henri; CAMPELLO, Cecília; BEZERRA, Gustavo das Neves (orgs.). O que é justiça ambiental? 1. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2009.

ACSELRAD, Henri (org.). Conflitos ambientais no Brasil. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 2004.

ALVES, Stevam Gabriel; SANTOS, Solange Laurentino. Injustiças e conflitos socioambientais: o que são e como surgem? Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, Florianopólis, v. 6, n. 2, p. 216-226, 2017.

ARAÚJO, Maria Elisabeth; RAMALHO, Cristiano Wellignton Noberto; MELO, Paulo Wanderley. Pescadores artesanais, consumidores e meio ambiente: consequências imediatas do vazamento de petróleo no Estado de Pernambuco, Nordeste do Brasil. Cadernos de Saúde Pública, [s.l.], v. 36, n. 1, p. 1-6. 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311X00230319. Acesso em: 20 mar. 2020.

ARAÚJO, Isabelle Maria Mendes; NASCIMENTO, Marcelo Marcílio Barbosa; OLIVEIRA, Angelo Giusepe Roncalli da Costa. Recursos hídricos e saúde humana: impactos industriais e estratégias de manejo e proteção ambiental no município de Goiana/PE. Revista Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, v. 13, n. 3, p. 163-181, 2016.

BARDIN, Laurence (org.). Análise de conteúdo. ed. rev. e amp. São Paulo: edições 70, 2011.

BARLETTA, Mário; JAUREGUIZAR, Andrés Javier; BAIGUN, Cláudio; FONTOURA, Nelson Ferreira; AGOSTINHO, Angelo Antonio; ALMEIDA-VAL, Vera M. F.; VAL, Adalberto Luis; TORRES, Rodrigo Augusto; JIMENES-SEGURA, Luz Fernanda; GIARRIZZO, Tommaso; FABRÉ, Nidia Noemi; BATISTA, Vandick Silva; LASSO, Carlos; TAPHORN, Donald Charles, COSTA, Mônica Ferreira; CHAVES, Paulo de Tarso; VIEIRA, João Paes, CORRÊA, Marco Fábio Maia. Fish and aquatic habitat conservation in South America: a continental overview with emphasis on neotropical systems. J Fish Biol, [s.l.], v. 76, n. 9, p. 2118-2176, 2010.

BARLETTA, Mário; LIMA, André R. A; COSTA, Mônica F; DANTAS, David V. Estuarine ecoclines and the associated fauna: ecological information as the basis for ecosystem conservation. In: FINKL, Charles ; MAKOWSKI, Christopher (eds.). Coastal Wetlands: alteration and remediation. 1. ed. [S.l.]: Springer International Publishing, 2017. v. 21. p. 479-513. Disponível em: https://doi.org/10.1007/978-3-319-56179-0_16. Acesso em: 15 fev. 2020.

BAILEY, Keneeth D. Methods of social research: the free press. New York: Macmillan Publishers, 1982. 533 p.

BENNETT, Elizabeth; NEILAND, Arthur; ANANG, Emilia; BANNERMANN, Paul; ATIQ RAHMAN, A; HUQ, Saleemul; BHUIYA, Shajan; DAY, Mark; FULFORD-GARDINER, Michelle; CLERVEAUX, Wesley. Towards a better understanding of conflict management in tropical fisheries: evidence from Ghana, Bangladesh and the Caribbean. Marine Policy, [s.l.], v. 25, n. 5, p. 365-37, 2001. Disponível em: https://doi.org/10.1016/S0308-597X(01)00022-7. Acesso em: 25 mar. 2020.

BRASIL. Decreto de 26 de setembro de 2007. Criação da Reserva Extrativista AcaúGoiana, nos Municípios de Pitimbú e Caaporã, no Estado da Paraíba, e Goiana, no Estado de Pernambuco. [Brasília, DF: Presidência da República], 2007.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância Sanitária. Plano de contingência nacional para infecção humana pelo novo coronavírus COVID-19. [Brasília: MDS], 2020. Disponivel em: https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus/publicacoes-tecnicas/guias-e-planos/livreto-plano-de-contingencia-espin-coe-26-novembro-2020. Acesso em: 25 mar. 2020.

CAVALCANTI, Joana Amarante Silva; WANDERLEY, Bárbara Evelyn Baracho. Os pescadores e pescadoras artesanais em tempos de COVID-19. Revista Pegada, [s.l.], v. 21, n. 2, p. 493-510, 2020. https://doi.org/10.33026/peg.v21i2.7778. Acesso em: 15 nov. 2020.

CIDREIRA NETO, Ivo Raposo Gonçalves Cidreira; RODRIGUES, Gilberto Gonçalves; CANDEIAS, Ana Lúcia Bezerra. Pesca artesanal: identidade e representatividade da mulher pescadora. Cadernos de Gênero e Tecnologia, Curitiba, v. 13, n. 42, p. 62-76, 2020. http://dx.doi.org/10.3895/cgt.v13n42.10577. Acesso em: 15 nov. 2020.

COLETIVO INTERVOZES. Vozes silenciadas: a cobertura do vazamento de petróleo na costa brasileira. Recife: UFPE, 2020. https://intervozes.org.br/publicacoes/vozes-silenciadas-petroleo/. Acesso em: 15 nov. 2020.

DE PAULA, Cristiano Quaresma. Impactos ambientais na pesca artesanal: uma interpretação geográfica. Revista PerCursos, Florianópolis, v. 19, n. 41, p. 79-106. 2018. https://doi.org/10.5965/1984724619412018079. Acesso em: 15 nov. 2020.

DE PAULA, Cristiano Quaresma. A expropriação da terra das comunidades tradicionais de pescadores artesanais. Revista del CESLA, Polonia: Uniwersytet Warszawski, n. 23, p. 255-279, 2019.

DIEGUES, Antônio Carlos; ARRUDA, Rinaldo Sérgio Vieira (orgs.). Saberes tradicionais e biodiversidade no Brasil. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2001.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2011. 200 p.

GURGEL, Aline do Monte; SOUTO, Aline de Souza; GUEDES, Clenio Azevedo; GUEDES, Geovanna Hachyra Facundo; PEREIRA, João Antônio dos Santos; BEZERRA, Virgínia Carmem Rocha. Espelho sem reflexos: conflitos e vulnerabilidades socioambientais em uma região produtora de cana-de-açúcar. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 27, n. 3, p. 1049-1060, 2022. https://doi.org/10.1590/1413-81232022273.27502020. Acesso em: 20 mar. 2020.

HERCULANO, Selene (org.). Riscos e desigualdade social: a temática da justiça ambiental e sua construção no Brasil. Indaiatuba: Encontro de Anppas, 2002.

LIMA, André Ricardo Araújo; BARLETTA, Mário; COSTA, Mônica Ferreira. Seasonal distribution and interactions between plankton and microplastics in a tropical estuary. Estuarine, Coastal and Shelf Science, [s.l.], v. 165, p. 213-225, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.ecss.2015.05.018. Acesso em: 20 mar. 2019.

LIMA, Maira Egito Alves; SELVA, Vanice Santiago Fragoso; RODRIGUES, Gilberto Gonçalves. Gestão participativa nas reservas extrativistas: a atuação do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade. Revista Brasileira de Geografia Física, [s.l.], v. 9, n. 04, p. 1072-1087, 2016.

LIMA, Maira Egito Alves de. Gestão participativa na reserva extrativista Acaú-Goiana: o papel da comunidade de Acaú – PB. 2016. 156 p. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio ambiente) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2016.

MESQUITA, Beatriz; QUINAMO, Tarcisio. Impactos socioeconômicos e ambientais da contaminação por petróleo nas praias do litoral da região Nordeste do Brasil: relatório técnico. Recife: [s.n.], 2020. Disponível em: https://www.gov.br/fundaj/pt-br/composicao/dipes-1/centro-integrado-de-estudos-georreferenciados-cieg/petroleo-nas-praias/IMPACTOS_SOCIOECONOMICOS_E_AMBIENTAIS_NAS_PRAIAS_DO_LITORAL_NORDESTE.pdf. Acesso em: 15 jan. 2021.

NASCIMENTO, Douglas. Macêdo; MOURÃO, José da Silva; ALVES, Rômulo Romeu Nóbrega. A substituição das técnicas tradicionais de captura do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) pela técnica “redinha” no estuário do rio Mamanguape, Paraíba. Sitientibus série Ciências Biológicas, [s.l.], v. 11, n. 2, p. 113-119, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.13102/scb68. Acesso em: 15 mar. 2019.

PACHECO, Maria José. Conflitos no campo: Brasil 2013. Brasil: CPT Nacional, 2013

REIS-FILHO, José Amorim; QUINTO, Danilo. COVID-19, Afastamento social, pesca artesanal e segurança alimentar: como esses temas estão relacionados e quão importante é a soberania dos trabalhadores da pesca diante do cenário distópico. SciELO Preprints., [s.l.], 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.54. Acesso em: 15 jan. 2021.

RIOS, Kassia Aguiar Norberto. Conflitos e resistência: comunidades tradicionais pesqueiras da Bahia. Cadernos do CEAS: Revista crítica de humanidades, Salvador, n. 237, p. 347-364, 2016.

SÁNCHEZ, Luis Enrique. Avaliação de impacto ambiental: conceitos e métodos. 2. ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.

SANTOS, Filipe Duarte. Os desafios ambientais criados pela grande aceleração do pós-guerra. Nação e Defesa, [s.l.], n. 122, 4. série, p. 61-78, 2009.

SANTOS, Rozely Ferreira dos. Planejamento ambiental: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Oficina dos Textos, 2009.

SILVA, Suana Medeiros. Território pesqueiro de uso comum: conflitos, resistência, conquistas e desafios na Reserva Extrativista Acaú-Goiana/PB-PE. 2017. 270 p. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2017

SILVA-JÚNIOR, João Jorge; NICÁCIO, Gilberto; RODRIGUES, Gilberto Gonçalves. A carcinicultura nos manguezais do nordeste brasileiro: problemáticas socioambientais nas comunidades tradicionais. Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais, Recife, v. 9, p. 70-84, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.46802/rmsde.v9i2.245816. Acesso em: 15 jan. 2021.

SILVA, Beatriz Rocha Lins; RODRIGUES, Gilberto Gonçalves. Pescadoras e pescadores artesanais silenciados: impactos socioambientais do derramamento de petróleo nas comunidades pesqueiras em Pernambuco. Mares: Revista de Geografia e Etnociências, [s.l.], v. 2, n. 2, p. 73-84, 2021.

SILVA, Jadson Freire; GOMES, Milena Barros; CANDEIAS, Ana Lúcia Bezerra; RODRIGUES, Gilberto Gonçalves. Análise das dinâmicas vegetacionais e impactos na zona de borda da reserva extrativista marinha Acaú-Goiana (Pernambuco/Paraíba) e sua área do entorno. Revista GeoNordeste, São Cristóvão, v. 1, p. 188-207, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.33360/RGN.2318-2695.2020.i1.p.188-207. Acesso em: 10 jun. 2019.

SILVA, Luiz Rons Caúla; PESSOA, Vanira Matos; CARNEIRO, Fernando Ferreira; ANDRADE, Naila Saskia Melo; MEIRELES, Antônio Jeováh Andrade. Derramamento de petróleo no litoral brasileiro: (in)visibilidade de saberes e descaso com a vida de marisqueiras. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 26, n. 12, p. 6027-6036, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-812320212612.15172021. Acesso em: 10 jan. 2022.

SILVEIRA, Pedro Castelo Branco; MESQUITA, Beatriz; MELO, Luciana; OLIVEIRA FILHO, Ivson. Estuário, paisagem-fluxo de pescadores artesanais. Iluminuras, Porto Alegre, v. 14, n. 34, p. 304-323, 2013. Disponível em: https://doi.org/10.22456/1984-1191.44394. Acesso em: 25 mar. 2020.

SILVEIRA, Pedro Castelo Branco; BUTI, Rafael Palermo. A vida e morte dos guaiamuns: antropologia nos limites dos manguezais. Anuário Antropológico, [s.l.], v. 45, n. 1, p. 117-148, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.4000/aa.4945. Acesso em: 25 mar. 2020.

SOUSA, Adeilton Marcelino Vidal; BEZERRA, Anselmo César Vasconcelos; LYRA, Tereza Maciel; ALBUQUERQUE, Maria do Socorro Veloso. Problemas e conflitos socioambientais no litoral do Município de Goiana, Pernambuco. Revista Brasileira de Geografia Física, [s.l.], v. 10, n. 6, p. 1934-1947, 2017.

WHO. World Health Organization. Coronavirus disease (COVID-19) pandemic. [s.l.]: Who, 2020. Disponível em: https://www.who.int/emergencies/diseases/novelcoronavirus-2019. Acesso em: 20 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2022-12-29

Como Citar

NASCIMENTO, C. H. de V.; RODRIGUES, G. G. Impactos socioambientais e implicações na pesca artesanal das comunidades beneficiárias da RESEX Acaú-Goiana. PerCursos, Florianópolis, v. 23, n. 53, p. 240 - 261, 2022. DOI: 10.5965/1984724623532022240. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/22409. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua