Sonoridades nas Cenas: um debate sobre o tema

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/127644669020420221001

Palavras-chave:

debate, sonoridades das cenas, evento A Luz em Cena

Resumo

Este debate ocorreu na data de 30 de outubro do ano de 2021 como um lançamento em chamada pública para o dossiê temático de mesmo título. Ele está hospedado na plataforma YouTube no canal Luz Laboratório UDESC, pertencente ao Laboratório de iluminação da Universidade do Estado de Santa Catarina. O debate integrou a programação da décima edição do Evento A Luz em Cena. Teve como debatedores os integrantes da comissão editorial do Quarto Dossiê entre eles Flora Holderbaum, Thais Oliveira, Morgana Martins, Ernani Maleta e José Claudio Castanheira. A abertura e encerramento ficou sobre a coordenação de Marcelo Araújo como um representante do evento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flora Ferreira Holderbaum, Universidade do Estado de Santa Catarina

Artista Sonora e Docente/PhD em Música - Sonologia da USP Brasil. É violinista, dubladora, professora e compositora. Atua com processos criativos em torno da poética vocal e instrumental e suas interseções com a música experimental e eletroacústica. Tem experiência como intérprete, pesquisadora e compositora em eventos musicais no Brasil e no exterior, como o Monaco Eletroacoustique Festival (2013), FIME (Festival Internacional de Música Experimental) (2016), Festival Música Estranha (2016), RUMOR (2017), IMPRÔ (2019), e Frestas Telúricas (2020). Organizou a conferência internacional Sonologia 2019-I juntamente com o NuSom - USP. Atualmente, Flora é Professora Associada em Tecnologia Musical no Departamento de Música - DMU, ​​da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Brasil.

Ernani de Castro Maletta, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor Titular do Curso de Graduação em Teatro da Escola de Belas Artes da UFMG. Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005). Em 2010/2011, desenvolveu pesquisa de Pós-Doutorado na Itália, ao lado da artista e pesquisadora italiana Francesca Della Monica. Autor do livro "Atuação polifônica: princípios e práticas", publicado em 2016 pela Editora UFMG. Como diretor cênico/musical, ator e cantor, tem atuação reconhecida no Grupos Galpão/MG, Clowns de Shakespeare/RN e Teatro da Pedra/MG, e com os diretores Gabriel Villela/SP e Federico Tiezzi/Itália. Atuou na direção musical do espetáculo teatral "O Grande Circo Místico", por indicação de Edu Lobo, e na dramaturgia musical, ao lado de Della Monica, das tragédias Ifigênia em Áulis, de Eurípides, e Electra, de Sófocles, produzidas pelo Istituto Nazionale del Dramma Antico no Teatro Greco di Siracusa/Italia. É fundador e diretor do Grupo Cênico-Musical Voz&Companhia e integrante do Grupo Vocal Nós&Voz. Atua principalmente nas seguintes áreas: direção musical, direção cênica, atuação polifônica, formação do ator e preparação vocal-musical.

José Claudio Siqueira Castanheira, Fluminense Federal University

Doutor em comunicação pela Universidade Federal Fluminense, com estágio doutoral na McGill University - Canadá. É professor do Departamento de Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Ceará. É líder do grupo de pesquisa GEIST (Grupo de Estudos em Imagens, Sonoridades e Tecnologias) - CNPq. Pesquisador nas áreas de cultura digital, música, estudos do som e cinema.

Morgana Fernandes Martíns, Rio de Janeiro State University

Doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO (2017) Mestre em Teatro (2011) e graduada em Licenciatura em Artes Cênicas (2007) pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC. Suas pesquisas abordam estudos sobre a musicalidade do corpo cênico e da encenação teatral, tendo como principais referências as criações artísticas do encenador russo Vsévolod Meyerhold e o treinamento da Biomecânica Teatral. Atualmente é professora do Instituto de Artes da UERJ, ministrando as disciplinas de Dança: processos e modalidades e Processos de criação na cena contemporânea.

Thais Rodrigues Oliveira, Goiás State University

Docente efetiva do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Pós-doutora em Comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Doutora em Performances Culturais pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás (FCS-UFG). Mestre em Arte e Cultura Visual pela Faculdade de Artes Visuais da UFG. Graduada em Audiovisual com especialização em Cinema e Educação, atua na área de produção cinematográfica prioritariamente como captadora de som direto e editora de som. Atualmente é coordenadora da Rádio UEG Educativa. Coordena o Núcleo Audiovisual de Produção de Foleys (NAUFO_UEG) do curso de Cinema e Audiovisual da UEG. É pesquisadora no grupo de pesquisa CRIA - Centro de Realização e Investigação Audiovisual, da UEG. Também integra o LAPIS - Laboratório de Pesquisa em Imagem e som da UFPE. Tem interesse em pesquisas direcionadas ao som de cinema, arte sonora, cinema goiano e produção técnica em audiovisual.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Como Citar

HOLDERBAUM, F. F.; MALETTA, E. de C.; CASTANHEIRA, J. C. S.; MARTÍNS, M. F.; OLIVEIRA, T. R. Sonoridades nas Cenas: um debate sobre o tema . A Luz em Cena: Revista de Pedagogias e Poéticas Cenográficas, Florianópolis, v. 2, n. 04, p. 1 - 35, 2022. DOI: 10.5965/127644669020420221001. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/aluzemcena/article/view/23100. Acesso em: 5 fev. 2023.