Descobrindo Giandomenico Tiepolo: história da arte no balanço de Pulcinella

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234613302021148

Palavras-chave:

Giandomenico Tiepolo, Pulcinella, História da arte, Arte veneziana no século XVIII

Resumo

Giandomenico Tiepolo (1727-1804) realizou entre 1759 a 1797 uma série de afrescos em sua residência campestre, a Villa Tiepolo, em Zianigo. Trasladados para o Ca’Rezzonico, em Veneza, fornecem ao visitante contemporâneo um intrigante conjunto, no qual se pode ver exemplares da produção de pintura de gênero do artista, como observador da vida contemporânea e dos tipos sociais, mas também sua dimensão imaginativa, especialmente na sala dos Pulcinella. Focaliza-se alguns destes afrescos, relacionando-os com outras obras e artistas de Veneza do século XVIII, e também colocando-os em diálogo com pesquisadores da Commedia dell’Arte, com relatos de viagem à Itália de J.W. Goethe e o Divertimento per li regazzi, de Giorgio Agamben. Por fim, toma-se as obras estudadas para pensar as motivações para a pesquisa na história da arte, traduzidas no desafio warburguiano de “buscar a nossa ignorância e afugentá-la”. O que Tiepolo não permitiu ver, a misteriosa e inapreensível figura do Pulcinella fazem pensar no fazer história da arte como balanço permanente cujo impulso inicial é sempre um não saber. 

Biografia do Autor

Luana M. Wedekin, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Professora no Departamento de Design da UDESC. Pós-doutorado no PPGAV- UDESC na linha de Teoria e História da Arte; Doutora em Psicologia (UFSC); M.A. em History of Art (The Courtauld Institute of Art); Mestre em Antropologia Social (UFSC); Especialista em Estudos CUlturais (UFSC); Graduada em Educação Artística - Habilitação em Artes Plásticas (UDESC).

Referências

AGAMBEN, G. Pulcinella ovvero Divertimento per li ragazzi. Roma: Nottetempo, 2016.

BARCHAM, W. Private Images for Public Spaces”Religious Art in Eighteenth-Century Venice. In: LIBBY, A.; THOMAS, S. (Cur.) Venice in the Age of Canaletto. New York: Prestel Publishing, 2009. p.41-49.

BARNI, R. Introdução. In: SCALA, Flaminio. A loucura de Isabella e outras comédias da Commedia Dell’Arte. São Paulo: Iluminuras, 2003. p. 15-50.

BERTHOLD, M. História Mundial do Teatro. São Paulo: Perspectiva, 2001.

BOSTOCK, S. The Pictorial Wit of Domenico Tiepolo. 2009. 2 v. (v. 1: 335 p.; v.2: 274 p.). Thesis. (Doctor of Philosophy in Art History). Department of Art History, University of Warwick, Conventry – UK, 2009. Disponível em: http://wrap.warwick.ac.uk/3144/ Acesso em: 21/01/2021.

CALASSO, R. Tiepolo Pink. New York: Penguin Classics, 2020.

CASSEGRAIN, G.; CONTICELLI, V.; LOS LLANOS, J.; LOIRE, S. L’ABCdaire de Tiepolo. Paris: Flammarion, 1998.

DUCHARTRE, P.L. The Italian Comedy. New York: Dover, 1966.

FRANCESCO’S Venice: BBC Series (Documentário apresentado por Francesco da Mosto). Direção: Edward Bazalgette. Produção: Sam Hobkinson. Venice, BBC, 2004.

GOETHE, J. W. Viagem à Itália. São Paulo: Editora da UNESP, 2017.

GOETHE, J. W. Fausto: uma tragédia. Segunda parte. São Paulo: Editora 34, 2020.

GUALDONI, F. Longhi. Milano: Skira, 2010.

HASKELL, F. Mecenas e pintores: arte e sociedade na Itália barroca. São Paulo: EDUSP, 1997.

HUCHET, S. Autorretratos críticos: o que me/nos/vos motiva? Chamada aberta para n. 30. Revista Palíndromo, 2020. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/palindromo/announcement/view/338 Acesso em: 21/02/2021.

LAWNER, L. Harlequin in the Moon: Commedia dell’Arte and the Visual Arts. New York: Harry N Abrams, 1998.

LEVEY, M. La peinture à Venise au 18e siècle. Paris, René Julliard, 1964.

LIBBY, A.; THOMAS, S. (Cur.) Venice in the Age of Canaletto. New York: Prestel Publishing, 2009.

MAAS, W.P. Prefácio. In: GOETHE, J. W. Viagem à Itália. São Paulo: Editora da UNESP, 2017. p. 11-16.

MAKOWIECKY, S. Janelas múltiplas, janelas do olho, espírito da alma, espelho do mundo. In: Anais do 26o Encontro da Anpap. Campinas: Pontifícia Universidade Católica de Campinas, 2017. p. 2056-2083.

MARIUZ, A. Tiepolo. Venezia: Cierre Edizioni, 2012.

MAZZUCCO, K. I seminari della KBW. Un laboratorio di método. Engramma, n. 56, apprile 2007. Disponível em: http://www.engramma.it/eOS/index.php?id_articolo=2596 Acesso em 15/02/2021.

PANOFSKY, E. Et in Arcadia Ego: Poussin e a tradição elegíaca. In: Significado nas artes visuais. São Paulo: Perspectiva, 1991. p. 377-409.

PAVIS, P. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, 1999.

RUDLIN, J. Commedia dell’Arte: An Actor’s Handbook. London: Routledge, 1994.

Downloads

Publicado

2021-05-01

Como Citar

Wedekin, L. M. (2021). Descobrindo Giandomenico Tiepolo: história da arte no balanço de Pulcinella . Palíndromo, 13(30), 148-168. https://doi.org/10.5965/2175234613302021148