Autorretrato: narrativas A/r/tográficas e processos de criação em histórias compartilhadas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234614322022303

Palavras-chave:

Narrativas A/r/tográficas, Autorretrato, Memória, Gênero e Sexualidades, Artista Arquivista

Resumo

Este artigo busca compreender o legado familiar – narrativo e imagético – no meu processo de investigação artística chamado Autorretrato – instalação apresentada na exposição coletiva “Tramações”, em 2018, na Galeria Capibaribe do Centro de Artes e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco. Faço uma ressignificação de minha história familiar por meio de objetos capturados e criados em lembranças, tais como cartas, memórias escritas e transcritas que compõem o meu imaginário. Neste cenário de recordações também recriei e forjei estórias que foram se unindo à minha história a partir de laços entre mim e meus familiares, especialmente as mulheres que me antepassaram. Por meio da narrativa A/r/tográfica que me permitiu abordar a congruência entre minhas vivências enquanto artista, professora e pesquisadora, fiz a seguinte pergunta: como a ressignificação de narrativas do feminino, no âmbito familiar, contribuíram para o processo de criação da obra Autorretrato e quais questionamentos reverberaram? Partindo disso, tomei como base teórica os Estudos de Gênero e Sexualidades, Memória coletiva e a concepção de Artista Arquivista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Borre, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Professora e coordenadora dos Cursos de Licenciatura e Bacharelado em Artes Visuais da Universidade Federal de Pernambuco. Professora e vice-coordenadora no Programa Associado de Pós-Graduação em Artes Visuais UFPE/UFPB. É doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). No período de janeiro de 2013 a janeiro de 2014, foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE/CAPES) na Universidade Publica de Navarra, Espanha. Integrante do Grupo de Pesquisa Cultura Visual e Educação (GPCVE). Mestre em Educação pela PUCRS (2008); especialista em Gestão e Planejamento Escolar pela PUCRS (2006) e graduada em Pedagogia pela UFRGS (2004).

Referências

ALVES, Rubem. [Orelha do livro]. In Variações Sobre o Prazer. Ed. Planeta do Brasil LTDA. São Paulo, 2013.

BOSI, Ecléa. Memória e Sociedade: Lembrança dos Velhos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

BRAGA. Felipe P. Estratégias de um artista- arquivista. Revista Morpheus: Estudos Interdisciplinares em Memória Social, Rio de Janeiro, V. 9, N. 16, ago./dez. 2016.

DIAS, Belidson. Preliminares: A/r/tografia como Metodologia e Pedagogia em Artes. In: DIAS, Belidson e IRWIN, Rita. Pesquisa educacional Baseada em Arte: A/r/tografia. Santa Maria: UFSM, 2013.

DIAS, Belidson. Preliminares: A/r/tografia como metodologia e pedagogia em Artes. In: Maria das Vitórias Negreiros do Amaral; Maria Betânia e Silva. (Org.). Conferências em Arte/Educação: Narrativas Plurais. 1ed.Recife: FAEB, 2014, v., p. 249-257.

FOUCAULT, Michel. A história da sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro, Edições Graal, 1988.

GENNEP, A. V. Classificação dos ritos. In: Os ritos de passagem. Petrópolis. Editora Vozes, 1978.

HALBWACHS, M. A Memória coletiva. Trad. de Laurent Léon Schaffter. São Paulo, Vértice/Revista dos Tribunais, 1990. Tradução de: La mémoire collective.

MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. Investindo no potencial das Pedagogias Culturais. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene (Orgs.). Pedagogias Culturais. Santa Maria: Editora UFSM, 2014. p. 11 – 14.

RAGO, Margareth. A aventura de contar-se: feminismos, escrita de si e invenções da subjetividade. Campinas: Unicamp, 2013.

RODRIGO, Javier; COLLADOS, Antônio. Enredando-nos dentro e fora das pedagogias: paradoxos e desafios das políticas e Pedagogias Culturais. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene (Orgs.) Pedagogias Culturais. Santa Maria:

Editora UFSM, 2014. p. 19-44.

Downloads

Publicado

2022-01-03

Como Citar

BORRE, L.; SANTOS, L. Autorretrato: narrativas A/r/tográficas e processos de criação em histórias compartilhadas. Palíndromo, Florianópolis, v. 14, n. 32, p. 303-327, 2022. DOI: 10.5965/2175234614322022303. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/19589. Acesso em: 24 maio. 2022.