Efeitos de ausência: A tela contra a cena

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102412021e0701

Palavras-chave:

Cena aumentada, Efeitos de ausência, Encenação contemporânea, Teatro, Vídeo

Resumo

O artigo lança um olhar sobre a integração da imagem de vídeo na encenação contemporânea, discutindo a questão da complexidade que isso impõe aos modos de presença do intérprete, ao modo como se cruzam os espaços-tempo ficcionais e ao desenvolvimento de níveis narrativos autônomos. Partindo da hipótese de que a integração em doses muito altas da imagem eletrônica na representação teatral tende, com diferentes encenadores, a ser acompanhada de uma rarefação, de uma desestruturação e até mesmo uma quase desaparição da ação cênica, o autor propõe examinar "efeitos de ausência", com base na observação de duas produções alemãs e uma italiana, realizadas entre 2002 e 2004: Der Meister und Margarita, encenado por Frank Castorf a partir do   romance de Bulgakov;Pablo in der Plusfiliale, espetáculo concebido e realizado por René Pollesch; e Twin rooms, uma criação da companhia Motus.

 

Biografia do Autor

Didier Plassard, Université Paul-Valéry - Montpellier III

Doutor em Estudos Teatrais (Université Paris 3) e professor na Université Paul-Valéry – Montpellier III. Pesquisador do projeto europeu PuppetPlays (ERC Advanced Grant 835193, 2019-2024). Seus trabalhos focam no teatro moderno e contemporâneo e nas relações do teatro com as outras artes e com as novas tecnologias

Paulo Balardim, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Doutorado em Artes Cênicas (PPGT / UDESC). Mestrado em Artes Cênicas (PPGAC / UFRGS). Licenciado em Letras - Língua Portuguesa e Literatura Brasileira (ULBRA). Professor Adjunto na área de Prática Teatral - Teatro de Animação, no Departamento de Artes Cênicas e no Programa de Pós-Graduação em Teatro do Centro de Artes - CEART da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. 

Referências

ALBERT-BIROT, Pierre. À propos d’un théâtre nunique, SIC, n ° 8-9-10, agosto-outubro de 1916. (Reed.) Paris: Jean-Michel Place, 1980.

APPIA, Adolphe. Notes de mise en scène für Den Ring des Nibelungen (1891-1892). In: Œuvres complètes, vol. 1. Lausanne: L'Age d'homme, 1983.

BANU, Georges. La scène surveillée. Arles: Actes Sud, 2006.

FREUD, Sigmund. Au-delà du principe de plaisir. Paris: Payot, 1968.

GUÉNOUN, Denis. L’Exhibition des mots et autres idées du théâtre et de la philosophie. Belfort: Circé, 1998.

LE BRETON, David. Anthropologie du corps et modernité. Paris: PUF, 1990.

LEHMANN, Hans-Thies. Postdramatisches Theater. Frankfurt / Main: Verlag der Autoren, 1999.

MAURIN, Frédéric. Usages et usures de l’image – Spéculations sur Le Marchand de Venise vu par Peter Sellars. In: PICON-VALLIN, Béatrice (dir.). Les Écrans sur la scène. Lausanne: L'Age d´homme, 1998, p. 71-105.

PARÉ, Zaven. Sur le théâtre des oreilles – Sur le théâtre de l’effacement. In: Alternatives théâtrales, n ° 72, p. 17-20.

PICON-VALLIN, Béatrice. Hybridation spatiale, registres de présence. In: PICON-VALLIN, Béatrice (dir.). Les Écrans sur la scène. Lausanne: L'Age d´homme, 1998, p. 9-35.

PLASSARD, Didier. Théâtre et politique – L’écriture de la violence dans Fin de partie et En attendant Godot, Études théâtrales, n ° 20, Centre d'Études Théâtrales, Louvain, março de 2001, p. 79.

PLASSARD, Didier. Dioptrique des corps dans l’espace électronique: sur quelques mises en scène de Giorgio Barberio Corsetti. In: PICON-VALLIN, Béatrice (dir.). Les Écrans sur la scène. Lausanne: L'Age d´homme, 1998, p. 149-170.

VIRILIO, Paul. La machine de vision. Paris: Galilée, 1988.

Downloads

Publicado

2021-08-15

Como Citar

PLASSARD, D.; BALARDIM, P. Efeitos de ausência: A tela contra a cena. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 41, p. 1-27, 2021. DOI: 10.5965/1414573102412021e0701. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/19462. Acesso em: 5 dez. 2021.