Da alienação à interpretação – os usos da ironia

Autores

  • Celily O'Neill Professora Associada na Universidade Estadual de Ohio

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101082006007

Resumo

De acordo com o dicionário ironia consiste em se dizer uma coisa para significar o oposto. Quando usamos a ironia, nós transmitimos uma mensagem de tal maneira ou em tal contexto que evocamos uma resposta que envolve uma re-interpretação de nosso significado. Eu espero mostrar que uma abordagem irônica no desenvolvimento do process drama1 conduz nossos alunos ao universo da ficção, os desafia a uma resposta ativa, e promove julgamentos e interpretações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celily O'Neill, Professora Associada na Universidade Estadual de Ohio

Cecily O’Neill é uma autoridade mundial no campo do Drama na Educação. Seu atual foco de trabalho é o process drama, uma parte essencial do teatro contemporâneo. Profere palestras e conduz workshops com estudantes, professores, diretores e atores em vários países, dividindo seu ano acadêmico entre Londres e Estados Unidos, onde é Professora Associada na Universidade Estadual de Ohio. É Artista Associada do Teatro Unicórnio.Entre seus livros destacam-se: Dorothy Heathcote: Collected Writings on Education and Drama, Drama Structures and Drama Guidelines, Drama Worlds - a framework for process drama. É editora das séries populares da Harpercollins: Plays Plus, Classics Plus e Short Plays Plus.

Downloads

Publicado

2018-09-10

Como Citar

O’NEILL, C. . Da alienação à interpretação – os usos da ironia. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 8, p. 007-018, 2018. DOI: 10.5965/1414573101082006007. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101082006007. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Fluxo Continuo