Navegar é Preciso – A carnavalização alegórica das navegações Europeias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/27644669030620230201

Palavras-chave:

Navegações, Alegorias, Semelhança, Frase-imagem, Imagem sem frase

Resumo

Assim como no teatro, nos desfiles das Escolas de Samba do Rio de Janeiro concorrem múltiplos sistemas de significação que promovem uma comunicação complexa a partir de significantes de diversos sistemas de códigos. As alegorias, entre os signos visuais apresentados, se destacam pelo seu potencial semântico: verdadeiros cenários construídos sobre rodas que são idealizados por cenógrafos e iluminadores para veicular as mensagens pretendidas pelos carnavalescos. Este artigo analisa como o mesmo evento histórico – as chamadas Grandes Navegações – foi abordado alegoricamente no Sambódromo carioca sob diferentes operações imagéticas: na representação por semelhança, como frase-imagem e como imagem sem frase (RANCIÈRE, 2012).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Augusto de Jesus, PPGAV-EBA-UFRJ

Doutor em Artes Visuais / Imagem e Cultura pelo PPGAV/EBA/UFRJ (2023). Pesquisador-organizador do NEsCaFe - Núcleo de Estudos de Carnavais e Festas. Possui Mestrado em História da Dramaturgia - Universidad de Alcalá (2012), diploma revalidado no Brasil pelo Mestrado em Artes da Cena da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2018). Graduado em Artes Cênicas e Cenografia pela EBA/UFRJ (2010).

Referências

ARISTÓTELES. Poética. Tradução Ana Maria Valente. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2008.

BARROS, Paulo. Sem segredo: Estratégia, inovação e criatividade. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013.

___________. Roteiro do desfile e ficha técnica da Unidos do Viradouro. In: Livro Abre-alas - Domingo. Rio de Janeiro: LIESA, 2019. p. 73-94. Disponível em <https://liesa.globo.com/downloads/memoria/outros-carnavais/2019/abre-alas-domingo.pdf>. Acesso em: 10, mar. 2023.

___________.; AZEVEDO, I.; MARTINS, S.; TRINDADE, A.P. No voo da águia, uma viagem sem fim... Sinopse de enredo da Portela. In: Livro Abre-alas - Segunda. Rio de Janeiro: LIESA, 2016. p. 168-176. Disponível em <https://liesa.globo.com/downloads/memoria/outros-carnavais/2016/abre-alas-segunda.pdf>. Acesso em: 10, mar. 2023.

___________.; ___________.; ___________.; ___________. Viraviradouro. Sinopse de enredo da Unidos do Viradouro. In: Livro Abre-alas - Domingo. Rio de Janeiro: LIESA, 2019. p. 65-72. Disponível em <https://liesa.globo.com/downloads/memoria/outros-carnavais/2019/abre-alas-domingo.pdf> . Acesso em: 10, mar. 2023.

DIAS, A. M. P. “É fantástico, virou Hollywood isso aqui”: Os processos artísticos pós-modernos nos carnavais de Paulo Barros. Dissertação (Mestrado em Arte e Cultura Contemporânea) – Instituto de Artes, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.

DUBOIS, Philippe. Cinema, vídeo, Godard. São Paulo: Cosac Naify, 2004.

FARIAS, Edson S. O desfile e a cidade: O carnaval-espetáculo carioca. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1995.

FARIAS, Júlio César. O enredo de escola de samba. Rio de Janeiro: Litteris Ed., 2007.

JESUS, Leonardo Augusto de. Desfile-conceito x desfile-imagem: O dizível e o visível nas Escolas de Samba do Rio de Janeiro na hipermodernidade. 391f. Tese (Doutorado em Artes Visuais). Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Belas Artes, 2023.

LEOPOLDI, José Sávio. Escola de samba, ritual e sociedade. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2010.

LIPOVETSKY, G.; SERROY, J. A tela global: Mídias culturais e cinema na era hipermoderna. Porto Alegre: Sulina, 2009.

LOUZADA, Alexandre. [Entrevista concedida a] Leonardo Augusto de Jesus. Arquivo de áudio: Louzada.m4a (3h50min). 22 dez. 2022.

___________.; VARELA, A.; VILA, M. Soy loco por ti América: A Vila canta a latinidade. Sinopse de enredo da Unidos de Vila Isabel. Rio de Janeiro, LIESA, 2006. Disponível em <https://unidosdevilaisabel.com.br/carnaval-2006/#:~:text=Sinopse%20do%20enredo&text=%C3%89%20o%20samba%20que%20vem,pela%20identidade%20de%20sua%20gente.>. Acesso em 27, abr. 2023.

PEIRCE, Charles S. Semiótica. São Paulo: Ed. Perspectiva, 2015.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível. 2. ed. São Paulo: Ed. 34, 2009.

___________. O destino das imagens. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

SANTAELLA, Lúcia. O que é semiótica. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1983.

UBERSFELD, Anne. Para ler o teatro. São Paulo: Perspectiva, 2013.

Downloads

Publicado

2024-05-09

Como Citar

AUGUSTO DE JESUS, Leonardo. Navegar é Preciso – A carnavalização alegórica das navegações Europeias . A Luz em Cena: Revista de Pedagogias e Poéticas Cenográficas, Florianópolis, v. 3, n. 06, p. 1–30, 2024. DOI: 10.5965/27644669030620230201. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/aluzemcena/article/view/24350. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático: CENOGRAFIAS, ALEGORIAS E DEMAIS ELEMENTOS NO ESPAÇO DA CENA