Luz e sombra em Senhora dos Afogados, à luz de Rembrandt Van Rijn

Autores

Palavras-chave:

Luz. Sombra. Senhora dos Afogados. Rembrandt. Máskara.

Resumo

O artigo discute o trabalho desenvolvido pelo Grupo Máskara – Núcleo de Pesquisa Transdisciplinar em Teatro, Dança e Performance –, na formação de artistas da cena que procuram de forma séria compreender a profundidade do fazer teatral enquanto experimento e pesquisa. Nesse sentido, apresento a minha experiência no grupo enquanto artista, iluminador e pesquisador. Para tanto, demonstro o processo criativo da luz na peça Senhora dos Afogados (1947) do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues (1912-1980), sob a encenação do Dr. Robson Corrêa de Camargo no ano de 2012 na cidade de Goiânia, Goiás. A problematização desta pesquisa se estruturou no estudo pictórico do artista plástico holandês Rembrandt Van Rijn (1606-1669) em seus trabalhos de luz e de sombra. Portanto, o processo criativo da luz de Senhora dos Afogados, apoiado sobre a perspectiva da luz e da sombra na obra de Rembrandt, aponta a relevância da pesquisa teórica e prática para a produção da cena do Grupo Máskara.

Biografia do Autor

Allan Lourenço da Silva, Universidade Federal de Goias (UFG)

Ator, Iluminador e Diretor Teatral. Mestre em Performances Culturais com o tema: "Cascando Beckett entre a Luz e a Sombra: um diálogo com Rembrandt Van Rijn (1606-1669) e Edward Gordon Craig (1872-1966)", sob a orientação do Dr. Robson Corrêa de Camargo. Licenciado em Artes Cênicas no ano de 2013/14 pela Universidade Federal de Goiás, onde desenvolveu pesquisa sobre o tema "A luz e sombra em Senhora dos Afogados à luz de Rembrandt". Desenvolve pesquisas de iluminação junto ao grupo de Pesquisa Interdisciplinar e Transdisciplinar Máskara da cidade de Goiânia/Goiás. Desde 2014 trabalha no ITEGO em Artes Basileu França como Docente de Iluminação para os Cursos Superior de Tecnologia em Produção Cênica e Técnico em Teatro. Realiza atividades profissionais como ator e iluminador a mais de 10 anos na cena Goiânia e Nacional. Presta serviços de iluminação para a WD iluminação Teatral e para os Teatros SESI/GO, Teatro Goiânia, Teatro Basileu França entre outros. Produz trabalhos de Criação, execução e operação luz para companhias teatrais de Goiânia tais como AM produções artísticas, Luis Pinheiro Produções, Grupo Guará, Grupo Arte e Fatos e entre outros. Participou de montagens nacionais e internacionais de dança e teatro como o musical "De Pernas Pro Ar" da atriz e produtora Cláudia Raia e também do Balé Nacional de Moscou dentre outros. Fez curso de cenário e iluminação (2013) como J. C. Serroni na mostra Aldeia do Diabo Velho pelo SESC/GO. No ano de 2014 organizou o "1º Seminário de Iluminação Basileu França: a luz na cena goiana". Atualmente, é doutorando em Performances Culturais, cuja a pesquisa se estabelece na produção da IMAGEM ARQUETÍPICA em Richard Wagner (1813-1883), sob também orientação do Dr. Robson Corrêa de Camargo e co-orientação da Drª. Nádia Maria Weber Santos. É, também, membro fundador do grupo de pesquisa cênico Humanum Coletivo de Teatro da cidade de Goiânia/Goiás.

Referências

ALPERS, Svetlana. O projeto de Rembrandt: O ateliê e o mercado. – São Paulo: Cia. das Letras, 2010.

ARNHEIM, Rudolf, 1904-1997. Arte e percepção visual: uma psicologia da visão criadora. Tradução de Ivonne Terezinha de Faria. – São Paulo: Cengage Learning, 2013.

CAMARGO, Roberto Gill. Função estética da luz. 2° ed. São Paulo: Perspectiva, 2012.

JANSON, H. W. História geral da arte. {Adaptação e preparação do texto para edição Brasileira Mauricio Balthazar Leal.} – 2 ed. – São Paulo: Martins Fontes, 2001.

MEDEIROS, Elen. Da construção de uma tragédia de Nelson Rodrigues: Senhora dos Afogados. Revista Sínteses, Unicamp – SP, v. 14, 2009.

In: https://revistas.iel.unicamp.br/index.php/sinteses/article/view/1228/912.

PAVIS, Patrice. Dicionário de Teatro. Tradução para língua portuguesa sob a direção de J. Guinsburg e Maria Lúcia Pereira. 3° ed. – São Paulo: Perspectiva, 2011.

PEREZ, Valmir. Luz e Arte - 1° ed. – São Paulo: De maio Comunicação e Editora, 2012.

SÁNCHEZ, Laura García. Coleção gênios da arte. [Tradução: Mathias de Abreu Lima Filho] – Barueri, SP: Girassol; Madri: Susaeta Ediciones, 2007.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

SILVA, A. L. da. Luz e sombra em Senhora dos Afogados, à luz de Rembrandt Van Rijn. A Luz em Cena: Revista de Pedagogias e Poéticas Cenográficas, Florianópolis, v. 1, n. 01, p. 1-19, 2021. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/aluzemcena/article/view/19972. Acesso em: 30 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê temático: A luz e as relações cenográficas