Pioneirismo feminino no teatro de bonecos no Brasil: Memórias de uma trajetória pessoal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034702232020255

Palavras-chave:

Mulher no Teatro de Animação. Associação Brasileira de Teatro de Bonecos. Festival de Teatro de Bonecos. Circo de Marionetes. História do Teatro de Bonecos Brasileiro.

Resumo

O presente artigo consiste em um relato da autora, Clorys Daly, sobre sua trajetória desbravando ambientes tracionalmente masculinos; do momento da criação dos primeiros festivais de teatro de bonecos no Brasil, passando pela criação da Associação Brasileira de Teatro de Bonecos (ABTB), do Circo de Marionetes Bem-Me-Quer aos dias de hoje. Clorys reconta sobre o papel de sua mãe como fonte de inspiração feminina, sobre a percepção da época sobre seu trabalho enquanto mulher no teatro e teatro de bonecos e o assédio sofrido para a conquista de seu espaço. Em 2016 aos 82 anos Clorys tornou-se Cidadã Honorária da Cidade do Rio de Janeiro pelos seus serviços ao teatro de bonecos. Em 2020 aos 86 anos Clorys relata sua motivação para continuar ativa no teatro de bonecos. Clorys conclui com seus desejos e votos para as novas gerações. Este escrito tem por intuito estimular novas gerações de bonequeiras e produtoras a continuarem abrindo e batalhando pelos seus espaços no teatro de animação. 

Biografia do Autor

Clorys Daly, UNIMA

Nascida em 15 de março de 1934 em Três Barras, Santa Catarina, é fundadora da Associação Brasileira de Teatro de Bonecos - ABTB (1973), primeira representante da Union Internationale de la Marionnette - UNIMA (1972-1977) em território nacional. Criou o Circo de Marionetes Malmequer (1979-1988), presidente da Associação Rio de Teatro de Bonecos - ARTB (1999-2006), produziu inúmeros espetáculos e festivais, recebeu o diploma de Cidadã Honorária da Cidade do Rio de Janeiro (2016) e é considerada a memória viva do teatro de bonecos no Brasil. Na Festa Internacional de Teatro de Angra (FITA) existe o prêmio Clorys Daly, em sua homenagem. Clorys lançou seu primeiro livro sobre seu circo de marionetes e está atualmente escrevendo seu segundo livro sobre a fundação da Associação Brasileira de Teatro de Bonecos.

Referências

ABRAMS, Steve. Bil Baird [William Britton Baird] (em inglês). World Encyclopedia of Puppetry Arts, 2012. Disponível em https://wepa.unima.org/en/bil-baird/. Acesso em: 29 set. 2020.

ANIMANECO JOINVILLE. Mesa: Reflexões, experiências e pesquisas da atuação da mulher no Teatro de Animação. 2º Seminário de Teatro de Animação de Joinville. Mediação: Profa. Dra. Sassá Moretti (UFSC, SC). Convidadas: Clorys Daly (RJ), Verônica Gehrmannn (SP), Catarina Calungueira (RN), 30 ago. 2020. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=7xk4VS04hCM. Acesso em: 28 set. 2020.

CBTIJ (Centro Brasileiro de Teatro para Infância e Juventude). Acervo Clorys Daly, 2008. Disponível em https://cbtij.org.br/categoria/acervo/clorys-daly-acervo/. Acesso em: 28 set. 2020.

CIA EPIDEMIA DE BONECOS, Conhecimentos, histórias e memórias com Clorys Daly. Mediação Izabel vasconcelos, 29 julho 2020. Disponível em parte I https://www.instagram.com/tv/CDPXnrvlQBC/?utm_source=ig_web_copy_link e Parte II https://www.instagram.com/p/CDPcRGoFV4f/. Acesso em: 28 set. 2020.

DALY, Clorys Mary Rodrigues Wisnerowicz. Espera Feliz. O Circo de Marionetes Bem-Me-Quer e suas Andanças. Jaguará do Sul: Design Editora, 2018.

_______. Associação Brasileira de Teatro de Bonecos (ABTB) Móin-Móin - Revista De Estudos Sobre Teatro De Formas Animadas, v. 1, n.13, p. 14-027, 2015a. doi.org/10.5965/2595034701132015014

_______. Entrevista concedida a Antônio Carlos Bernardes. CBTIJ Centro Brasileiro de Teatro para Infância e Juventude, Copacabana, 8 dez. 2015b. Disponível em https://cbtij.org.br/34469/. Acesso em: 28 set. 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

Daly, C. (2020). Pioneirismo feminino no teatro de bonecos no Brasil: Memórias de uma trajetória pessoal . Móin-Móin - Revista De Estudos Sobre Teatro De Formas Animadas, 2(23), 255-269. https://doi.org/10.5965/2595034702232020255