Circo na escola: educação e arte na Educação Básica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101462023e0110

Palavras-chave:

circos, educação básica, currículos

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar as manifestações circenses na Educação Básica. O estudo realizou a pesquisa exploratória em múltiplas fontes bibliográficas e multimídias, tratadas via Análise Interpretativa. Os resultados evidenciam muitas manifestações circenses acontecendo na Educação Básica, realizadas por artistas, professores e arte-educadores. Apresentações artísticas profissionais, cursos, oficinas, palestras etc., aulas-passeio e projetos extracurriculares e complementares não se constituem saberes escolares, pois não se articulam com currículos. Contudo, os projetos pluri, inter e transdisciplinares, disciplinas curriculares de Circo e o ensino como temática, conteúdo e recurso didático em disciplinas tornam o Circo um saber escolar sujeito aos dispositivos da instituição e organização escolar. Em síntese, este estudo procura valorizar a diversidade de ações, projetos, atividades e sujeitos que buscam aproximar o Circo, sua arte e seus saberes da Educação Básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilson Santos Rodrigues, Universidade Estadual de Campinas

Doutorando em Educação Física, pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Mestrado em Educação Física, pela Unicamp. Especialista Lato Sensu  pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Graduação em Educação Física pela Unicamp.

Marco Antonio Coelho Bortoleto, Universidade Estadual de Campinas

Doutorado - Universidade de Lleida / Instituto Nacional de Educação Física da Catalunha (INEFC) na Espanha (2004). Mestrado em Educação Física - Universidade Estadual de Campinas (Unicamp - 2000). Graduado (Licenciatura Plena) em Educação Física - Universidade Metodista de Piracicaba (1997). DRT Artista circo 0056352/SP. Professor MS5.2 (Associado - Livre Docente) do Departamento de Educação Física e Humanidades (DEFH) da Faculdade de Educação Física da UNICAMP.

Daniel de Carvalho Lopes, Universidade de São Paulo

Doutorado em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Mestrado em Artes pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Licenciatura plena em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Educador de Circo Social, coordenador do portal da diversidade circense - www.circonteudo.com    

Referências

BARBOSA, Diocélio Batista; OLIVEIRA, Maria Carolina Vasconcelos (org.). Circo e comicidade: reflexões e relatos sobre as artes circenses em suas diversas expressões. Jundiaí, SP: Paco Editorial, 2021.

BAUER, Martin W.; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Trad. Pedrinho A. Guareschi. 7.Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

BOLOGNESI, Mário Fernando. O corpo como princípio. Trans/Form/Ação, v.24, n.1, p.101-12, 2001.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho (org.). Introdução à pedagogia das atividades circenses. Jundiaí-SP: Fontoura, 2008.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho (org.). Introdução à pedagogia das atividades circenses – v. 2. Várzea Paulista-SP: Fontoura, 2010.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Atividades circenses. In: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo (org.). Dicionário Crítico de Educação Física. Ijuí-RS: Unijuí, 3.ed., 2014. p.60-64.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; SILVA, Erminia. Circo: Educando entre as gretas. Rascunhos: Caminhos da Pesquisa em Artes Cênicas, v.4, n.2, 2017.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; ONTAÑÓN BARRAGÁN, Teresa; CARDANI, Leonora Tanasovici; FUNK, Alisan; MELO, Caroline Capellato e SANTOS RODRIGUES, Gilson. Gender participation and preference: a multiple-case study on teaching circus at PE in Brazilians Schools. Frontiers in Education, v.5, 2020.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; ROSS, J. J.; HOUSER, Natalie; KRIELLARS, Dean. Everyone is welcome under the big top: a multiple case study on circus arts instruction in physical education. Physical Education and Sport Pedagogy, p.1-12, 2022.

BOUISSAC, Paul. Circus and culture: a semiotic approach. Bloomington: Indiana University Press, 1976.

BOUISSAC, Paul. The timeless tools of time: Circus performances revisited. Università di Urbino, n.76, p.1-21, 1978.

BOUISSAC, Paul. Circus as multimodal discourse: performance, meaning and ritual. Bloomsbury Publishing PLC, 2012.

BOURDIEU, Pierre; PASSERON, Jean-Claude. A reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino. Trad. Reynaldo Bairão. 7.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018.

BURGESS, Hovey. The Classification of Circus Techniques. The Drama Review, v.18, n.1, p.65-70, 1974.

BURTT, Jon; LAVERS, Katie. Re-imagining the development of circus for the twenty-first century. Theatre, Dance and Performance Training, v.8, n.2, p.143-166, 2017.

CANÁRIO, Rui. O que é escola? Um olhar sociológico. Porto: Porto, 2005.

CARDANI, Leonora Tanasovici; ONTAÑÓN, Teresa Barragán; SANTOS RODRIGUES, Gilson; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Atividades circenses na escola: a prática dos professores da rede municipal de Campinas-SP. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v.25, n.4, p.128-140, 2017.

CARDANI, Leonora Tanasovici; SANTOS RODRIGUES, Gilson; ONTAÑÓN BARRAGÁN, Teresa; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Circo en la escuela: compartiendo prácticas pedagógicas. MHSalud, v.19, n.2, p.1-13, 2022.

CHEVALLARD, Yves. La transposition didactique du savoir savant au savoir enseigne. Paris: La Pensee Sauvage, 1991.

CHERVEL, André. La Culture scolaire: une approche historique. Paris: Belin, 1998.

CHIODA, Rodrigo Antonio. Uma aventura da alegria e do risco: narrativas de um professor de educação física sobre o ensino das atividades circenses. Tese (Doutorado em Educação Física) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2018.

CORSI, Laís Marconato; DE MARCO, Ademir; ONTAÑÓN, Teresa. Educação física na Educação Infantil: proposta interdisciplinar de atividades circenses. Pensar a Prática, v.21, n.4, p.865-876, 2018.

COSTA, Ana Carolina Pontes; TIAEN, Marcos Sergio; SAMBUGARI, Márcia Regina do Nascimento. Arte circense na escola: possibilidade de um enfoque curricular interdisciplinar. Olhar de professor, v.11, n.1, p.197-217, 2008.

COSTA, Cíntia. Interdisciplinaridade: das concepções às representações de práticas de professores de ciências. In: MUNHOZ, Gislaine; CASTELLAR, Sônia Vanzella (Org.). Conhecimentos escolares e caminhos metodológicos. São Paulo: Xamã Editora, 2012. p.101-120.

DAL GALLO, Fábio. A renovação do circo e o circo social. Repertório, v.13, p.25-29, 2010.

DUPRAT, Rodrigo Mallet. Realidades e particularidades da formação do profissional circense no Brasil: rumo a uma formação técnica e superior. Tese (Doutorado em Educação Física) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

DUPRAT, Rodrigo Mallet; ONTAÑÓN, Teresa Barragán; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Atividades Circenses. In: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; DARIDO, Suraya Cristina; DE OLIVEIRA, Amauri Aparecido Bássoli (Org.). Ginástica, dança e atividades circenses. 2.ed. Maringá: EDUEM, v.3, 2017. p.165-229.

FAZENDA, Ivani C. A. A aquisição de uma formação interdisciplinar de professores. In: FAZENDA, Ivani C. A. (Org.). Didática e interdisciplinaridade. Campinas, SP: Papirus, 1998. p.11-20.

FERREIRA, Marcos Francisco Nery. O vertiginoso picadeiro soviético. Repertório, n.15, p.17-24, 2010.

FERREIRA, Frederico de Carvalho; WUO, Ana Elvira. Pedagogia palhacesca: a escola do só eu no ensino regular. Conceição|concept, v.6, n.1, p.87-105, 2017.

FLORIANO, Thiago Adelino; PEREIRA, Breno Ferreira. O circo na Educação Infantil: um relato de experiência. Cadernos de Formação RBCE, v.9, n.1, p.45-53, 2018.

FOUCHET, Alain. Las artes del circo: una aventura pedagógica. Buenos Aires: Stadium, 2006.

FOUREZ, Gérard ; MATHY, Philippe ; ENGLEBERT-LECOMTE, Véronique. Un modèle pour un travail interdisciplinaire. Aster: Recherches en didactique des sciences expérimentales, v.17, n.17, p.119-142, 1993.

FRATELLINI, Annie. La pista es la libertad: Una mujer payaso enseña circo haciéndolo. In: UNESCO – EL CORREO. El circo: un espectáculo del mundo. n.1, 1988. p.27-28.

FREINET, Célestin. As técnicas Freinet da escola moderna. Trad. Silva Letra. 4.ed. Editorial Estampa, 1975.

GIMENO SACRISTÁN, José. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Trad. Ernani F. da Fonseca Rosa. 3.ed. Porto Alegre: Penso, 2017.

GOUDARD, Philippe. Le cercle recyclé. In: GUY, Jean-Michel. Avant-Garde, Cirque! Les arts de la piste en révolution. Autrement, 2001. p.157-173.

GOUDARD, Philippe. Estética do risco: do corpo sacrificado ao corpo abandonado. In: WALLON, Emmanuel (org.). O circo no risco da arte. Coautoria de Béatrice Picon-Vallin. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2009. p.25-32.

GOYAZ, Marília de. A pedagogia da ginástica e suas manifestações lúdicas. In: BRASIL. Ministério do Esporte. Manifestações dos esportes. Brasília: Universidade de Brasília/CEAD, 2005.

GUTIÉRREZ SANDOVAL, Pavel Roel; CERVANTES HOLGUÍN, Evangelina; GUTIÉRREZ SANDOVAL, Iskra Rosalía. Innovación y experiencias creativas de matemática educativa en escuelas secundarias desde la pedagogía del malabarismo. IE Revista de investigación educativa de la REDIECH, v.10, n.18, p.65-78, 2019.

GUZZO, Marina Souza Lobo. O espetáculo do Circo e a estética do risco. Corpoconsciência, Santo André, n.14, p.19-52, 2004.

HATCH, J. Amos. Doing qualitative research in education settings. New York: Suny Press, 2002.

HUEBLIN, Silvana Mariani. Malabarismos e ilusionismos na realização de um projeto interdisciplinar. Nupeart, v.2, n.1, p.109-116, 2003.

LECOQ, Jacques. O corpo poético: uma pedagogia da criação teatral. Trad. Marcelo Gomes. São Paulo: Editora Senac São Paulo: Edições Sesc São Paulo, 2010.

LEGRAND, Louis. Célestin Freinet. Trad. José Gabriel Perissé. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010.

LEITE, Emanuel Alves (Emanuel Coringa). Lugar de circo é na escola: o estudo da palhaçaria em experiência artística pedagógica. In: Anais... Simpósio Reflexões Cênicas Contemporâneas, Campinas, 2017.

LEITE, Emanuel Alves (Emanuel Coringa). Lugar de Circo é na escola. Jundiaí, SP: Paco Editorial, 2020.

LEMKE, Cláudia Elizandra. Circo em casa: uma prática interdisciplinar no ensino remoto emergencial. In: SANTOS FILHO, Carlos Alberto Soares dos; MELO, Débora Kélli Freitas de; SANTOS, Eliane Gonçalves; WELKE, Morgana; GÜLLICH, Roque Ismael da Costa (org.). Ciências na escola: caderno de práticas e experiências inovadoras. v.3. Santo Ângelo: Metrics, 2022. p.209-214.

LENOIR, Yves. Didática e interdisciplinaridade: uma complementaridade necessária e incontornável. In: FAZENDA, Ivani C. A. (org.). Didática e interdisciplinaridade. Campinas, SP: Papirus, 1998. p.45-76.

LEZCANO BRITO, Mateo; BENÍTEZ, Luz Mary; CUEVAS MARTÍNEZ, Alix Adriana. Usando TIC para enseñar Matemática en preescolar: el Circo Matemático. Revista Cubana de Ciencias Informáticas, v.11, n.1, p.168-181, 2017.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 2008.

LOIZOS, Peter. Vídeo, filme e fotografias como documentos de pesquisa. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Trad. Pedrinho A. Guareschi. 7.Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p.137-155.

LOPES, Daniel de Carvalho; PARMA, Márcio. Construção de malabares: passo a passo. Várzea Paulista, SP: Fontoura, 2016.

LOPES, Daniel; SILVA, Erminia. A contemporaneidade da linguagem circense no Rio de Janeiro do século XIX. ILINX – Revista do LUME, n.13, p.12-24, 2018.

LOPES, Daniel de Carvalho; SILVA, Erminia; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Dentro e fora da lona: continuidades e transformações na transmissão de saberes a partir das escolas de circo. Repertório, Salvador, n.34, p.142-163, 2020.

MACARI, Isabel de Almeida Telles. A transdisciplinaridade dos saberes circenses no Ensino Médio: um diálogo com a BNCC. Dissertação (Mestrado em Educação Escolar) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Araraquara, 2021.

MAGNANI, José Guilherme Cantor. Festa no pedaço: cultura popular e lazer na cidade. 3.ed. São Paulo, SP: Editora UNESP: Hucitec, 2003.

MARTIN, Christophe. Certa conivência. In: WALLON, Emmanuel (org.). O circo no risco da arte. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2009. p.71-75.

MATHEUS, Rodrigo Inácio Corbisier. As produções circenses dos ex-alunos das escolas de circo de São Paulo, na década de 1980 e a constituição do Circo Mínimo. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade Estadual Paulista, 2016.

MELO, Caroline Capellato; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; ONTAÑÓN BARRAGÁN, Teresa. Risas, brincos y volteretas: la enseñanza del circo en la escuela como actividad extracurricular. Retos, v.41, p.897-906, 2021.

NEVES, Marcos Ribeiro das; QUARESMA, Felipe Nunes. Hoje tem goiabada? Não! Hoje tem marmelada? Não! O que temos então? Estudos Culturais em ação. In: NEIRA, Marcos Garcia; NUNES, Mário Luiz Ferrari; LIMA, Maria Emília de (orgs.). Educação física e culturas: ensaios sobre a prática – volume II. São Paulo: FEUSP, 2014. p.135-150.

ONTAÑÓN, Teresa Barragán, BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Todos a la pista: el circo en las clases de educación física. Apunts. Educación Física y Deportes, n.115, p.37-45, 2014.

OST, Mariana Afonso; Vianna, Marcelo; PEREIRA, Gabriel Silveira. A arte circense e seu diálogo com a Educação Física: uma experiência no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul. Holos, v.6, p.1-13, 2020.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação do Paraná – Departamento de Educação Básica. Diretrizes Curriculares da Educação Básica – Educação Física. 2008.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Núcleo Regional de Educação da Área Metropolitana – Norte. Colégio Estadual Santa Barbara – Ensino Fundamental, Medio e Normal. Projeto Político Pedagógico. 2010.

PARANÁ. CAIC – Pedro Baggio. Escola Estadual Professor “William Madi” – Ensino Fundamental. Cornélio Procópio, PR. Projeto Político Pedagógico. 2011.

PENN, Gemma. Análise semiótica de imagens paradas. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Trad. Pedrinho A. Guareschi. 7.Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

PÍNSKY, Carla Bassanezi (org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2008.

RENEVEY, Monica j. Escuelas para los artistas. In: UNESCO – EL CORREO. El circo: un espectáculo del mundo. n.1, 1988. p.24-26.

RIBEIRO, Camila da Silva; CARDANI, Leonora Tanasovici; SANTOS RODRIGUES, Gilson; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. O “não lugar” do circo na escola. Revista Portuguesa de Educação, v.34, n.1, p.246-463, 2021.

ROCHA, Gilmar. A magia do circo: a etnografia de uma cultura viajante. Rio de Janeiro, RJ: Lamparina: FAPERJ, 2013.

ROSE, Diana. Análise de imagens em movimento. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Trad. Pedrinho A. Guareschi. 7.Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

SANTOS RODRIGUES, Gilson; MARTINS, Patrícia Porfírio; DE MARCO, Ademir. Pedagogia das atividades circenses nas atividades extracurriculares: relato de uma experiência de criação e composição coreográfica “A maravilhosa história do Circo”. Anais... Simpósio Reflexões Cênicas Contemporâneas, n.5, 2020.

SANTOS RODRIGUES, Gilson; MELO, Caroline Capellato; MAZZEU, Thaísa Rittmeister; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Atividades circenses na Educação Física escolar: análise sistemática da produção bibliográfica (2016-2020). Caderno de Educação Física e Esporte, v.19, n.3, p.1-7, 2021.

SANTOS RODRIGUES, Gilson; LOPES, Daniel de Carvalho; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Do jogo ao circo: malabareando ideias com Huizinga, Caillois e duas professoras de Educação Física. In: GRILLO, Rogério de Melo; SCAGLIA, Alcides José; CARNEIRO, Kleber Tüxen (org.). Em defesa do jogo: diálogos epistemológicos e contemporâneos. Curitiba: Appris, 2022. p.281-310.

SAVIANI, Nereide. Saber escolar, currículo e didática: problemas da unidade conteúdo/método no processo pedagógico. 7.ed. Campinas, SP: Autores associados, 2018.

SHAPIRO, Roberta. Que é artificação? Sociedade e Estado, v.22, n.1, p.135-151, 2007.

SILVA, Erminia. O novo está em outro lugar. In: Palco Giratório. Rede Sesc de Difusão e Intercâmbio das Artes Cênicas. Rio de Janeiro; SESC, Departamento Nacional, 2011, p.12-21.

SILVA, Tomaz Tadeu da. O currículo como fetiche: a poética e a política do texto curricular. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3. Ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

SILVEIRA, João Francisco Baroni; SANTOS, Diego Pinto. Na fresta da lona: o circo em Rio Grande. In: SILVEIRA, João Francisco Baroni; HECKTHEUER, Luiz Felipe Alcantara; SILVA, Méri Rosane Santos da (org.). Circo, lazer e esporte: políticas públicas em jogo. Rio Grande: Universidade Federal do Rio Grande, 2011.

SOARES, Carmen Lúcia. Imagens da educação no corpo: estudo a partir da ginástica francesa no século XIX. 4.ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2013.

SOARES, Alana de Sousa Carvalho; BONATTO, Maria Paula de Oliveira. Diálogos entre circo, educação e saúde no contexto do Programa Mais Educação. Revista Educação Pública, v.22, n.44, 2022.

SOUZA, Alberto Carlos de. Circo e educação: uma experiência de prática circense no espaço escolar. Extensio: Revista Eletrônica de Extensão, v.9, n.13, p.21-31, 2012.

SPIEGEL, Jennifer Beth. Social circus: The cultural politics of embodying “social transformation”. The Drama Review, v.60, n.4, p.50-67, 2016.

TAKAMORI, Flora Sumie, BORTOLETO, Marco Antonio C., LIPORONI, Maikon Oliveira, PALMEN, Mario Johannes H., CAVALLOTTI, Thais Di. Abrindo as portas para as atividades circenses na Educação Física escolar: um relato de experiência. Revista Pensar a Prática, v.13, n.1, p.1-16, 2010.

TENGAN, Ellen Yukari Maruyama; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Vamos brincar de circo: corpo “em arte” na Educação Infantil. Revista Práticas Educativas, Memórias e Oralidades, v.3, n.2, p.1-12, 2021.

URDIMENTO. Revista de Estudos em Artes Cênicas. Dossiê temático: Artes do palhaço, Artes do Circo, Circo-teatro e Comicidade Popular. Disponível: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/dossie20223. Acesso em: 30 jan. 2023.

VAGO, Tarcísio Mauro. O “esporte na escola” e o “esporte da escola”: da negação radical para uma relação de tensão permanente: Um diálogo com Valter Bracht. Movimento, ano 3, n.5, 1996.

WALLON, Emmanuel (org.). O circo no risco da arte. Coautoria de Béatrice Picon-Vallin. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2009.

WARD. Stephen. Circus – The illegitimate child. Teaching Elementary Physical Education – Human Kinetics, p.29-30, 2001.

ZAIM-DE-MELO, Rogério; GODOY, Luís Bruno; RIZZO, Deyvid Tenner de Souza; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Circo no Pantanal: o ensino da arte em uma escola das águas. Educação em Debate, v.43, n.85, p.75-92, 2021.

ZAIM-DE-MELO, Rogério; SANTOS RODRIGUES, Gilson; GODOY, Luís Bruno. De universitários a “artistas”: a trajetória da trupe Los Pantaneiros no Pantanal sul-mato-grossense. In: BARBOSA, Diocélio Batista; OLIVEIRA, Maria Carolina Vasconcelos (Org.). Circo e comicidade: reflexões e relatos sobre as artes circenses em suas diversas expressões. Jundiaí, SP: Paco Editorial, 2021. p.179-198.

ZAIM-DE-MELO, Rogério; SILVA, Junior Vagner Pereira da; DUPRAT, Rodrigo Mallet. Hoje vai ter espetáculo!!! A arte circense como opção de lazer para alunos em uma Escola das Águas do Pantanal. Corpoconsciência, v.25, n.1, p.121-136, 2021.

Downloads

Publicado

2023-04-27

Como Citar

RODRIGUES, Gilson Santos; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; LOPES, Daniel de Carvalho. Circo na escola: educação e arte na Educação Básica. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 46, p. 1–27, 2023. DOI: 10.5965/1414573101462023e0110. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/23247. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Artes do Palhaço, Artes do Circo, Circo-Teatro e Comicidade