“EXTENSÃO EM CHAMAS”

reivindicando a Guerra de Espadas enquanto comunidade cultural na Bahia

Autores

  • Filipe Arnaldo Cezarinho UNICENTRO

Palavras-chave:

Extensão, Cultura, Guerra de Espadas

Resumo

O objetivo deste relato de pesquisa/extensão é apresentar a experiência na construção do livro No ritmo do fogo: contos e memórias da Guerra de Espadas na Bahia a partir do envolvimento articulado da comunidade espadeira de diversos municípios da Bahia, em 2021. A ação originou-se da premiação do Edital N° 01/2020 – Premiação Fundação Pedro Calmon, Prêmio Aldir Blanc, categoria memória. Metodologicamente, foram contactados, via WhatsApp, Instagram e Facebook, grupos de espadeiros (as) que compartilharam fotografias familiares e relatos pessoais para a construção do livro. Apoiando-se em seus saberes populares, o livro demonstra que a Guerra de Espadas resiste, mesmo depois de sua criminalização pelos poderes estatais, através de uma tradição que se transforma há mais de cem anos. A atuação política de homens e mulheres espadeiros (as) tem mantido a tradicional prática no tempo presente como um importante pilar identitário entre populares da Bahia.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CEZARINHO, Filipe Arnaldo. Uma experiência de pesquisa com fones digitalizadas da Hemeroteca do Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular – (CNFCP). Semina – Revista dos Pós-Graduandos em História da UPF. v. 20, n. 2, p. 96-111, maio/ago. 2021.

CEZARINHO, Filipe Arnaldo. Apresentação e agradecimentos. In: CEZARINHO, Filipe Arnaldo; DOURADO, Tábata Figueiredo. No ritmo do fogo: contos e memórias da Guerra de Espadas na Bahia. 1ª ed. Bauru: Gradus Editora, 2021. p. 9-11.

CEZARINHO, Filipe Arnaldo. A Guerra de Espadas na Bahia (1980-2017). 2018. 195 f. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná, Programa de Pós-Graduação em História, Irati, 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 78. Ed. - Rio de Janeiro Paz e Terra, 2021.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: três artigos que se completam. 7ª Ed. São Paulo: Cortez Editora, 1984.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? 7ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. 3ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

OLIVEIRA, Adriana da Silva. Entre a cruz e as espadas: práticas culturais e identidades no São João de Cruz das Almas – BA. 2012. 177 f. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Estadual da Bahia. Departamento de Ciências Humanas, Campus V, Santo Antônio de Jesus, 2012.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Como Citar

CEZARINHO, F. A. “EXTENSÃO EM CHAMAS”: reivindicando a Guerra de Espadas enquanto comunidade cultural na Bahia. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 6, n. 1, p. 42-52, 2022. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/22099. Acesso em: 3 out. 2022.