CONSTRUÇÃO DE VÍDEOS EDUCATIVOS SOBRE O USO DE QUESTIONÁRIO ON-LINE NA PESQUISA COM SERES HUMANOS

Autores

  • Raphael Ilidio Arduini Universidade Federal do Triângulo Mineiro

DOI:

https://doi.org/10.5965/259464120502202120

Palavras-chave:

research ethics; online questionnaire; educational video; action research

Resumo

Este estudo descreve o processo de criação de três vídeos educativos sobre o uso de questionários online na pesquisa com seres humanos. Esse estudo foi realizado no contexto de um Comitê de Ética em Pesquisa como forma de desenvolvimento de instruções a pesquisadores que intentam utilizar questionários on-line como instrumento de coleta de dados na pesquisa com seres humanos. Inicialmente foi realizada uma introdução sobre a ética em pesquisa e o questionário como instrumento de pesquisa. O processo de criação do vídeo foi desenvolvido por meio da metodologia de pesquisa-ação, conforme proposto por Michel Thiollent, com um grupo de membros de um comitê de ética em pesquisa. A pesquisa respeitou o ciclo de investigação-ação, cumprindo as etapas de identificação do problema, planejamento, ação, descrição e avaliação. O problema identificado era a ausência de orientações para o uso de questionário on-line. A elaboração do vídeo foi estruturada em etapas, sendo essas a elaboração e aprovação do roteiro, gravação e edição do vídeo e avaliação do vídeo pelos participantes da pesquisa, sendo essas etapas realizadas nas fases de planejamento, ação e avaliação respectivamente. O primeiro vídeo apresenta a ética em pesquisa e o sistema CEP-CONEP; o segundo vídeo aborda o processo de consentimento/assentimento; e o terceiro vídeo, orienta a elaboração de um questionário on-line com o registro do consentimento/assentimento. Os resultados mostraram que os vídeos possuem adequação quanto ao o objetivo proposto, forma e conteúdo, e aptidão suficiente para serem utilizados, apontando um caminho para novas produções educativas referentes à ética em pesquisa no futuro.

Referências

AQUINO, Estela M. L. et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Rev. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, supl. 1, p. 2423-2446. Jun, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10502020.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 1ª ed. Lisboa. Edições 70, 1995.

BASTOS, Wagner Gonçalves; FILHO, Luiz Augusto Coimbra de Rezende; JUNIOR, Américo de Araujo Pastor. PRODUÇÃO DE VÍDEO EDUCATIVO POR LICENCIANDOS: UM ESTUDO SOBRE RECEPÇÃO FÍLMICA E MODOS DE LEITURA. Rev. Ens. Pesqui. Educ. Ciênc. (Belo Horizonte), Belo Horizonte, v. 17, n. 1, p. 39-58, Abr . 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1983-211720175170102.

BAUER, Matheus. Sistema para equalização paramétrica de áudio em tempo real. 2018. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2018. Disponível em: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/12120

.

BEZERRA, Anselmo César Vasconcelos et al. Fatores associados ao comportamento da população durante o isolamento social na pandemia de COVID-19. Rev. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, supl. 1, p. 2411-2421, Jun. 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10792020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 12 dez. 2012. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html>.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Norma Operacional nº 001/2013. Brasília, 2013. p. 1-14. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/web_comissoes/conep/aquivos/CNS%20%20Norma%20Operacional%20001%20-%20conep%20finalizada%2030-09.pdf>.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 510, de 7 de abril de 2016. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 24 maio 2016. Seção 1. p. 44-46. Disponível em: .

CAICEDO-OCHOA, Yaset; REBELLÓN-SÁNCHEZ, David; PEÑALOZA-RALLÓN, Marcela; CORTÉS-MOTTA, Hector; MÉNDEZ-FANDIÑO, Yardany. Effective Reproductive Number estimation for initial stage of COVID-19 pandemic in Latin American Countries. International Journal of Infectious Diseases. Volume 95, 2020, p. 316-318. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.ijid.2020.04.069.

COMPARATO, Doc. Da criação ao roteiro: teoria e prática. São Paulo. Editora Summus, 2009.

ESCOSTEGUY, Ana Carolina. Circuitos de cultura/circuitos de comunicação: um protocolo analítico de integração da produção e da recepção. Revista Comunicação, Mídia e Consumo. São Paulo, SP. vol. 4, n.11, p. 115 – 135, Nov. 2007. Disponível em: http://revistacmc.espm.br/index.php/revistacmc/article/view/111.

EVANS, Joel; MATHUR, Anil. The value of online survey. Internet Research, v. 15, n. 2, p. 195-219, 2005. Disponível em: <https://www.researchgate.net/profile/Joel_Evans4/publication/220146842_The_Value_of_Online_Surveys/links/5519365c0cf273292e70e1c5.pdf>

FALEIROS, Fabiana et al. USE OF VIRTUAL QUESTIONNAIRE AND DISSEMINATION AS A DATA COLLECTION STRATEGY IN SCIENTIFIC STUDIES. Rev. Texto Contexto Enfermagem. Florianópolis, SC. v. 25, n. 4, e3880014, 2016. Disponível em: Disponível em: https://doi.org/10.1590/0104-07072016003880014.

FREITAS, Henrique; JANISSEK-MUNIZ, Raquel; MOSCAROLA, Jean. Uso da Internet no processo de pesquisa e análise de dados. Associação Nacional de Empresas de Pesquisa. Anais. São Paulo, 2004. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/4801

FREITAS, Corina Bontempo Duca. Os comitês de ética em pesquisa: evolução e regulamentação. Rev. Bioética. 1998; v.6, e.2. pg. 189-95. Disponível em: https://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica/article/view/347/414

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, sexta edição, 2008.

GORBALENYA, Alexander E. et al. Severe acute respiratory syndrome-related coronavirus: The species and its viruses – a statement of the Coronavirus Study Group. Coronaviridae Study Group of the International Committee on Taxonomy of Viruses. Fev. 2020. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10261/212994.

GUERRIERO, I. C. Z. A resolução 510/16: diretrizes éticas para pesquisas em Ciências Humanas e Sociais. Cad. Ter. Ocup. UFSCar, São Carlos, SP. v. 24, n. 3, p. 429-433, 2016

http://dx.doi.org/10.4322/0104-4931.ctoED2403

GUERRIERO, I. C. Z. Resolução n° 510, de 7 de abril de 2016 que trata das especificidades éticas das pesquisas nas ciências humanas e sociais e de outras que utilizam metodologias próprias dessas áreas. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 8, p. 2619-2630, 2016.

NOVOA, Patrícia Correia Rodrigues. O que muda na Ética em Pesquisa no Brasil: resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Rev. Einstein (São Paulo), São Paulo, SP. v. 12, n. 1, p. vii-vix, Mar. 2014. Disponível http://dx.doi.org/10.1590/S1679-45082014ED3077.

OLIVEIRA, Nucia Alexandra Silva de. História e internet: conexões possíveis. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, SC. v. 6, n.12, p. 23 ‐ 53, mai./ago. 2014. Acessado em 14 de outubro de 2020. Disponível em: https://doi.org/10.5965/2175180306122014023.

ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DE SAÚDE (OPAS). Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Consultado em 1 de outubro de 2020. Disponível em: https://www.paho.org/pt/covid19

PASINI, Carlos Giovani Delevati; CARVALHO, Élvio de; ALMEIDA, Lucy Hellen Coutinho. A EDUCAÇÃO HÍBRIDA EM TEMPOS DE PANDEMIA: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES. Observatório Socie-economico da COVID-19. Universidade Federal de Santa Maria, RS. 2020. Disponível em: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/820/2020/06/Textos-para-Discussao-09-Educacao-Hibrida-em-Tempos-de-Pandemia.pdf

PASTOR JUNIOR, Américo de Araujo; REZENDE, Luiz Augusto de Coimbra; BASTOS, Wagner Gonçalves. Recepção audiovisual na educação médica: leituras de um vídeo educativo de psicologia médica por estudantes de medicina. Rev. bras. educ. med., Rio de Janeiro, RJ. v. 36, n. 4, p. 516-523, dez. 2012. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0100-55022012000600010.

RIBEIRO, Patrícia; SOPHIA, Daniela Carvalho; GRIGORIO, Deise de Araújo. Gestão governamental e sociedade: informação, tecnologia e produção científica. Rev. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 12, n. 3, p. 623-631, June 2007. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232007000300012.

SAMPAIO, Renata Maurício. Práticas de ensino e letramentos em tempos de pandemia da COVID-19. Resourch, Society and Development, v.9, n.7, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4430

SCHWARTZ, Fabiano Peruzzo. Distanciamento social e o achatamento das curvas de mortalidade por COVID-19: uma comparação entre o Brasil e epicentros da pandemia. Revista Thema, 18(ESPECIAL), p. 54-69. 2020. Disponível em: https://doi.org/10.15536/thema.V18.Especial.2020.54-69.1810

SILBIGER, Lara Nogueira. O potencial educativo do audiovisual na educação formal. Ciências da Comunicação em Congresso na Covilhã. Actas do III Sopcom, VI Lusocom e II Ibérico. p. 375-381. Org. Antonio Fidalgo e Paulo Serra. Universidade da Beira Interior. Convilhã, 2005. Acessível em: http://labcom.ubi.pt/ficheiros/ACTAS%20VOL%204.pdf

SILVA, Sandro Márcio da; SANTOS, Cláudia Cristina Martins; SIQUEIRA, José de Oliveira. O uso do questionário eletrônico na pesquisa acadêmica: um caso de uso na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Anais. South Padre Island: BALAS/University of Texas, 1998.

TEIXEIRA, Renan Kleber Costa; YAMAKI,Vitor Nagai; GONÇALVES, Thiago Barbosa. BOTELHO, Nara Macedo. Comitê de Ética em Pesquisa: história e atualidade. Biblioteca Regional da Saúde. Organização Pan-Americana da Saúde. 2012. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/0101-5907/2012/v26n4/a3494.pdf

TORRINI, Danilo. Questionários on-line, pag. 55 a 75. Métodos de Pesquisa em Ciências Sociais – Bloco quantitativo. CEBRAP – SESC. São Paulo, SP. 2016. Disponível em: http://bibliotecavirtual.cebrap.org.br/arquivos/2017_E-BOOK%20Sesc-Cebrap_%20Metodos%20e%20tecnicas%20em%20CS%20-%20Bloco%20Quantitativo.pdf

TRIPP, David. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Rev. Educ. Pesqui., São Paulo, SP. v. 31, n. 3, p. 443-466, 2005. disponível em: https://doi.org/10.1590/S1517-97022005000300009.

VASCONCELLOS-GUEDES, Liliane; GUEDES, Luís Fernando. Ascenção. E-surveys: Vantagens e Limitações dos Questionários Eletrônicos via Internet no Contexto da Pesquisa Científica. In: X SemeAd – Seminário em Administração FEA/USP. São Paulo, SP. 2007. Disponível em: http://sistema.semead.com.br/10semead/sistema/resultado/trabalhosPDF/420.pdf

VAN DEN BERGH, Frans. LALIOTI, Vali. Software chroma keying in an immersive virtual environment. South African Computer Journal, Number 24, 1999. Disponível em: http://hdl.handle.net/10500/24376.

VIKRAM, Shweta. Web 2.0 with Past and Future. International Journal of Systems, Algorithms & Applications. p. 190-193. 2013. Disponível em: https://www.academia.edu/14197952/Web_2_0_with_Past_and_Future

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Pneumonia of unknown cause – China. Geneva. WHO. 2020. Disponível em: https://www.who.int/csr/don/05-january-2020-pneumonia-of-unkown-cause-china/en/

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). WHO Director-General's statement on IHR Emergency Committee on Novel Coronavirus (2019-nCoV). Geneva. WHO. 2020. Disponível em: https://www.who.int/news-room/detail/23-01-2020-statement-on-the-meeting-of-the-international-health-regulations-(2005)-emergency-committee-regarding-the-outbreak-of-novel-coronavirus-(2019-ncov)

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

ARDUINI, R. I. CONSTRUÇÃO DE VÍDEOS EDUCATIVOS SOBRE O USO DE QUESTIONÁRIO ON-LINE NA PESQUISA COM SERES HUMANOS. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 5, n. 2, p. 20-44, 2021. DOI: 10.5965/259464120502202120. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/19780. Acesso em: 20 jan. 2022.