ENSINO DE HISTÓRIA: políticas curriculares, cultura escolar, Saberes e práticas docentes<em>HISTORY TEACHING: curricular policies, school culture, knowledge and teaching practices</em>

Autores

  • Roper Pires de Carvalho Filho SME/SP

Resumo

O texto aborda alguns aspectos do discurso curricular para o ensino de História escolar produzido a partir da década de 1970 do século XX, no qual se entrecruzam contribuições de saberes provenientes de diversos campos do conhecimento, e de como tal discurso é apropriado pelos professores e transformado em saberes ensináveis por meio da distribuição do currículo em conteúdos de ensino. Para isto, buscamos articular o saber histórico escolar a diferentes instâncias de produção: No âmbito das políticas educacionais, da qual sobressai o currículo como produção elaborada em diferentes esferas por processos de reinterpretação do texto curricular; da disciplina História como componente do currículo escolar e como saber simultaneamente construído para a escola e pela escola, nesse estudo analisados sob a perspectiva da cultura escolar. Noutra interface, abordamos algumas facetas das práticas dos professores, vistas nesse estudo como resultantes de um complexo processo, no qual comparecem tanto os saberes provenientes da sua formação acadêmica, quanto outros, advindos da sua experiência docente. Nessa perspectiva, consideramos a atuação do Estado como formulador de políticas públicas determinante para a concretização da(s) sua(s) proposta(s) curricular(es) no âmbito da escola por meio de diferentes mecanismos: seleção e organização dos conteúdos nos programas de ensino, prescrição de procedimentos de ensino, promoção de avaliações externas e processo de seleção do(s) livro(s) didático(s), entre outros. Entretanto concordamos com Marin e Sampaio (2004), quando estas afirmam ser fundamental inserir os professores no processo de formulação das reformas curriculares propostas pelo Estado para que estas sejam bem sucedidas.


Palavras-chave: Currículo. Reformas curriculares. Ensino de História. Práticas de professores. Cultura escolar.

Biografia do Autor

Roper Pires de Carvalho Filho, SME/SP

Doutorando em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Professor do Centro Universitário Padre Anchieta: Rua Doutor Adoniro Ladeira, 94 – Jundiaí – CEP 13210-800. Fone: (11)3942-1389. E-mail: roperfilho@usp.br.

Downloads

Publicado

2012-12-13

Como Citar

CARVALHO FILHO, R. P. de. ENSINO DE HISTÓRIA: políticas curriculares, cultura escolar, Saberes e práticas docentes<em>HISTORY TEACHING: curricular policies, school culture, knowledge and teaching practices</em>. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 4, n. 2, p. 82 - 101, 2012. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180304022012082. Acesso em: 29 jul. 2021.