Escritas: mastigando letras, cuspindo palavras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234615372023e0011

Palavras-chave:

escritas, intercessores, práticas artísticas, publicação eletrônica

Resumo

É preciso mastigar letras para sentir frases e cuspir palavras para compor práticas artísticas com o texto: a partir dessa dinâmica, a publicação “e s c r i t a s” apresenta-se como uma compilação experimental de textos em formato eletrônico (e-book). A proposta foi elaborada com base em encontros virtuais durante a pandemia de COVID-19. São “e s c r i t a s” com espaços, pois se tratam de “letras em distanciamento social” a tensionar relações entre um lento retorno à “normalidade” pós-pandemia e o desejo de habitar novas plataformas de produção em arte. Este relato tem como objetivo descrever a experiência de um processo criativo colaborativo e difundir como propostas experimentais em escrita podem encontrar apoio em editais públicos. O artigo segue uma abordagem narrativa ao rememorar os processos de feitura do trabalho, recorrendo ao uso de reproduções imagéticas da própria publicação. Alinha-se também o conceito de intercessores proposto por Deleuze ao relacionar as propostas de criação em oficinas e no texto a uma multiplicidade de agenciamentos, vislumbrando o outro pela diferença de suas produções, pelos modos improváveis de ir e vir, criando um trabalho composto por afetos que pausam em contos, poemas, textos, enfim, em escritas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Nunes Menezes, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestre em Artes Visuais (PPGAV/UDESC). Organizador da publicação “e s c r i t a s” disponível em bit.ly/escritas2022. E-mail: nunesrafael@live.com. Lattes: http://lattes.cnpq.br/6308795153004241.

Referências

BETHONICO, B. R. O texto que existe antes da frase: apontamentos sobre escrever, ler e performar. Revista Digital Do LAV, 9(2), 245-260.

CANTINHO, Maria João. Do ínfimo. Guaratinguetá: Penalux, 2018.

CARACTERE. In: DICIO, Dicionário Online de Português. Porto: 7Graus, 2023. Disponível em: <https://www.dicio.com.br/caractere/>. Acesso em: 01 out. 2023.

DELEUZE, G. Conversações. 3ª ed. São Paulo: Editora 34, 2013.DELEUZE, G; GUATTARI, Felix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia: vol. 1. São Paulo: Editora 34, 2011.

FCC. Edital #SCulturaEmSuaCasa. Santa Catarina, 2020. Disponível em: <https://www.cultura.sc.gov.br/noticias/22712-edital-scultura emsuacasa-tem-inscricoes-abertas-para-apoio-a-iniciativas-culturais-on-line>. Acesso em: 01 out 2023.

LAZZAROTTO, G. D. R.; CARVALHO, J. D. Afetar. In: FONSECA, Tania Mara Galli; NASCIMENTO, Maria Lívia do; MARASCHIN, Cleci (Org.). Pesquisar na diferença: um abecedário. Porto Alegre: Sulina, 2015, p. 25-27.

MOEHLECKE, V. Oficinar. In: FONSECA, Tania Mara Galli; NASCIMENTO, Maria Lívia do; MARASCHIN, Cleci (Org.). Pesquisar na diferença: um abecedário. Porto Alegre: Sulina, 2015, p. 167-170.

OLIVEIRA, M. O. Por uma abordagem narrativa e autobiográfica: diários de aula como foco de investigação. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. (Org.). Educação da cultura visual - conceitos e contextos. 1 ed. Santa Maria: Editora da UFSM, 2011, v. 3, p. 175-190.

RIBEIRO, Walmeri; ROCHA, Thereza. Por uma poética do pensamento e da criação em artes. In: Ribeiro, Walmeri, Rocha, Thereza. (Org.). Das Artes e seus territórios sensíveis. 1 ed. São Paulo: Intermeios, 2014, v. 1, p. 15-20.

ROCHA, Michel Zózimo. Estratégias Expansivas: publicações de artistas e seus espaços moventes. Editora do Autor. Porto Alegre, 2011.

ZANELLA, A. V. Escrever. In: FONSECA, Tania Mara Galli; NASCIMENTO, Maria Lívia do; MARASCHIN, Cleci (Org.). Pesquisar na diferença: um abecedário. Porto Alegre: Sulina, 2015, p. 89-92.

Downloads

Publicado

2023-11-28

Como Citar

MENEZES, Rafael Nunes. Escritas: mastigando letras, cuspindo palavras. Palíndromo, Florianópolis, v. 15, n. 37, p. 1–20, 2023. DOI: 10.5965/2175234615372023e0011. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/24054. Acesso em: 24 fev. 2024.